terça-feira, 22 de outubro de 2013

DUBIEDADE SACRAMENTADA

Marina Silva foi mais uma vez ao "Roda Viva" da TV Cultura. Mesmo sem se declarar candidata à Presidência (ela está esperando Eduardo Campos não decolar nas pesquisas para ser, aham, chamada ao sacrifício), a ex-senadora tenta definir melhor suas posições. Consegue e não consegue. Parece cada vez mais articulada e mais incisiva, como se tivesse opiniões claríssimas sobre tudo. Mas as águas se turvam quando entra a religião no meio. O fato de ser evangélica é um trunfo e um fardo ao mesmo tempo, e Marina continua tentando agradar a todo mundo. Ontem disse que é a favor da união civil para casais gays, mas não ao casamento - porque, em seu entender, o casamento é um "sacramento". Uai, e o casamento CIVIL? E o casamento entre ateus? Claro que ela está dando uma no cravo e outra na ferradura, tentando seduzir o maior eleitorado possível. Juro que eu não sei dizer qual deve ser a opinião íntima dela, pois Marina vem se revelando uma raposa hábil e ambiciosa. Amigos petistas estão achincalhando essa dubiedade dela nas redes sociais, mas não lembro da Dilma ou do Lula se pronunciarem mais claramente sobre este assunto. O fato é que eles estão com medo, muito medo, e acho que nisto têm razão: uma dobradinha Campos-Marina, seja lá na ordem em que for, é extremamente atraente para uma parcela enorme da população, dos bem-pensantes aos desinformados. E para mim? Talvez. Pode ser. Não sei. Quem sabe?

49 comentários:

  1. Tony, ela foi peguntada se é a favor do CASAMENTO entre pessoas do mesmo sexo e respondeu : Quanto ao casamento, como sacramento, não, como direito civil, sim. Disse que defende a extensão de TODOS os direitos civis a homossexuais. Acho que apenas quem tem o sonho de casar de véu e grinalda na Igreja pode ter se sentido decepcionado com essa declaração, mas isso não é o presidente que decide e sim os líderes de cada religião. Candidata ou não, Marina foi clara e límpida. Nem Lula, nem Dilma e nem José Serra jamais deram uma declaração pública tão favorável a causa gay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse negócio de casamento gay já é coisa do passado desde que o judiciário igualou os direitos. Acabou! Está amparado na Constituição e não tem como retroceder, a não ser em um regime totalitário.

      Excluir
    2. Dá-lhe Unknown!! Casamento pra que? Para gays sentirem-se incluídos pela sacrossanta igreja? Parece complexo de inferioridade isso, recalque pelas inquisições... Tb já estou satisfeito com união civil reconhecida no territorio nacional e não quero entrar em igrejas pra uma encenação piegas nos moldes do figurino hétero... Criminalização da homofobia em crimes de ódio é que devia preocupar e não vejo nenhuma bee se mexer pouco mais que meio metro para... Pronto para as pedras... 3...,...2,...1 POW!!

      Excluir
    3. Lula também é favorável ao casamento gay (http://www.youtube.com/watch?v=Y42kd99gIO0), Bruno, e com certeza já deu mais declarações favoráveis a causa gay do que Marina. O discurso que fez na 1ª Conferência Nacional LGBT demonstra o que digo: http://www.youtube.com/watch?v=mZY0TFJOdnI

      Excluir
    4. "Tb já estou satisfeito com união civil reconhecida no territorio nacional..."

      Mr. Gorgeous, a questão não é o que VC sente em relação ao casamento gay. O que se discute, é o direito. Nem se todos os gays do mundo não quisessem mesmo se casar - o que sabemos que não é vdd -, o direito de casar deveria existir. O direito que os héteros tem, os gays tb deveriam ter. Se não tem: é de fato discriminação.

      Excluir
    5. Digníssimo ANÔNIMO DAS 00:10 - OLHA QUE NOME TUDO? - Tá sentadinho, amor? Então toma...

