domingo, 5 de janeiro de 2014

THRILLER DE ARTE

A escassez de estreias no cinema nesta primeira semana do ano me fez vasculhar o NOW em busca de novidades, e não é que eu me dei bem? Encontrei "Só Deus Perdoa", que dividiu a crítica no festival de Cannes do ano passado e não foi lançado no Brasil. Dá para entender as duas coisas: o filme é estranho, violentíssimo, lento, lindo. É um thriller de arte, onde cada plano foi calculado nos mínimos detalhes. O diretor dinamarquês Nicolas Winding Refn, que fez sucesso com "Drive", desta vez radicalizou. Novamente com Ryan Gosling como seu protagonista, ele filmou uma trama policial difícil de acompanhar que se passa no submundo da capital mais submundo de todas, Bangkok. Mas o roeiro é o de menos: o que conta aqui é a magnífica direção de arte, a música envolvente, as luzes de neon. E sangue, muito sangue, em cenas de tortura que impelem os corações mais puros a sair correndo do cinema. Sobre tudo isto se impõe Kristin Scott-Thomas, uma das minhas atrizes favoritas, fazendo uma mami poderosa completamente do mal. "Só Deus Perdoa" enche os olhos e revira o estômago. Definitivamente, não é para qualquer um. Mas de vez em quando é bom ver um filme de ação com pretensões estéticas. Alugue se tiver coragem.

6 comentários:

  1. Já assistiu "The Place Beyond the Pines"?

    é muito bom também, e o Ryan Gosling é um dos protagonistas, além do Bradley Cooper.

    ResponderExcluir
  2. Já tá no Now? Queria ver numa sala de cinema. :/

    ResponderExcluir
  3. Tony, não sei se vc já viu "Bronson", que é do mesmo diretor (Tom Hardy incrível). Ele parece gostar mesmo de fazer trilhas inesquecíveis, usa canções como poucos. Recomendo.

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei este filme, tb vi no Now de surpresa. Uma grata surpresa. Abraços!.

    ResponderExcluir
  5. Humm gostei do seu parecer. Amo este tipo de filme bem sanguinário rsrs

    ResponderExcluir