sábado, 1 de fevereiro de 2014

SORRY, COKE AND PEPSI

Então é assim que se faz para que o seu comercial viralize: inclua uma fala polêmica, deixe que a emissora reclame e então mande uma versão editada para ir ao ar. Mas coloque no YouTube o original sem cortes, pois todo mundo quer ver o que foi proibido. A Sodastream - uma marca de máquinas para fazer refrigerante em casa) - repetiu este ano a mesmíssima estratégia do ano passado, quando a rede CBS não deixou que este comercial fosse veiculado durante o SuperBowl. Chucharam outra vez com vara curta os gigantes do refri, colocando um "sorry, Coke and Pepsi" nos lábios angelicais de Scarlett Johansson. A atriz já havia se metido em outra polêmica por causa desta propaganda: perdeu o cargo de embaixadora da ONG Oxfam, que não gostou dela anunciar um produto que é fabricado nos territórios palestinos ocupados por Israel. Mas agora é tarde. Todo mundo viu o filme. E nem com tanto bafafá eu fiquei com vontade de provar essa gororoba com corante caseira.

3 comentários:

  1. Tony, fico tão triste, pois o seu blog rejeita meu iPad - e só ele age assim.
    A digitalização de um comentário não admite correções, empaca, e, quando o 'Publicar' é pressionado, o comentário quase sempre desaparece.

    ResponderExcluir
  2. O bom do Sodastream não é fazer gororoba com corante mas fazer água com gás. Eu gosto muito!

    ResponderExcluir
  3. Tony, o problema que a Oxfam tem com a Sodastream é que o Sodastream é uma empresa israelense com producao nas oclonias judias nos territorios ocupados, ou seja, contribui para que Israel nao pare de se expandir dentro dos territórios palestinos. Scarlett é judia e obviamente nao está muito se lixando para os palestinos. Gosto muito do trabalho dela, mas acho que ela realmente vacilou...

    ResponderExcluir