sábado, 31 de agosto de 2013

PORNOGRAFIA GASTRONÔMICA


"Food porn" é um termo inventado por críticos americanos de cinema para descrever filmes como "A Festa de Babette" ou "Julie & Julia", que exibem cenas de gastronomia explícita e deixam a a boca da plateia com mais água do que a foz do Amazonas. "Os Sabores do Palácio" se encaixam direitinho nessa categoria, ainda mais porque há só um fiapo de roteiro - como nos filmes de pornografia tradicional. A história verdadeira da cozinheira particular do presidente Mitterrand é pouco mais do que um pretexto para nos embevecermos com receitas dificílimas, de resultados espetaculares. Aliás, eu nem senti falta de mais conflitos, porque seria capaz de passar horas a fio assistindo ao preparo desses pratos maravilhosos. Até o momento, claro, em que a fome falasse mais alto e eu mordesse o braço da poltrona do cinema.

5 comentários:

  1. Nossa, você vai ao cinema quase todo dia?

    ResponderExcluir
  2. Para quem não tem tanto tempo livre nem tanto capital (cinema virou programão) quanto o Tony, o do papagaio disponibilizou (finalmente usei esse verbo!) o filme com palavrinhas em idioma tupiniquim.

    ResponderExcluir