sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

A MARCA DA MALDADE

Rachel Sheherazade está em modo de controle de danos. Sempre testando os limites do aceitável em seus comentários na TV, dessa vez ela foi longe demais. Sua própria emissora se assustou e apresesentou, na edição de ontem do "Jornal do SBT", não a retratação esperada - mas uma ensaboada genérica onde a Sheyrazeda insistiu ser "do bem". Mas quem que ela pensa que engana? "Adotar um marginalzinho" é exatamente o que Jesus Cristo gostaria que seus seguidores fizessem, e a moça passou recibo provando que não está entre eles. O perigo que ela corre agora não é perder audiência, mas os patrocinadores de seu programa. Por mais que todos os comentaristas jurem que suas opiniões sejam só deles, quem os patrocina também está assinando embaixo. E qual marca famosa vai querer se associar a esta apóstola da barbárie?

28 comentários:

  1. vida longa a Rachel Sheherazade

    ResponderExcluir
  2. ...para que ela assista cada dia mais nossa vitória!

    ResponderExcluir
  3. PEEEERGUNTAAA 2: Ela tem patrocinadores?

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Raquel em um ponto, cadê as ONGs que representam os ativistas quando ocorre de uma traveca ser assassinada?
    No maximo eles enviam uma notinha pra imprensa e depois tudo é esquecido

    onde essas ONG's se escondem depois que o período de Parada Gay acaba?

    O mesmo se aplica nos defensores dos direitos humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalhando diariamente, apesar das dificuldades? Mas isso é rotina, e rotina não vira manchete.

      Excluir
    2. "Defensores dos Direitos Humanos"

      Desenvolva por favor obrigado.

      Excluir
    3. Carlos, o que são direitos humanos para você? Você sabia que o direito à propriedade privada é um direito humano?

      É óbvio que qualquer pessoa, numa reação a um assalto ou algo do tipo (o que não foi o caso do "marginalzinho do poste" - foi algo orquestrado e arbitrário), vai reagir. O problema é quando você toma para si o dever de punir, que pertence ao Estado. "Pune" sem averiguar se foi aquela pessoa mesmo quem cometeu o ato criminoso e pune desproporcionalmente. Defender os direitos humanos não é defender bandido; é defender o império da lei, a justiça, o uso do sistema acusatório. Não sei se você sabe, mas o mesmo grupinho é acusado

      O problema do Brasil está num sistema carcerário frouxo, o que tem sido desafiado por estados como MG, que vem investindo em PPPs com presídios no qual o preso tem uma dignidade mínima e trabalha, acima de tudo. Cumpre sua pena, isolado da sociedade. Outro problema são os benefícios processuais, que sempre serviram para os ricos no Brasil, que conseguem pagar bons advogados e usufruir de todos os recursos e da morosidade judicial. Pense nisso. Coloque sua crítica no local correto. Defender esses "justiceiros" é defender quem um dia pode chegar e te dar uma lampadada na cabeça, já que para muitos deles "viadagem" é crime.

      Se fazer justiça com as próprias mãos funcionasse, todo mundo faria, não é mesmo? Na Dinamarca seria algo usual, na Alemanha, no Canadá, na Austrália...mas justamente se dá preferência ao Estado.

      Por fim, PLURAL DE SIGLAS NÃO TEM APÓSTROFO. É ONGs. Não tem fundamento gramatical para a utilização de apóstrofo em plural de siglas. Apóstrofo serve para omitir vogais.

      Bjs e abraços

      Excluir
    4. *acusado de agredir gays, também.

      Excluir
    5. João voltou rodando a baiana com giletes na bainha. Se cuidem!

      Excluir
    6. João, conçulte seu terapelta sobre eça sua recorrente mania de dar banhos de sabedoria nos outros. Freud esplica e Lacan conphirma: é baicha alto-estima. Mas tem cura, relache.

      Excluir
    7. Quando você usava anorak vermelho, era mais humilde...

      Excluir
    8. Bateu cabeça joão-gramática, fãs onde, meu caro? Meu essa tua vibe madre superiora da língua vernácula é muito muito muito chato, você sabia que suas incursões de zelo pelo bem-escrever não interessam a quase ninguém? Se quer se comunicar qualquer forma é válida, desde que entendida pelo meio. Já ouviu falar de linguística? Provavelmente não. Você nunca foi humilde nem com aquela anorak vermelha horrenda comprada numa ponta de estoque italiana, rsrsrsrsrs...

