domingo, 20 de outubro de 2013

COISA BOA EM EXCESSO É MARAVILHOSO

A HBO Brasil finalmente está exibindo "Behind the Candelabra", que passou em maio na matriz americana. A cinebiogrfia do ultra-kitsch Liberace chega por aqui depois de ter feito uma limpa nos últimos Emmy, onde levou, entre outros, os prêmios de melhor filme, melhor diretor (Steven Sodebergh) e melhor ator (Michael Douglas). Espero que também tenha levado melhor maquiagem: a carcterização dos personagens, que se submetem a plásticas, adoecem e envelhecem, é das mais sensacionais que eu já vi. Matt Damon, no papel do jovem amante do pianista, talvez tenha o papel mais difícil: consegue passar a dor de ser desprezado sem perder um grama de fabulosidade. O roteiro é baseado nas memórias desse amante, que talvez não tivesse visto a luz do dia se os envolvidos fossem brasileiros. Graças a Deus, não são: a glória e os detalhes sórdidos da vida Liberace estão expostos em "Behind the Candelabra", que, apesar de ter sido feito para a TV, é um dos melhores filmes de 2013. Ligue para a sua operadora.

15 comentários:

  1. O melhor filme do ano não passou no cinema, e a melhor série não passou na TV!

    ResponderExcluir
  2. pequeníssima correção: "sem perder UM grama de fabulosidade..."

    ResponderExcluir
  3. Vi no cinema. A tela grande lhe faz ainda mais jus. Ab fab!

    ResponderExcluir
  4. Na verdade é um filme, só que as distribuidoras de Hollywood não quiseram levá-lo à tela grande porque afirmaram que era "gay" demais. Basta dar uma procurada no Google...

    ResponderExcluir
  5. Pois é a vida de Cauby (Conceiçãããoooo) daria um filme semelhante se não houvesse hipocrisia e ele não fosse brasileiro de criação/ranço machista... A propósito se essa gente teme tanto o que fuçam em biografias porque não saem de cena à la Greta Garbo, tipo Lídia Brondi, Luciana Vendramini, Ana Paula Arósio... Eu hein quem tá sob holofotes é para ser biografado, se tem bafo no entorno, e daí?

    ResponderExcluir
  6. O mio babbino caro
    Esse filme tem cenas ousadas com sexo e nudez? A-DO--RGO

    ResponderExcluir
  7. liberace pegou só gostosos - ou lindos e gostosos - ou lindos, gostosos e portadores de necas gigantescas - ele é a prova de que vc pode ser um grande sedutor e não ser bonito [SE VC NÃO FOR O TONY - NÃO SE PREOCUPE EM CORRIGIR ERROS DE PORTUGUÊS] eu não vou ler - grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, Sidney, ele é prova de que ser rico e famoso "seduz" muitos dos lindos, gostosos e portadores de necas gigantescas...got it?

      Excluir
  8. app lídia brondi ft. christina prochaska dão [uy] um novelão hein

    ResponderExcluir
  9. Vou ter q ligar p/ operadora. Artista excêntrico, em conflito com sua sexualidade e ainda dizem q ele flertava com o ocultismo, tem td pra ser um personagem interessantíssimo.

    ResponderExcluir
  10. Rob Lowe como o botocado e monoexpressivo cirurgião plástico está divertidissimo. Mas Michael está surpreendente. E a declaração de Damon, de que agora ele, Sharon Stone e Glenn Close tem algo em comum é muito simpática.

    ResponderExcluir
  11. como assim n vai passar no cinema? ninguem me avisou disso.

    ResponderExcluir