domingo, 16 de fevereiro de 2014

A FILA DA MAÇÃ

Acho fascinante a imprensa brasileira repercutir a fila que se formou para a inauguração da primeira Apple Store do Brasil, num shopping do Rio de Janeiro, sem ninguém se perguntar de onde vieram aquelas mais de 1.700 pessoas. Claro que existem muitos applemaníacos por aqui (eu sou um deles), mas daí a passar a noite esperando a abertura de uma loja que não traz novidades nem preços mais em conta? Não tenho provas, mas esta empolgação toda me parece um golpe de marketing relativamente barato. E também antigo: consta que o próprio Elvis pagava para que meninas se descabelassem em seus shows.

25 comentários:

  1. Honestamente, não me surpreenderia se isso fosse de verdade mesmo.

    Acho que quem é fá incondicional da Apple ignora a ideia de estar comprando um produto inferior por um preço muito mais alto, fazendo isso puramente para se sentir parte de uma "elite" (muita gente que está lendo isso, nem ao menos vai admitir que a Apple PODE ser inferior).

    Já ouvi applemaníacos me dizerem que, mesmo que uma outra marca viesse com um aparelho comprovadamente superior, eles escolheriam o modelo da Apple, independentemente disso custar muito mais para eles, só pela ideia de ter um produto da marca nas mãos.

    O Martin Lindstrom, um dos gurus do neuromarketing, fez uma pesquisa que revelou que algumas marcas - a Apple entre elas - acionam no cérebro uma área reservada a simbologia religiosa, o que em resumo significa que pessoas fanáticas pelas Apple sentem a mesma coisa ao ver uma foto do Jobs que um católico ao ver uma imagem de Jesus.

    O resultado é que uma geração inteira de pessoas está se mostrando incapaz de tomar decisões fundamentadas em fatos, confiando cegamente no que a diretoria de uma empresa (de cunho capitalista, diga-se de passagem) tem a dizer para escolher dogmaticamente o que fazer com seu dinheiro. Outra marca pode até ser melhor para mim, mas TENHO que ter Apple, então tudo bem pagar mais por isso.

    Enquanto acho que evoluímos (pouco, é verdade) contra os dogmas que a religião sempre nos enfiou goela abaixo, parece que as grandes marcas estão aí pra preencher o vácuo.

    Parece que somos eternamente dependentes de "algo" para adorar. E se a ciência parece indicar que a ideia do nosso bom e velho Deus cristão não é nada mais do que uma fantasia como o Papai Noel, então vamos nos voltar às marcas, que ao menos nos oferecem coisas tangíveis.

    Muito, MUITO triste isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, quando vi a matéria na TV fiz a mesma analogia...Essas pessoas, que se acham tão modernas, tem a mesma relação com a marca que crentes têm com religião, mas com um ar de superioridade, " o rebanho que saca"...Sad times, indeed...

      Excluir
    2. Fiz a mesma analogia quando vi as imagens.

      Excluir
    3. Calma com tanta tristeza. Deixe a melancolia de lado e analize o que acontece.
      Quem compra Apple está atrás de uma experiência/identidade que as outras marcas estão longe de oferecer, mesmo que o producto da Apple não seja o mais avançado no mercado. A adoração vem do fato de se ter uma identidade muito bem definida no produto (iPhone, Mac, etc), no varejo (Apple Store) e no serviço (iTunes, App Store) que ainda não foi superada.
      É simples assim, queridas viúvas! E quando a Apple for passado, e todas estiverem no Samsung, vcs estarão aqui, falando mal do Samsung.

      Excluir
    4. Falou muito e não acrecentou nada, Roberta (close?)...A crítica é justamente a essa adoração cega à objetos, semelhante à de religiosos com suas crenças...Quanto ao marketing da maçã, ninguém discute que é "top notch"...

      Excluir
    5. Putz, Danny, serviu a carapuça de viúva?
      A verdade é que todos vcs tem ou tiveram um iPhone e não se conformam em ter perdido a exclusividade.
      E se é pra acrescentar alguma coisa, que tal falar de algum assunto menos óbvio do que adoração de objetos? Afinal é isso é bem antigo, só muda o objeto, fofinha, e começou bem antes da cruz ou da estrela de david.
      O melhor é pensar no porque e racionalizar as coisas. Ganha quem entende isso e não quem fica punhetando com crítica.

      Excluir
    6. Acho que todo mundo agora fala mal do iphone mas tô cheia de amigos com galaxy e afins tentando aprender como mexer… As outras marcas ainda não aprenderam a imitar a melhor característica da apple: o usuário em primeiro lugar, intuitivo e lógico. Sorry, periferia, mas é por ISSO que é mais caro.