      Casamento é sacramento das igrejas, as mesmas igrejas que pregam incessantemente desde que nascemos que somos aberrações, uma vida inteira a mesma coisa, que vamos para um inferno tenebroso e cheio de suplícios, que podemos alcançar salvação desde que sejamos assexuados e nos anulemos para o que sentimos [aposente seu pau, use seu anus somente para evacuações], bla bla bla ... E vc vem com essa de querer pagar pau de 'casamento' - que como os proprios reaças dizem é sempre macho e femea - pra ter direito 'igualitário' num ambiente onde somos claramente persona non grata, segregados desde SEMPRE? Porque essa insistência boba em se equiparar a héteros ESPECIFICAMENTE nesse quesito [ca-sa-men-to]? Perdoe-me no sincericídio, mas acho de uma burrice atroz e dikunfôça, SÓ ISSO. Pago meus impostos, não tenho dedução porque sou gay, mas IGREJAS tem esse privilégio e mais alguns para me discriminar há seculos, é lá que nasce essa ideia - no modelo e na patente cristã de amor 'abençoado' [o nosso amor lgbt, para eles, NÃO É] - de casamento, é lá que nos dizem o que fazer com nosso pau, onde enfiá-lo e com quem, logo não me interessa ter um genérico de casamento hétero, meu amor é diferente e dane-se, eu já tenho minha união assegurada em lei, isso me basta e te garanto, baby, isso NÃO É NENHUMA MIGALHA, nem tampouco me sinto a coitadinha execrada da sociedade hetero cruel e monstra, farto dessas pohas que escuto. Abra sua mente, repense e antes que queira intelectualizar e devolver um post na vibe 'vou reduzir a pó esse cretino fdp' , seja feliz com o que vc já tem hoje, que não significa a mesma coisa de contentação pura e simples. Esse 'direito' é discutível pra vc, pra zilhares como eu, é só irrelevante.

      Excluir
  2. Estou começando a gostar de Marina...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamento por você, pêsames antecipados.

      Excluir
    2. E a alternativa viável seria...?

      Excluir
    3. O Brasil não tem alternativas só cabides de emprego em novos ministérios p/ acomodar bem a tal da governabilidade angariada à custa de alianças - todos fazem, inclusive a ecochata das bijus de coquinho amazônico - , aprendam e desenvolvam esse mantra: o mundo agora é das bitches de pedra, sem coração e com energético nas veias. Sou desses, cada vez mais o super-homem de Niesztche e menos a vítima das circunstâncias [nadinha favoráveis].

      Excluir
    4. Não disse nada além de clichês sem muito sentido...Mas tudo bem, sra. belezura, na próxima eleição vou votar nessa tal bitch de pedra, sem coração, etc, ou no Niesztche, Schopenhauer, ou o diabo que o parta...Será uma decisão muito inteligente...

      Excluir
    5. Não disse nada a vc porque NÃO QUERO MESMO LHE DIZER COISA ALGUMA, VC TEM OPINIÃO FORMADA E EU TAMBÉM, OLHA QUE COISA!! Não quero mudar caca cerebral de ninguém, só quero expressar a minha caca cerebral, fuck off the political teams you're supporting

      Excluir
  3. ela disse união civil, sim, casamento é uma palavra que tem sacramento.. em outras palavras ela não quer mudar nada.. e sim, tony, sim.. lula e dilma já deu trocentas declaraçõe que são a favor do casamentoe tudo quanto é igualdade civil possível.. pr fvr!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessé, você poderia disponibilizar os links em que Lula e Dilma declaram que são favoráveis a união civil entre pessoas do mesmo sexo? Obrigado!

      Excluir
    2. Jessé, tópico à parte, seu avatar continua plasticamente gostoso, mas foco no seu teor textual: acreditar que oportunistas políticos desse quilate [Lula, Dilma] possam dar essa prova de amor lgbt e logo em seguida desgostar sua amada bancada evangélica é algo tenso de acreditar, tenho muitas dúvidas, sério, pára, vai... Num força essa barra.

      Excluir
    3. Jessé, aproveitando o pedido de Bruno, quero o minuto onde ela fala de "união" civil nessa entrevista.

      A menos que eu tenha deixado escapar alguma coisa (o trecho que lembro está em 01:01:50), ela não usou as expressões "união civil" nem "casamento civil". Forçando uma barra, já que a distinção entre ambas parece ser tão importante, pode-se sugerir que ela disse ser favorável ao casamento civil:

      "Quando você fala a palavra 'casamento', eu evoco para mim a ideia do sacramento. Como sacramento, não; como direto civil, sim, porque as pessoas têm o livre arbítrio para fazer o que quiser da sua vida civil."

