domingo, 9 de março de 2014

A MEGERA DOMADA

P. L. Travers não queria que a adaptação cinematográfica de seu livro "Mary Poppins" tivesse animação, canções ou Dick Van Dyke. O filme, como se sabe, tem tudo isso. É o que basta para a gente desconfiar que a escritora talvez não fosse tão intratável como é mostrada em "Walt nos Bastidores de Mary Poppins" (o título em português é longo e óbvio, mas mais comercial do que o misterioso "Saving Mr. Banks"original). A verdade é que o verdadeiro Walt passou um único dia na companhia da sra. Travers, como ela insistia em ser chamada. Jamais levou-a para andar de carrossel na Disneylândia, muito menos seguiu-a até Londres para implorar que assinasse um contrato de cessão de direitos. Mas esses desvios da realidade não foram suficientes para fazer um bom filme. Emma Thompson beira a caricatura no papel principal, e Tom Hanks - mais gordo e bonachão do que de costume - faz um Walt que é só charme e simpatia, sem o lado sombrio que os biógrafos destacam. Pudera: o que vemos na tela é a Disney falando de si mesma, quase que em tom de propaganda institucional. "Walt nos Bastidores etc. etc." tem a reconstituição de época primorosa que se espera de um produto desses, alguns "insights" preciosos sobre o processo de criação de um filme que marcou a infância de muita gente e umas poucas boas tiradas. Mas deixa a sensação de que a história não foi contada direito. Ou será que havia história?

5 comentários:

  1. A impressão que eu tive é que a Emma está "tentando imitar" (não sei se seria este o termo certo) algo de Meryl Streep. Quase uma caricatura da Dama de Ferro da Meryl...

    ResponderExcluir
  2. Ufa! Achava que eu era o único que achou a divina Emma um porre!
    E Tom Hanks já tá dando no saco há eras.

    ResponderExcluir
  3. Parece ser mesmo um amontoado de mentiras, embalados em filme-isca para temporadas de prêmios.

    P.S.: Só eu que acho o Tom Hanks um chatonildo ?

    ResponderExcluir
  4. O mais irônico é o filme, que fala sobre uma escritora preocupada que o roteiro não ficasse uma porcaria..., ter um roteiro que é uma porcaria!!!

    ResponderExcluir