terça-feira, 20 de agosto de 2013

O NAMORADO BRASILEIRO

Alguns leitores me pediram para comentar a detenção de David Miranda no aeroporto de Heathrow e, como eu estou aqui para bem servi-los, lá vai. Mas para ser sincero, nem é bem desse caso que eu quero falar. Claro que foi uma agressão imperialista e uma óbvia violação à nossa soberania, mas vocês queriam o quê? O namorado de David, Glenn Greenwald, ajudou a vazar segredos cabeludérrimos dos Estados Unidos, e a Grã-Bretanha faz tudo o que os americanos mandarem desde, pelo menos, o final da 2a. Guerra Mundial. Também sou contra a excessiva intrusão do estado na vida das pessoas, mas não vou dar uma de ingênuo e ficar chocadíssimo por descobrir que as grandes potências mantêm grandes esquemas de espionagem. É claro que mantêm e sempre manterão, por mais que a gente assine petições da Avaaz. O que me interessa discutir neste post é um fenômeno mais prosaico: o fascínio que os brasileiros exercem sobre as celebridades gays estrangeiras. O primeiro gringo famoso que eu me lembro de namorar um conterrâneo foi George Michael, mas com certeza houve outros antes. E houve vários depois: Lance Bass andou saindo com Pedro Andrade, por exemplo. Sem esquecer do Marc Jacobs, que já está no segundo marido tupiniquim: o pornstar aposentado Harry Louis. Como se explica este fenômeno? Brasileiro tem mesmo mais borogodó? Opina aê.

67 comentários:

  1. Respostas
    1. Que pena que vc não faz!

      Excluir
    2. Não foi isso que eu ouvi ontem duas vezes.

      Excluir
    3. Fofa, além derruíam de cama, você é surdo.

      Excluir
    4. Daniel,tá cobrando quanto ?

      Excluir
  2. Esse aí era GP na sauna que o yankee frequentava , o americano se apaixonou e o tirou da favela onde ele vivia. Realizou o sonho de todo michê carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi você, existe algum problemas com miche pelo que eu sei o meu corpo me pertence, o dele pertence a ele e o seu quem manda e você, então se ele é miche e total problema dele, sou do subúrbio então aqui se fala muito em recalque cuspa o seu pagando um negão delicia, tente ser mais feliz, seja já entrou no reto anal dele querido conhece ele, não fique criando teorias de alguém que nem sabe da existência, Anonimo, faça o login da próxima viu.

      Excluir
    2. Fornicador Ausente20 de agosto de 2013 20:21

      Pensei mesma coisa assim que botei o olho, cabelinho de sertanejo universitário, pouco vocabulário,cara de ajudante de construção civil... o corpo compensa, todas gringa pira o cabeção.

      Excluir
    3. Serio?? Ele devia ter casado comigo! Sempre li as materias dele e quase cai p tras qdo descobri q era babado... Foi só eu me animar leio do boy! aff!

      Excluir
    4. Eu não vou te responder da maneira adequada porque não gosto de perder tempo com "inguinorantes".

      Excluir
    5. Quanto pré conceito, eu heim, o povo fala e acha cada coisa viu, cada besteira viu!!!

      Excluir
    6. Quanto preconceito com michês...

      Acho que prostituição é uma atividade como outra qualquer.

      Nossa, é cada um aqui. Outro dia estavam demonizando quem fuma maconha e agora demonizam a prostituição. Aff, nessas horas queria que minha cidade fosse um país independente, tipo Mônaco!!!

      Com suas próprias LEIS libertárias!

      PS: I still love you, Brazil...

      Excluir
    7. Mas João sem anorak vermelho, o Brasil é um país dependente só da Venezuela, de Cuba, da Argentina, da Bolívia e do Equador. Do resto do mundo nós somos totalmente independentes.

      Excluir
    8. Prosituição não é uma proissão como outra qq, já que quase sempre está relacionada com outras coisas ruins e a maioria dos que escolhem essa profissão não tem lá caráter muito bom! Se tinham quando entraram, não vão ter mais quando saírem, se saírem... É como alguns políticos cheios de boas intenções que se elegem e depois acabam corrompidos.

      Excluir
    9. Fui eu quem demonizou o pessoal da maconha porque qualquer neurologista sabe o que o uso da canabis faz a médio prazo com cérebros: buracos negros do tamanho de mexericas de feira, neurônios mortos não são substituídos, odeio conversar com gente chapada, monossilábica e burra, devo ser 'careta-conservador-católico-reaça' tudo assim num pacote só por conta de ousar pensar assim,mas fazer o que? Eis o porque da 'ironia' em detrimento do quão careta possa ser a postura. Michês não me dizem respeito nunca paguei nenhum, meu sexo acontece com gente comum, se tiver de pagar me sinto parte de um negócio, ereções e penetrações não são um negócio, são parte de uma relação sadia. Se me conhecesse me chamaria de qualquer coisa menos de careta, João. Me dirigi a vc de forma cordial e educada, esperando lição de moral depreciativa em 3, 2, 1... E depois o Tony não sabe por que vc recebe tanto post irracional como resposta. Paz no seu coração, amiguinho estelar.