      Excluir
  4. Sou pernambucano, suspeito, mas moro fora da provincia ha tempos, apesar de ama-la, e pode ter certeza que quem será candidato será Campos, ele é o melhor ariticulador que ja vi, aprendeu com o avô- Miguel Arraes, mas é uma versão mais audaciosa, saiu da base e deu essa virada com Marina e vai ser candidado- Ele diz defender a alternancia de poder e mandato de 5 anos, creio que seduziu Marina com esse papo-, lavou o PSB Cearense e Fluminense que eram contra o seu voo proprio...quanto os direitos homossexuais ele aprova, posso dizer isso até pessoalmente e politicamente...o que acontece é que Marina vai mudar um pouco sua posição para o moderado e "moderno" Campos, e Campos vai mudar um pouco sua posição ambientalista- coisa que sempre foi dúbia...- em tempo, Eduardo tem 80% de aprovação na provincia, sendo o governador mais avaliado do pais. Penso que para Marina falta ser uma grande politica, para Campos faltava projeção e essa imagem mais low-profile...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com todo o respeito, mas governar bem uma província como você mesmo diz é bem diferente de governar um país.

      Excluir
    2. Quando se trata de um pais provinciano como o Brasil, quem sabe dá certo.

      Excluir
    3. Não, não dá certo, a gente não serve pra cobaia social porque problemas tão aí tipo gritando...

      Excluir
    4. Fui a Recife mes passado, e sinceramente, não sei de onde saiu os 80% de aprovação de Eduardo Campos. Se for pelo estado da capital pernambucana, onde as mazelas e desigualdade apenas se reproduzem, ele deveria nao ser eleito nem para vereador. A cidade esta literalmente dominada pela especulação imobiliária, a qualidade de transporte então nem se fala, o metro do Recife parece doação de segunda mão de algum pais africano, é notório ao falar com pessoas da cidade a percepção que a qualidade de vida piorou, embora a cidade tenha passado por um grande crescimento econômico nos últimos anos. Não sei qual a novidade política de Campos, vejo ele mais como membro de uma cultura política que so reproduz o subdesenvolvimento neste país, e que não ousa em nada.

      Excluir
  5. Não disse que governaria bem o Brasil, mas o que é o Brasil se não uma grande província?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em termos e representação política e econômica, se comparmos Pernambuco aos outros estados brasileiros podemos dizer que se trata de uma província. Já o Brasil, a 6.ª maior economina do mundo, o 5.º maior em extensão terriotorial e em população, um dos maiores mercados consumidores do planeta, etc, etc. não dá para dizer que somos uma província, embora nosso complexo de vira-latas não nos permita enxergar o nosso tamanho e importância.

      Excluir
  6. Tony, offtopicc - Stephen Dry entrevista Jair Bolsonaro: http://www.youtube.com/watch?v=9TiqyO5JQZs#t=18

    ResponderExcluir
  7. Não há macumba que me faça eleger um evangélico a presidente. O sujeito pode ser Nobel da Paz, phD em Economia e perseguido político, mas não tem remédio que cure essa chaga. Imagina o estrago! E o aumento da bancada religiosa! Urgh!

    ResponderExcluir
  8. O mio babbino caro
    De forma bem chula: Essa mulher tá de lorota, aquela cara de Perpétua não me engana. é só mais uma "raposa ambiciosa evangélica", vislumbrando o poder. Tô fora.

    ResponderExcluir
  9. A Dilma vai ganhar porque tem a máquina do governo, o PMDB e o Lula a seu favor, mas seria bom se ao menos tivesse um segundo com turno entre ela e o Eduardo Campos. Melhor que entre ela e o Aécio, que tá na pior e ainda tem aquela cara de ressaca eterna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aécim Vida Loka... hahahahha

      Excluir
    2. Luquinha petistinha....

      Excluir
    3. Ixi, já me chamaram de burro e sem coração no outro post, até aí blz, mas petista, jamais!

      Excluir
  10. Não sou misógino ou qualquer porra que o valha, mas deixa eu desabafar aqui, please: Ô MULHER CHATA DO CARÁI!! Pronto me sinto mais leve tipo após dar uma mijada ou soltar aquele pum. Perdoem-me a escatologia gratuita, é que Marina me faz perder toda a classe adquirida no colegial feito na Suíça.