      Excluir
  2. Exatamente... eu fiquei pensando porque raios estas pessoas não compram pela Internet, já que o preço (exorbitante) é o mesmo. Ipad Air até as Lojas Americanas vendem, e ainda pode parcelar em 12 vezes.

    ResponderExcluir
  3. Mesmo assim, pelo menos metade devem ser de não-pagos. Ou seja, 850 pessoas não tem mais o que fazer na vida.

    ResponderExcluir
  4. Nenhuma novidade e tudo pelo triplo do preço cobrado lá fora. Não, obrigado.

    ResponderExcluir
  5. será mesmo, aqui acolá vejo alguém idolatrando a marca como um deus. Quanto aos produtos da maçã, eu gosto muito do ipad, pois ele quase não tem concorrentes ao mesmo nível ainda. Já iphone, acho altamente datado, vide galaxy s4, Note 3, experia z, Z ultra, Nexus 5, Htc one, G2, Moto X, que são infinitamente superiores desde tela até procesamento.

    ResponderExcluir
  6. E olha a cara do baitola se achando cool pq tem um ipad kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Sério que ainda acham Apple cool? Uso iPhone porque só vou trocar quando quebrar, mas há um bom tempo que já acho cafona. Orkutizou. ;P

    ResponderExcluir
  8. iphone, acho que só compra pessoas mal informadas não é possível, pq existem outros muuuito melhores, tipo note 2, 3 e moto x

    ResponderExcluir
  9. Ridículo!!!!! Tô fora desta papagaiada toda!!!!

    ResponderExcluir
  10. O mio babbino caro,
    Eu adoro a apple, idolatro de verdade, não por ser superior, mas só pelo fato de que eu só uso grife. Posso ser burra e fútil mas usar coisas baratas nunca!

    ResponderExcluir
  11. Acho uma palhaçada essa coisa de ficar publicando matérias e matérias para a Apple.

    Estou muito feliz com o meu Android. Um beijo pra todas vocês.

    Ah, deram brindes para quem compareceu. Camiseta da Apple e coisas do tipo.

    ResponderExcluir
  12. Revoltante mesmo é isto que ocorreu em Brasília, onde está a OAB e a Polícia???? Foi tudo parar na imprensa local e filmado pelo rapaz, estes vizinhos deveriam ser presos, não deu me nada e o rapaz foi embora de Brasília, isto é revoltante, As pessoas deveriam é se unir mais em vez de perder tempo com futilidade, País RIDÍCULO QUE VIVEMOS VIU!!!!! vejam a matéria http://extra.globo.com/noticias/brasil/jovem-alega-ser-vitima-de-homofobia-filma-vizinhos-pichando-porta-de-sua-casa-11532108.html

    ResponderExcluir
  13. Os limites entre jornalismo e publicidade estão cada vez mais cinzentos...
    Consta que teve gente vindo do ACRE pra essa inauguração. Oi? A loja virtual vende pelos mesmos preços, sabia?
    E só os artigos mais populares da Apple estão a preços QUASE dignos de não merecerem serem comprados no exterior: ipods, iphones e ipads made in Jundiaí. Vai comprar um Macbook ou uma Apple TV que você ainda paga o quádruplo do preço de fora.

    Adoro a Apple, mas não vejo essa loja (e toda essa segunda onda de "consumo de luxo") durando muito no Brasil. Village People MUÓl, Shopping JK... Daslu vos espera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel, loja assim é ação de marketing. Basicamente isso. Você acha que as lojas realmente lucram? Acho difícil. O lance é a presença da marca.

      Excluir
    2. Consta também que a pessoa que saiu do Acre o fez por mera curiosidade. Ele falou que não tinha intenção de comprar nada.

      Excluir
  14. Muito feliz com meu lindo Sony Xperia L que chegou ontem com memoria extendida a 32G, com fones Bluetooth. Depois de um Iphone 2, um 4 e um 4S, todos sem cobertura de garantia seja por tela trocada, seja por humidade, decidi mandar a tal maçã tomar lá. Lixo de empresa!!! E as filas nas assistências e de pessoas desesperadas pela troca ???? Trocar um iMac Pro pagando uma modica diferença de R$ 4.000,00??? Precisa ser demente pra isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem te viu e quem te vê....

      Excluir
  15. A Felicidade Custa Caro, Work Bitch!17 de fevereiro de 2014 20:19

    Essa gente toda quer dizer o que com isso? Eu respondo: que vão adquirir mais e mais parafernália e traquitanas, até serem assaltados, pois Brasil é bom de VENDER PARA mas não dá segurança para o cidadão USUFRUIR DE, e não é recalque porque tudo que há em minha desktop room é da Apple, kisses on the shoulder...

    ResponderExcluir