      Excluir
    9. Querido, se quiser, tenho uma pesquisa sobre apóstrofo no português, encomendada justamente por uma ex-chefe minha, e que serviu para padronizar a utilização desse recurso num ex-trabalho meu, no qual lidávamos muito com siglas.

      Basicamente, as siglas são como palavras. Tanto é assim, que quando se vulgarizam geram outras palavras. Peemedebista, petista, peessedebista, etc. Sendo assim, o plural segue a norma da língua portuguesa: CDs, DVDs, etc. Quem fala isso é gente do porte de Bechara.

      Meu casaco vermelho foi utilizado numa viagem para Ohio. Tinha que ser slightly tacky, não é mesmo? :))) Bjs e um autógrafo virtual para vc

      Excluir
    10. Joanette ..... Zzzzzzzroinc!

      Excluir
    11. Às vezes eu acho que esse bando de anônimos que ficam atacando o João e outros que colocam o nome aqui e não tem medo de dar a cara a tapa são os amigos famosos do Tony.
      No meio desses anônimos deve ter cantor idoso enrustido e homofóbico, ator galã inexpressivo e com a sexalidade mal resolvida, autor de novela rabugento porque não perde o namorado quando a novela acaba etc.
      Por casa deles que eu não coloco mais neu nome aqui e só escrevo como anônimo!

      Excluir
    12. Ok, eu tenho 15 anos e não soube me expressar direito, sei disso, vc desenvolveu mto bem a questão e do dever do estado em punir, porem dou a estrelinha pra mim, por ser politizado e não ser um adolescente tonto.
      acontece que o movimento LGBT é corrompido pelo entretenimento gay pelos ativistas infiltrados, pelos partidos políticos.
      eu tenho bem a conciencia do que rola nas manifestaçoes, ou nas parada gay.
      o problema que eu quis levantar e não desenvolvi bem (as beeisha veneno caem em cima) e que no brasil não sabemos nos reunir sem que o movimento seja corrompido, tem mta gente ganhando dinheiro em cima de quem vai na victoria haus ou qualquer boate do genero, tem politico pegando voto de bixa burra, e tem os que ganham dinheiro pra fazer bagunça, não so em manifestação gay, de todas as bandeiras levantadas, o cinegrafista da band que morreu é uma prova disso.

      eu entendo que a população tem direito a defesa e sei que a punição não cabe ao estado, entendi mto bem joão.

      Excluir
  5. Opinião é igual a cu, e o dela é bem sujo.

    ResponderExcluir
  6. Finge aí, Rachel, que daqui a gente finge que acredita.

    ResponderExcluir
  7. Pra começar, ser jornalista no SBT já não é bom pro currículo de ninguém.
    E Silvio Santos pode ser tudo, menos burro. Ele sabe que o ibope pode bater nas alturas, mas se não há anunciantes, babau.
    O futuro de Sherazeda deve ser mesmo a rede TV.

    ResponderExcluir
  8. vida longa a Rachel Sheherazade MUITO LONGA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...para que ela veja a cada dia mais nossa vitória!

      Excluir
  9. O mio babbino caro
    Como lhe dar com essa moça, alma sebosa, travestida de digamos, articulada. Não é porque não caço no aterro que vá achar que quem prefere essa prática tenha que se submeter a bando de playboyzinhos, que saindo dali, façam de pelourinho as travessas adjacentes. Vergonha alheia. No mais é o mesmo brasil que não avança porra nenhuma, e a resposta a altura que isso merece, seria desclassificada. Porém está sendo clamada. Verão!

    ResponderExcluir
  10. Engraçado ela defendendo os justiceiros de meia-tigela que querem limpar o aterro dos marginais (e nisso incluem os viados que fazem lazer no lugar). Aquela velha história. Um dia levaram meu vizinho negro, mas não me importei porque não sou negro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazem lazer é ótimo. Kkkkk

      Excluir
  11. Tony vc sempre escolhe a foto mais ingrata de seus desafetos, huahauahahahah...

    ResponderExcluir