    ResponderExcluir
  11. O mio babbino caro
    sou uma bicha burra alienada politicamente e não tõ nem ligando pra nada não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse "o mio babbino caro" é fake.

      Excluir
    2. Esse o mio babbino caro é um pentelho eis a melhor definição, e daí se é só mais uma bee fútil e genérica-reforçadora-de-estereótipos, precisa vir aqui só p/ despejar isso?.... phoda-c.

      Excluir
    3. O mio babbino caro
      Sou eu mesmo o de sempre!

      Excluir
    4. O mio babbino caro passei horas CONFECCIONANDO UMA OBRA DE ARTE no W.C. e quando fui dar descarga vi vc lá dentro!

      Excluir
    5. O mio babbino caro
      Horas pra confeccionar? A minha eu confecciono rapidinho desde que passei a fazer xuca com mangueira de jardim!

      Excluir
    6. A camisa de força tá bem apertadinha, amiga? Poxa, folgo em saber... rsrsrsrs.... Só te respeito dibôa se vc disser que além usar mangueira de jardim, vc toma aguinha de xuca chamando de 'bons drink', rsrsrsrsrs.... Entertain me, bitch.

      Excluir
  12. Não dá pra votar em alguém que não se mostra por completo, que vive com o rabo preso com alguma religião e que não dá declarações com a verdade que tem, deixando todo o eleitorado com dúvida de quem se é.

    ResponderExcluir
  13. Marina is the new Lady Gaga. Como faz sucesso por aqui, hein...

    - | | -

    Caramba, essa hora e meia voou. Nunca pensei que ia dizer isso sobre um vídeo de política.

    "Raposa hábil e ambiciosa" é ótimo. O tempo vai dizer até que ponto esse julgamento se confirma. Como digo, Marina Silva alçou o debate a níveis inesperados. Enquanto isso, Aecinho, meu ex-futuro candidato, fica repetindo um discurso cansaaado, com críticas antigas, pontuais... A melhor aparência física da corrida e 7 anos de "choque de gestão" para mostrar, desperdiçados com mimimi e discurso pobre. Uma falta de habilidade publicitária e uma tacanhice vergonhosas.

    Quanto ao casamento gay, não entendo por que questões que não estão sob controle do presidente ganham tanto espaço no debate presidencial. Ao ponto de esse ser o único assunto do post e ainda ter contaminado todo o resto da entrevista com a pecha da "dubiedade".

    Até parece que casamento x união civil gay é o ponto mais importante da cena social brasileira na próxima década. Como critério para escolher deputado ou senador, até acho válido. Para escolher presidente, acho exagero (mas cada um vota como quer)...

    Concordo com primeiro comentário (Bruno) e os que responderam a ele ele. Acho que você deu uma interpretação meio particular às palavras, porque ela deixa muito claro que no âmbito civil não enxerga diferença alguma. Já no religioso, de que forma ela pode impedir que igrejas modernas resolvam casar bees de véu e grinalda?

    - | | -

    Cantanhêde fez a segunda pergunta como se não tivesse ouvido a resposta da primeira e ainda tomou o único coice da entrevista, o que é difícil de conseguir vindo de Marina. Como alguém com a massa encefálica de uma colunista social consegue se firmar escrevendo sobre política? Deve ser porque no Brasil ainda não existe muita diferença entre as duas coisas...

    - | | -

    Quem vê o blog de Augusto Nunes na Veja mal acredita que ele é capaz de outra coisa além de ladrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela tá a lady gaga mesmo, fez baita sucesso no início até achar que bastava posar de diva e soltar qualquer bosta p/ todos saírem atrás... daí povo se cansou de aplaudir a louca de hospício e tb parou de achar engraçadinho tudo que ela fazia/dizia então ela SEEFOO LEGAL! Saudações tucanas.

