sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

FOI COM ISTO QUE VOCÊ ME CONQUISTOU

Não sou hipster o suficiente para conhecer profudamente a obra de Reginaldo Rossi. Mas tem uma música dele que eu adoro, e não, não é "Garçom". É "Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme", um iê-iê-iê fora de época que cita "La Vie en Rose" e é perfeito para cantar no chuveiro. Rossi morreu hoje à tarde, mas esta canção continuará tocando no baile brega da minha cabeça para todo o sempre.

5 comentários:

  1. Também adoro essa música. Provavelmente dele só conheço ela e Garçom. hahah E, claro, ela é melhor.

    ResponderExcluir
  2. O mio Babbino caro
    É impressionabte, como estamos impregnados mais do que supomos, por esses cantores populares. A cada perda é uma comoção, lembra-se do Vando.
    "Mas tem uma música dele que eu adoro",da época do iê-iê-iê:
    Mas um broto eu encontrei
    E diz que eu sou um pão
    E me entregou todo o seu coração
    Que nunca mais vai ser de outro alguém
    Olha e eu também percebo que me apaixonei
    E meu coração todinho eu entreguei
    E vou viver só para esse amor
    R.I.P.

    ResponderExcluir
  3. O brega, quando não se leva a sério, é muito divertido sem ser risível.Por isso Reginaldo Rossi era o rei do brega, embora o maior cantor brega do Brasil seja Roberto Carlos.

    ResponderExcluir
  4. http://www.nyfa.edu/film-school-blog/wp-content/uploads/2013/11/Gender-Inequality-in-Film.jpg

    ResponderExcluir
  5. Do pouco que conheço, prefiro a brejeirice de "A raposa e as uvas".

    ResponderExcluir