domingo, 1 de setembro de 2013

YEEZUS ME CHAMA

Na minha ânsia desesperada de permanecer moderno, de vez em quando eu me forço a comprar discos que não são exatamente a minha praia. Basta a crítica dizer que se trata de uma obra-prima fulgurante para eu me sentir obrigado a comprar o troço, seja lá qual for o gênero - até mesmo sertanejo universitário, a mais baixa forma de expressão artística jamais inventada pelo homem. Foi justamente por causa do clima de oba-oba que eu me vi impelido a adquirir "Yeezus", o novo CD de Kanye West. Nem é a primeira vez que eu me rendo a um dos dois rappers mais famosos do mundo (o outro é seu amygo e ryval Jay-Z, de quem eu continuo virgem). E olha, não me arrependo: "Yeezus" é um trabalho inquieto, de pesquisa musical, jamais fácil de escutar mas sempre interessante. Tem participação dos meu querido Daft Punk e mais um monte de astros do hip hop, além de samples de Nina Simone, trechos de musicais, pancadão e eletronices. O problema, para mim, é o rap. "Yeezus" tem rap demais. Pois é: não gosto de rap, mas compro disco de rapper. Vai entender.

48 comentários:

  1. Kanye não me desce. Assisti o show da Gaga no iTunes Festival, ela loucona do MDMA, se mordendo, suando bicas, etc, mas as músicas são demais. Não dá pra entender como Applause foi escolhida como primeiro single. É uma música melhor que a outra. Pode ter certeza que qualquer uma delas vai vender mais que Applause, principalmente se for Swine, Artpop ou Man-I-Cure os próx singles. Agora mesmo é que o Pop envereda pro eletrônico de vez.

    E não sou little monster, me errem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, também assisti! Sex dreams é perfeição pura!

      Excluir
    2. P.s: Ser LM não é desmérito, e sim mérito. Desmérito é gostar de cantoraney que não cantaney.

      Excluir
    3. Ouvi agora e não gostei muito. Temo que nem com o tempo vou aprender a gostar da maioria... Pra mim parece natural Applause ter saído primeiro, porque é a mais palatável. E sim, sou LM.

      Excluir
    4. Bem que eu gostaria de entender o que foi comentado aqui: cantoraney que não cantaney?

      Excluir
    5. Lembrando que a Gaga escrevia as músicas super poéticas da Cantoraney

      Excluir
    6. Queria ter visto esse show, mas perdi. Hoje é tudo tão rápido, tão online que não quando o CD for lançado já será notícia velha. Quem não viu antes, perdeu o bonde da história.

      Excluir
    7. Faneys da catoraney que não cantaney hoje tem mais de trintaney aneys e ouvem a mesma musicaney com o mesmo autotuney a dez aneys e acho que tem problemaney por isso não quereney sair da adolescencianey.

      Excluir
    8. Carlos, isso é para vocÊ ver como a Gaga é completa: compositora, vocalista, dançarina e estilista( várias ideias da Haus são dela). Diferente de catoraney.

      Excluir
    9. Ao anÔnimo que disse que queria ver o show, porém o perdeu. Aqui em HD: http://uploaded.net/file/r14obm35

      Excluir
    10. #GagaCompleta

      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=143695082439456&set=a.143695079106123.35508.143692312439733&type=1

      ou

      https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash2/s720x720/538806_143695082439456_420951499_n.jpg

      Excluir
    11. Geovanni, é sua mãe na foto? Bonita ela :)

      Excluir
    12. leave britney alone!

      Excluir
    13. É a minha mamãe monster versão completa! =9

      Excluir
    14. Acabo de assistir ao show com as músicas do novo CD da Lady Gaga e posso falar? Incrível! Estava meio de saco cheio dos exageros e da bizarrice dela, mas agora não pretendo voltar a criticá-la tão cedo. Aliás ela parece estar numa fase mais clean, dando maior destaque para a música e menos preocupada em chocar com as performances ou com os figurinos. Talvez porque as músicas sejam ótimas. Exceto Applause, nenhuma soa como mais do mesmo. Todas trazem algo que desperta o interesse e prendem a atenção. Estou realmente impressionado. Não lembro de outra cantora POP que consegue fechar esse círculo criativo de compor as próprias músicas, performar com maestria, divertir com POP dançante e sentar num piano e emocionar com o vozeirão. APPLAUSE! APPLAUSE! Ela merece!

