quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CHAO, PAPI

Já pensou no que se tornou a vida de Gigi Chao nos últimos dois anos? Desde que o pai da moça ofereceu 65 milhões de dólares ao felizardo que conseguisse se casar com ela, a coitada não devia poder sair de casa sem que marmanjos se atirassem a seus pés, oferecendo juras de amor e bombons recheados. Acho que Gigi finalmente se encheu, porque publicou em jornais de Hong Kong uma carta aberta ao papi soberano, o milionário Cecil Chao. O texto é um primor: ela perdoa o véio e diz morrer de pena que ele não faça parte de sua vida com sua esposa Sean Eav (a butch da foto acima). Que sirva de inspiração para todos os gays e lésbicas que ainda não plenamente aceitos pelas respectivas famílias.

5 comentários:

  1. hum... pena que a carta ta em ingles não deu pra ler... mas pelo seu comentário, deve ter sido muito boa...

    ResponderExcluir
  2. Em tempos que todo mundo se vende adoidado e pelos preços mais vis, é digno do maior respeito a atitude da Gigi. Na maior facilidade, ela arranjaria um gajo até legal para compor um casamento perfeito e botar a mão nessa grana.
    Mas, convenhamos, o que será que ela viu nessa butch precisando de tomar montes de Nescau?

    ResponderExcluir
  3. Muito bom,toda a felicidade do universo ao casal.

    ResponderExcluir
  4. "Patiently yours."
    É a melhor finalização de carta que já vi, vou copiar pra vida.

    ResponderExcluir