terça-feira, 6 de agosto de 2013

VERÃO NO VERMELHO

Verão no hemisfério norte é tempo de colheita para Hollywood. É quando os grandes estúdios lançam os blockbusters que custaram 300 milhões de dólares, na esperança de faturar um bilhão. Mas alguma coisa deu errada este ano. E olha que a indústria seguiu à risca a fórmula de sucesso dos últimos anos: filmes de super-herói, continuações, explosões e efeitos especiais. Mesmo assim, amargou um flop atrás do outro ("O Cavaleiro Solitário" foi só mais vistoso deles). E até os filmes que foram bem, tipo "Homem de Ferro 3" ou "O Homem de Aço" (quanto metal, né, gentem?) não deixaram marcas profundas. O verão de 2013 vai entrar para história como aquele em que nenhum filme fez história. É o caso de "Reds 2": muita confusão, muita correria, ótimos atores que parecem estar se divertindo e nenhuma barriga. Para a gente ver, se horrorizar com o número de mortes gratuitas e esquecer dois segundos depois. Que venha logo o inverno.

12 comentários:

  1. O Cavaleiro Solitário foi um flop colossal, prejú de 190 milhões pra Disney. Bem feito, essa temporada está especialmente ruim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que bem feito? Que mentalidade mais pobre... Só fica feliz com a desgraça alheia.

      Excluir
    2. Eu só assisti "O cavaleiro solitário" porque era o que tinha no horário, mas acabei achando bem divertido.

      Excluir
    3. Anonimo, eu acho bem interessante que a Disney se foda apostando nesses filmes, para que eles entendam que essa receita de sucesso dos blockbusters é furada. Quero filmes bons, é pedir demais?

      Excluir
    4. Welcome back, Nelson! Aquele que acha que só existe socialismo e conservadorismo (cadê libertarianismo, social democracia e liberalismo?) no mundo e que quem odeia a Veja é socialista (LOL).

      Mas voltando ao assunto, também acho ótimo que a Disney tenha um preju para reaprender a fazer filmes bons.

      Excluir
    5. Bem feito mesmo, não temos de ficar felizes com blockbuster gringo p*** nenhuma!! Cinema americano tem respostas mirabolantes na ficção para coisas que, na real, não tem solução, salvam o mundo nas telas mas são incapazes de deter algo horrível como o 11/09 e outros atentados com seus compatriotas.

      Excluir
    6. Quanto ranço... Vcs se contradizem. Querem entretenimento, mas desejam a desgraça para quem produz esse mesmo entretenimento se ele não sai do seu agrado. É claro que um prejuízo vai fazer uma empresa com fins lucrativos pensar melhor quando lançar novos filmes. É importante saber criticar de maneira construtiva pra ser relevante e não vomitar um monte de asneiras irrelevantes ao assunto.

      Excluir
  2. Teve um Red 1? To por fora desses blockbusters.

    ResponderExcluir
  3. Que venha logo a temporada de ouro! Que venha Elysium, Bling Ring, Wolf of Wall Street, ainda bem que temos bons filmes a caminho!

    ResponderExcluir
  4. acertaram os executivos da warner que resolveram lançar um filme de horror modesto em plena temporada de verão e que se tornou um dos mais bem sucedidos do período, "the conjuring": http://online.wsj.com/article/SB10001424127887324144304578620070082592376.html

    ResponderExcluir
  5. Acho que vão rever o conceito dos arrasa-quarteirão, afinal o mundo está em crise, é desemprego p/ toda parte e recessão econômica... O povo não consegue sorrir e sonhar mais com a sétima arte num contexto assim; ô mêu, na boa, não é que eu só reclame, não, o bagulho tá tenso mesmo, vide que até gigante adormecido (=alienado, conformado) acordou. No futuro deve ter um filme que retrate essa efervescência que tá sendo 2013 #cético :I

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gigante acordou pra mijar e já foi dormir de novo. Nenhuma mudança concreta além da redução das tarifas de ônibus surgiu desse movimento, cara-pálida!

      Excluir