      Excluir
  2. "sertanejo universitário, a mais baixa forma de expressão artística jamais inventada pelo homem." Onde assino?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto carioca metido a politicamente correto, eu jamais faria uma afirmação tão arrasadora de um gênero interiorano [graças a Deus, não tenho de cruzar com]. Mas que foi ótima isso foi.
      Minha dúvida é se a axé music não desceu mais fundo ainda.

      Excluir
    2. Como ter orgulho de um país onde as músicas de maior sucesso são onomatopeias grunhidas por pseudo sertanejos ou funks podres gritados por delinquentes juvenis? Ah, e correndo por fora, ali no underground, ainda tem o brega como opção para os mais descolados. É de fuder... os ouvidos!

      Excluir
    3. Por mais brega que o axé seja, ao menos nele há divas, como Ivete e Cláudia.

      Excluir
    4. Além do sertanojo niversitário, funk podre, "brega moderninho", ainda tem o axé. Não tá fácil. Pra quem já teve movimentos como Bossa Nova, Tropicália e MPB, olhaaaa, tá puxado o momento cultural/musical do Brasil!

      Excluir
    5. Uau, ninguém resiste a uma boa oportunidade de exibir sua superioridade social feat. intelectual, né verdade?

      Anônimos, o que vocês estão esperando pra suprir essa carência de boa música com suas composições refinadíssimas? De quebra ainda vão ficar milionários.

      Música dos anos 60 anda em falta, é verdade. Mas pra quem não parou no tempo ou pra quem deu uma rápida passada no Google antes de vir reclamar que crasse média sofre, a música brasileira produziu coisas interessantes nas últimas décadas. Se não são tudo o que vocês esperam, reforço o convite: mostrem do que vocês são capazes!

      http://selvadorockandroll.blogspot.com.br/2013/05/os-melhores-albuns-do-rock-brasileiro.html

      http://oglobo.globo.com/blogs/mpb/posts/2009/12/25/os-50-melhores-cds-brasileiros-da-decada-parte-5-251403.asp

      http://oglobo.globo.com/infograficos/nova-musica-brasileira-2012/

      Excluir
    6. Eu gosto do rock dos anos 80, só não citei porque acho os três movimentos que comentei mais relevantes. Agora se você está satisfeito com os estilos musicais que o cenário brasileiro produz atualmente, lamento, mas não partilhamos do mesmo gosto musical.

      Excluir
    7. Em todo lugar existe música ruim e gente incomodada com o que está no topo das paradas. Robin Thicke e Katy Perry também não são a música cult que você está esperando, concorda?

      Acho que em respeito ao seu "bom gosto musical" você precisa selecionar melhor o que considera "relevante", e principalmente começar a procurar coisas que te agradem em vez de ficar tentando eugenizar a música brasileira...

      Excluir
    8. Ah Giovanni, se você acha que Bossa Nova, MPB e Tropicália não são movimentos musicais relevantes, divirta-se com funk do Naldo, sertanejo universitário e axé. Cada uma na sua!

      Excluir
    9. Mas foi você quem falou que esses gêneros são relevantes, releia seu comentário. Eu apenas sugeri que você selecionasse melhor o que considera relevante. O mundo está cheio de outros tipos de música e você tem internet, que eu sei.

      P. S.: Não entendi a insistência em dizer que eu gosto de sertanejo universitário e similares. É algum insulto? No geral não gosto, mas respeito quem gosta. E felizmente vivo num mundo onde posso escolher o que ouço (e os outros também).

      Excluir
    10. Eu disse que condiredo esses gêneros (Bossa, MPB, Tropicália) mais relevantes que o rock dos anos 80, apesar de gostar desse estilo também e você disse que eu deveria selecionar melhor o que considero relevante. 1 + 1 é igual a? Não sei qual o seu gosto musical e sinceramente não estou interessado, mas concordamos em um ponto: Que cada um escolha o que quer ouvir e seja feliz. Amém!

