quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

CAVALHEIROS CONTRA A HOMOFOBIA



Ando com uma puta má vontade com o Brasil, e ela só aumentou quando vi essa matéria publicada pela versão alemã da revista GQ. Que puta ideia: fotografar famosos héteros se beijando, em prol da igualdade de direitos. Difícil imaginar nomes de peso topando a mesma coisa por aqui. Já a reação dos inernautas, é mole: lembra do escarcéu causado pelo selinho entre Isaac Azar e Sheik? A campanha "Cavalheiros contra a Homofobia" merece ser copiada.

25 comentários:

  1. Mas, Tony, no Brasil já teve algo assim sim. Como esquecer o beijo do Caco Ciocler e o Gero Camilo - entre todos os outros?

    http://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2013/05/famosos-trocam-beijos-gays-em-campanha-contra-homofobia.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, houve essa campanha. Muito legal. Mas Caco Ciocler e Gero Camilo eram os únicos nomes mais conhecidos, e a campanha não estampou uma capa de revista. Foi meio cult.Não quero desmerecer a iniciativa, mas não se compara ao impacto desta campanha alemã. E continuo descrente no Brasil...

      Excluir
    2. Tony, acho que Fernanda Torres e Nathalia Timberg também se beijaram.

      Excluir
    3. OOOps, foram Fernanda MONTENEGRO e Camila Amado.

      Excluir
    4. http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/03/fernanda-montenegro-beija-atriz-na-boca-em-ato-contra-feliciano-no-rio.html

      Errei os nomes...

      Excluir
    5. Exato Rafaela. No entanto, nós sabemos que entre mulheres, apesar do preconceito, ainda é mais tolerado, agora dois homens, e dois homens "comuns", sem o estereótipo que o povão entende como sendo o único entre os homos, aí o bicho pega.

      Excluir
  2. ##
    HETEROS??
    Não me encaixa...
    Vamos ver os resultados práticos da campanha
    @@

    ResponderExcluir
  3. Ou pior - acusarem todos os envolvidos na campanha de serem gays não assumidos. Mas minha má vontade para com o BRasil já é ancestral, portanto...

    ResponderExcluir
  4. Duvido que alguém que odeia gays vá passar a amá-los por causa dessas campanhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O objetivo não é fazer com que as pessoas amem os gays e sim fazer com que o maior número possível passe a enxergar como algo natural a cena de dois homens se beijando, sejam eles gays ou héteros.

      Excluir
    2. Douglas 'The Prolix' Bentes14 de dezembro de 2013 18:43

      ...Ou aumentar ainda mais o asco que muitos dizem ter ao ver dois homens juntos, não sei não... Se falo que não sou favorável toh mentindo mas tem rios e oceanos de ignorância que nenhuma ponte atualmente consegue transpor. A poha de sociedade, (toh c***ando pra ela) quer nossa figura para esquetes de humor em humorísticos e noveletas como Amor à Vida (o que é um Félix plena década de 10 do séc. XXI, ainda rebolativo, ainda efeminado e, de quebra, com flor no cabelo? O Apocalipse Now! O retrocesso absoluto de tudo que havia em termos de conquista e respeito!). Queria mudanças institucionais, sérias, efetivas. Acho que isso de visibilidade a gente jah teve com o boom das paradas gays - outro equívoco, ou seja, ato público pelos direitos lgbt transformado em carnaval e promiscuidade = reforço de que somos cidadãos de segunda categoria, marginais, obcecados por sexo, sujos, sem outros interesses - e tb a presença quase que obrigatoria de 2005 pra cá de, pelo menos um casal gay em novelas das 19:00 e 21:00, traduzindo: tem gays sendo mostrados em quantidade, mas não tem contexto, não tem conteúdo esse arco-íris de caleidoscópio.... Só se fala de beijo gay........ Acho que o gay inclusive jah foi mais consciente, me aceitei final dos 90 início dos 2000 e lembro perfeitamente que o que queríamos continua sendo mesmíssima coisa: fim de estereótipos (ainda não), reconhecimento legal de união estável (jah), fim de crimes de ódio direcionados ao gay (ainda não), campanhas de órgãos públicos sobre conscientização e autoaceitação (ainda não)........ Precisa dizer mais? Uruguai, Argentina romperam amarras historicas de preconceito, deram um banho na nossa frente, Brasil continua estagnado e atrelado à pobreza de mente, às correntes de igrejas e arranjos evangélicos que juram, um dia vão nos 'curar' dessa nossa bichice que faz nosso tesão apontar pro igual e não pra uma raxinha diferente. Desculpe o jornal, Tony, te adoro, vc é dos poucos lúcidos e conscientes que restaram na ativa (escrevendo, divulgando, chamando a atenção do Estado, reivindicando direitos...), nunca abandone seu blog, ele espalha luz e ao descobri-lo senti um puta orgulho de ser gay por causa de caras como vc. Beijos.

      Excluir
  5. Beijo pra mim é beijo de língua.

    ResponderExcluir
  6. ummm foi a única vez na vida que deu vontade de ser héterozão!!

    ResponderExcluir
  7. O Chile não acabou de fazer isso?

    ResponderExcluir
  8. O elenco do Porta dos Fundos também entrou na dança:

    http://kogut.oglobo.globo.com/noticias-da-tv/noticia/2013/12/elenco-do-porta-dos-fundos-se-empolga-e-capricha-no-beijo-gay.html

    ResponderExcluir
  9. Minha má vontade também só aumenta. A cada noticiário, a cada pronunciamento, à cada olhada na internet...

    ResponderExcluir
  10. Recentemente a UN lançou um vídeo dos LGBT rights e sua evolução. Evoluindo lentamente lá fora, e retrocedendo aqui dentro.
    http://www.youtube.com/watch?v=XvpHn_zdkTY

    ResponderExcluir
  11. Você e o Luciano roubaram a minha pauta!
    Mas eu ainda posso comprar a revista. HAHHA

    ResponderExcluir
  12. Má vontade com o Brasil (2, 3, 4...)...Infelizmente, não tem como ser de outro jeito. #sadbuttrue

    ResponderExcluir
  13. Não creio que precise ser beijo ou selinho. Acho que situações de carinho e afeto seriam de muito bom gosto, sem levantar suspeitas do tipo 'será que ele é?'.
    Já pensou como seria legal ver o Tiago Lacerda fazendo cafuné no Kauã Reymond? Ou a Gloria Pires trocando olhares apaixonados com a Lília Cabral?

    ResponderExcluir
  14. Quem odeia gay vai continuar odiando e quem condena o ato sexual gay por princípios religiosos vai continuar condenando.E tem mais:só acreditarei que a homossexualidade estará sendo vista como algo natural pela sociedade no dia em que puserem cenas de sexo gay na novela das 9,cenas iguais as de sexo hétero que sempre vimos nas novelas,e ninguém se chocar.

    ResponderExcluir
  15. Caio Castro e Malvino Salvador; Gianechini e Henri Castelli. um sonho...

    ResponderExcluir
  16. parei de vomitar 15 minutos depois.

    ResponderExcluir