      Excluir
    2. Por falar em tucano, acabei de ler que Aecinho andou distorcendo umas estatísticas, para me envergonhar ainda mais. E olha que é o *Estadão* quem tá dizendo:

      http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,governo-de-minas-distorce-estatisticas-ao-promover-choque-de-gestao-tucano-,1040729,0.htm

      Excluir
  14. Não voto na Marina, mas ela foi cirúrgica num comentário sobre o governo Dilma a poucos dias. Disse que o governo FHC tem a marca dos avanços econômicos e a estabilidade da moeda. Que o governo Lula tem a marca das conquistas sociais. E que o governo Dilma até agora não conseguiu avançar e nem deixar sua marca e que se houvesse uma marca seria a do retrocesso. Adorei. Ganhou alguns pontos comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Detesto as duas, mas Marina só soltou esse veneninho anti-dilmista porque Dilma mexeu pauzinhos para que a rede de piração ecochata não saísse a tempo dela ser candidata majority choice, ou seja com partido próprio aí sim ela seria rainha dentro da própria piração ecochata que seria esse partido-rede-sei-lá o que...

      Excluir
  15. Viado , bicha , bee, boiola , invertido , puto , sodomita , como queiram chamar. Não deveriam votar em evangélicos, nenhum. Só para aqueles q leem os comentários e são bons de matemática, as 4 operações básicas servem, emquanto nós (tb sou viado , logo me incluo) , ficamos discutindo , se essa candidata é melhor ou pior , os evangélicos , além de não pagarem IR , IPVA , IPTU , e outros impostos , também não querem que suas igrejas paguem tarifas básicas como agua e luz. Só imginem com uma presidente ungida por deus ? Agora , eu lhes pergunto , esse dinheiro desviado dos impostos q não são pagos (roubo na verdade,legalizado , mas roubo) vai para onde ? Investir em educação sexual , q não é , investir em kit gay (ou como queiram chamar ) q não é. Para onde ele vai ?
    Formar uma massa de consumidores de igreja e dizimistas (vivemos numa mundo capitalista, meus caros , tudo visa a grana), para continuar perpetuando essas infâmias , é o intento desse povo. Portanto meus caros , Concordo com vários argumentos , expostos , porém , pensem os senhores , no futuro , ao invés de A Voz do Brasil , um singelo programa de rádio da EBC , chamado Jesus Do Brasil ? Quem quiser votar nessa mulher q vote , infelizmente. Porém , ser viado , é mais do q abaixar a cabeça pra igreja , e financiar pregadores de ódio com dinheiro público.
    Nessa mulher , e em evangélico , nenhum eu voto. Só lamento pelo meu amado Rio de Janeiro , e a corja q o assola.
    Posicionem-se senhores , posicionem-se.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse, tb sou desses!

      Excluir
  16. Ta foda mesmo. Com essa oposição pífia, sem noção e despreparada fica difícil ter alternativa à situação. E como também não aprovo o modelo de gestão desta última, meu voto será lindamente anulado. Melhor mostrar meu descontentamento do que optar pelo menos pior, que no fim acaba sendo o pior de qualquer forma.

    ResponderExcluir
  17. Aqui em Brasília acho no segundo bloco, ficou sem som, ou melhor um som tão baixo, só no terceiro bloco é que voltou ao normal, sabotagem!!! Eu heim!!!! Cheguei mesmo a conclusão de a Rede que ela iria criar foi sabotada mesmo, não deram chance!!!! Tiveram foi tempo de sobra para analisarem as assinaturas nos cartórios.

    ResponderExcluir
  18. Marina Perón Vegan, A Fraude e a Loucura de Um Povo28 de outubro de 2013 03:42

    Gente fico embasbacado (dig my fancy Portuguese style, hauahahah) como Marina fala bobagem com segurança e convicção de quem tem conhecimento de causa, essa mulher nem esquentou a cadeira como professora de história, ok ela passou da página 3 do livro mas e daí? Vejo ela dizer bobagens e tanta gente vir aqui comentar como se ela tivesse descoberto formula do ouro em pó!! Essa mesma conversinha que ela falou no Acre em 1992 quando queria ser alçada da sala de aula direto para os altos esquemas de Brasília (Marininha, uma caipira na alta roda... da corrupção).... Daí deram mandato de senadora e ela nunca mais conversou com nenhum professor e gradativamente se distanciou da sua tão querida floresta amazônica e dos miseráveis que a elegeram, porque já se bastava na piração que ela mesma idealizou, Affffãããaoozzzzzzróinc.... Acordem é só outra salvadora da pátria que não vai salvar nada só fazer alianças para um esquema de 15-20 anos da máquina pública tal como a máquina petista da qual ela é egressa e o maridinho dela que está no Acre bem $ervido pelos 'companhêros' amigões de Lula...

    ResponderExcluir