quarta-feira, 26 de março de 2014

AVASSALADORAS A BORDO

A primeira vez que Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini contracenaram foi no filme "Avassaladoras", cujo roteiro final era meu. Só por causa disso tenho a magnífica pretensão de que eles são meus, e é com uma ponta de ciúme que os vejo repetindo a parceria na TV e no cinema. Os dois estão juntos novamente em "S.O.S. Mulheres ao Mar", a segunda comédia romântica brasileira a bordo de um navio em menos de seis meses (a outra foi "Meu Passado Me Condena", com Fábio Porchat). Claro que há semelhanças entre todos os filmes citados, mas o que interessa é que "S.O.S." é realmente divertido. Tem piadas ótimas, elenco afiado (ainda não sei se eu ri mais com Fabíula Nascimento ou Thalita Carauta) e locações glamurosas. Merece o dinheirão que está fazendo nas bilheterias. O que é ótimo sinal para mim, sabe por quê? Já estão rolando conversas sobre uma possível continuação de "Avassaladoras". Oremos.

8 comentários:

  1. Assisti na segunda e também gostei muito. Leve, engraçado, ágil, elenco afinado. A Thalita Carauta realmente dá um show.

    ResponderExcluir
  2. Globo filmes? Não, obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bicha preconceituosa, sim?

      Excluir
  3. Desculpa. Não dá para engolir a sua isenção nessa versão "Zorra Total" do casal Donelô-Dotôstênio de Salve Jorge. Esse post foi um reclame do plin plin. Confessa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não é um reclame (quem dera que fosse). Gostei mesmo do filme.

      Mas quando foi que eu disse que eu era isento?

      Excluir
  4. Fabíula Nascimento foi a melhor coisa de Bruna Surfistinha. Por ela, pelo entusiasmo da sua resenha e pela ausência dos engraçadinhos que vêm monopolizando as "comédias" nacionais, vou dar uma chance a esse.

    ResponderExcluir
  5. A velha historia de "o sistema é mau, mas minha turma é legal", e vão fazendo filme.

    ResponderExcluir