      Excluir
  3. Iggy Azealia e Nick resumem minha cota musical de rap. O resto eu passo!

    ResponderExcluir
  4. Tony não censure meus comentários!

    ResponderExcluir
  5. ô tony, vá por mim, tome café jardim: pra essa demencia só yezzus na causa. fica tranquilo, que quando casar, passa.

    ResponderExcluir
  6. Kanye também é tipo um guilty pleasure pra mim.

    ResponderExcluir
  7. Esses rappers já estão no mainstream americano tempo demais. Ta na hora dos EUA inventarem outra modinha.

    ResponderExcluir
  8. Não me julguem, mas acessei o blog para ver se o Tony tinha comentado as declarações controversas do Antonio Fagundes sobre homofobia e a pegadinha do Fantástico de colocar um casal gay sendo repreendido por um sujeito ao trocar carícias em público para testar a reação das pessoas #domingonosofa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou subir um post a respeito deste assunto ainda nesta segunda-feira. Fique ligado.

      Excluir
  9. Apesar da egotrip do Kanye, ele sempre foi elogiado no meio. Mas ainda prefiro o velho e bom Tupac.

    ResponderExcluir
  10. Rap, hip hop = homofobia

    ResponderExcluir
  11. O curioso dos LM é que eles sempre tem que comparar a Lady Gaga a alguém. A Neide não sabe nem o nome das músicas dos próprios álbuns e continua vendendo e lotando turnê. Dps ainda tem tempo pra ir de calça de abrigo tomar um Frapuccino casualmente. Neide é gente com a gente. Apoiem os artistas que vocês gostam, e deixem os outros em paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FF, o último álbum da neide, vendeu 1,7 milhões, menos de 2 milhões. Até MDNA vendeu mais. E a FF tour foi um flop, poucos sold out, e os que foram eram em arenas e não em estádios como Beyonce, Madonna e Gaga.

      Excluir
    2. Você fala como se vender 1,7 milhões de álbuns nos tempos de hoje fosse pouco. FF Tour fez $68.7 milhões no mundo inteiro mais 38 milhões nos EUA. Isso não caracteriza flop. Beleza, MDMA Tour fez mais de 300 milhões no total, a Madonna é foda, a Madonna é linda, parabéns.

      Todas elas cantam e se matam no palco enquanto a Britney tá bem feliz comendo no KFC e mesmo assim bomba.

      Excluir
    3. http://2.bp.blogspot.com/_7hD8UTh18Hk/TPQIn4E4yOI/AAAAAAAAa1E/2Dy4uzAI4cA/s400/Britney.jpg

      Excluir
    4. Lucas, não quero parecer hater, mas vender 1,7 milhões mesmo nos tempos de hoje é pouco. Ainda mais para Britney que já foi nº1 do mundo . 4 da Beyonce é tido como flop e vendeu 3 milhões. Se Britney continuar assim não vai continuar a se sentar no recreio com as populares.

      Excluir
    5. Anônimo, você é um querido, só não precisava ser anônimo. Yep, comparado com o começo da carreira dela não é nada.

      Excluir
  12. Eu não aguento escutar as músicas do Jay-Z, se é que a maioria delas são músicas rsrs, são rap cru. E como você eu também não curto e não tenho paciência para ouvir o resto. No máximo se a canção for pelo menos urb pop e com uma batida não tão fraca.

    ResponderExcluir
  13. o mio babbino caro
    "Laaady,don't cha know we luv ya
    Sweet Lady,place no one above ya
    Sweet Lady,don't cha know we luv ya"
    "throw your skinny body down, son!"
    But I'm going to meet the one I love
    so please don't stand in my way
    because I'm going to meet the one I love
    no, Mamma, let me go!
    (2PAC/Morrissey)

    ResponderExcluir
  14. No geral gosto da produção musical do Kanye ("Flashing lights" é espetacular). O Andrew Dawson, que trabalha com ele há tempos (e é engenheiro de som de Yezuus também), produziu Elysium, do Pet Shop Boys. ;D

    ResponderExcluir
  15. Tony, você já comprou um disco de sertanejo universitário ou entendi mal?

    ResponderExcluir
  16. eu amo este álbum - 'on sight' é minha preferida =D

    ResponderExcluir