quarta-feira, 4 de setembro de 2013

YO NO SÉ SI ES PROHIBIDO

E mais uma vez a Argentina passa na frente do Brasil. Depois de aprovarem o casamento igualitário há mais de três anos, agora nossos vizinhos exibiram um beijo gay numa novela do horário nobre, em plena TV aberta. Foi no capítulo de ontem de "Farsantes", que conquistou uma grande audiência para o canal Trece de lá, e um dos besucones é ninguém menos que Benjamin Acuña (que também aparece em "Prófugos", a série chilena da HBO). Como esta notícia repercutiu até mesmo no blog do Aguinaldo Silva, reacende-se a esperança de que o dia em que a nossa TV exibir um beijo entre dois homens não esteja tão longe assim.

17 comentários:

  1. Enquanto isso, no Brasil, temos que ficar ouvindo frases homofóbicas de Caios Castros da vida, que além de overrated (fisicamente falando) têm QI negativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Overrated fisicamente, dramaturgicamente, casrismaticamente.. :o)

      Excluir
  2. o que mais gostei nem foi do beijo, foi da trilha sonora! sensacional!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha achado terrível antes de saber que era Caê, mas achei pior ainda depois de descobrir. A letra até é adequada, mas a interpretação me dá coceira... Às vezes acho que preciso me internar, porque sou o único no mundo que odeia Caezinho.

      http://tudojoia.blog.com/2009/11/06/caetano-veloso-nao-acredita-em-lagrimas/

      Excluir
    2. ah, giovanni (adorei os "nn"), que pena, mas a gente escolhe outra trilha para a nossa cena. só não pode ser maria gadu, daniela ou ana carolina, please!

      Excluir
    3. Pode ser também um funk mellody do Naldo, uma romântica do Luan Santana ou uma baladinha da Claudia Leitte.

      Excluir
  3. Gotta love the hermanos sometimes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas... vamos fazer uma cena de beijo?
      Dudu São Paulo

      Excluir
    2. KKKKKK arrasou com a trava KKKKKKK

      Excluir
  4. uma bonequinha Barbie, zuzu bem?

    ResponderExcluir
  5. Caro Giovanni, também não gosto de Caetano. ele até fez algo legal no início da carreira como compositor (como cantor, nunca me agradou em nada), mas há muito não vejo nada que valha a pena.
    O pior é que criaram uma imagem idealizada dele que ninguém ousa contestar. Ele pode produzir uma merda qualquer que os "caetanetes " vão dizer que é algo fantástico e que, nós, ignorantes, é que não conseguimos compreender a profundidade do que ele expressa.
    Para os "caetanetes",(utilizando a expressão mais usada pelos pseudo críticos), Caetano é visceral. E eu concordo. ele é víscera pura e o que ele produz é o mesmo que as visceral produzem: merda.
    Desculpa aí, Tony,pela agressividade aqui no blog, mas minha veia visceral falou mais alto.

    ResponderExcluir
  6. Tony, só para completar em 2010 mesmo foi exibido em outra novela (Botineras) de lá um beijo gay na tv aberta, inclusive uma das personagens envolvidas era jogador de futebol rs.

    ResponderExcluir
  7. Meus beijos são na medida... Barraca do beijo... vem ni mim... Um dia a Globo mostra, nesse dia ela fecha as portas porque o alerta hipocrisias por lá é capaz de detonar gays pelos ares que nem a dona redonda da vera holtz de babadinho, lacinho e 300kg de puro enchimento...

    "O bRASIL não está preparado p/ assistir a dois homens se beijando" (Aguinaldo Silva, 2011)

    Ah e a música do caetano é linda, já quero nome p/ baixar...

    ResponderExcluir