segunda-feira, 10 de março de 2014

DESTA PARA MELHOR

Estou chocado com a qualidade dos roteitos da quarta e última temporada de "The Big C". A série sempre teve um tema delicado: a protagonista está na fase terminal de um câncer (o big do título). E sempre foi meio irregular, misturando momentos sublimes com outros absolutamente tolos. Mas esta reta final está sendo irretocável. Foi exibida em quatro capítulos de uma hora e chamada de minissérie ("Hereafter", além) nos Estados Unidos, mas aqui a HBO dividiu-a em oito de meia hora. Melhor assim: o impacto emocional é absorvido com mais facilidade. Sim, porque já está mais do que óbvio o que vai acontecer com a personagem, e ainda assim existem cenas engraçadas. Sem abrir mão do medo e da raiva, e sem jamais cair na pieguice. Laura Linney nunca esteve tão bem, e olha que no caso dela isto quer dizer muito. Faltam só três capítulos para "The Big C" passar desta para melhor, mas ainda está tudo disponível no Now. Coragem, ainda dá tempo.

3 comentários:

  1. Essa última temporada foi uma das coisas mais tristes/bonitas que eu já vi na televisão. Realmente um trabalho sensacional.

    ResponderExcluir
  2. Nem sabia que tinham continuado com a série, parei de ver no final da segunda temporada. Laura Linney é foda <3

    ResponderExcluir
  3. Mas que tá meio Christina Applegate nessa foto... isso tá...

    Achei humor negro...

    ResponderExcluir