      Excluir
    10. Anônimo, deixa eu explicar:

      Ninguém questiona os malefícios da maconha. Ocorre que a partir do momento que existe uma tendência natural da humanidade pelo consumo de drogas, a qual jamais cessará, e considerando que justamente essa busca por produtos ilícitos gera todo um conflito, o qual mata muito mais gente do que os próprios usuários das drogas, é melhor legalizá-las do que não legalizá-las.

      Não se trata, portanto, da defesa do consumo da maconha, mas sim da sua legalização.

      A guerra às drogas está perdida. Não existe um mundo e não existirá um mundo em que as pessoas não consomem drogas. Elas sempre serão consumidas. Logo, é melhor que o Estado arrecade com sua venda (tributação) e que regule a sua venda (assim como ocorre com o álcool e com o tabaco).

      Simples assim.

      Além disso, acho que é perfeitamente que o ser humano, dono do seu corpo, pratique atos que prejudiquem a sua própria saúde, desde que tais atos não prejudiquem a saúde alheia. O nome disso é autonomia da vontade, algo que está no domínio do direito, e não no domínio da medicina.

      Ainda bem, aliás, que não nos pautamos por orientações médicas. Caso contrário, a bela história (só que não) da psiquiatria em seus primórdios talvez ainda continuasse viva.

      Aguardo suas considerações racionais :)

      Excluir
    11. *perfeitamente aceitável, quis dizer.

      Excluir
    12. Quanto preconceito, uma bibas tipo filet de borboleta, vestidas de grife, bons carros, mas não felizes. São ainda do tipo que tem que mostrar pros amigos ricos um cara bonitinho tupo modelo, mas o negrão, jamais! Olha o preconceito:
      "...cabelinho de sertanejo universitário, pouco vocabulário,cara de ajudante de construção civil... o corpo compensa, todas gringa pira o cabeção..." Cara de ajudante de construção civil, que tanto desejam e te fazem mais feliz do que o namoradinho que dizem amar. Meu, se liga, isso é muito sujo e pobre! Assumam o "pedreiro", o cara que faz vocês felizes, gozarem feito umas loucas!

      Excluir
    13. E esse povo que não se mostra? Anonimo??? É bicha fina (que se diz), maldosa mesmo!

      Excluir
    14. MICHÊ = SER HUMANO = GENTE = TODO MUNDO IGUAL

      Excluir
    15. TioAstolfoRecomenda25 de agosto de 2013 19:51

      Pois é, veja e aprenda: abunda o preconceito até mesmo da parte de quem sofre preconceito, cataploft! Bem vindo a vida real, tb odeio as bichas finas, mas o que se falou foi fofoquinha de sala de espera de dentista, quem nunca, sabe qdo falam de um amigo seu e em seguida alguem completa dizendo que ele faz programa p/ pagar fakul, não chega a ser preconceito não, relaxa, vc tb qdo não está teclando não deve ser esse patrulhamento ambulante todo né? Deixa disso, olha a úlcera nervosa, olha o cancer somatizador, cante comigo don't worry, be happy... e pra vc não me odiar, só hoje serei anonimo c/ nome fantasia.

      Excluir
  3. Não sei, aqui e muito água e vinho, ou os caras do mercados são ruins ou são bons demais não existe um suco de uva, eu por exemplo namoro um franco-brasileiro depois de muita decepção com as beeishas brasileiras, e que aqui nos somos forçados a gostar de algo imposto muito mais do que nos outros lugares, aqui em goias as bee tem que amar sertanejo, eu não curto a estética nem o comportamento, não sou assim, me identifico mais com os esquisitos e pelo menos onde eu moro não acontece desta forma, não que eu seja elitista mas e questão de gosto sabe e é super difícil, eu tenho o problema de encontrar gays compatíveis comigo muito mais daquela historia de aceitação da sociedade, finalmente apareceu o Leandro que e dois anos mais velho, o cara teve que vir de Etampes pra eu poder começar a me relacionar com alguém de uma maneira mais seria e mais intima mesmo.
    As vezes você nasce numa terra que não é sua, não sei se o Brasil tem esse tal borogodó, acredito mais que você pode vir de algum lugar onde você não se encaixa afetivamente.

    ResponderExcluir
  4. Me irrita ficarem chamando ele de companheiro de glen.. eles são do mesmo partido político ou tão transando? Pelo amor de Deus.. até quando..

    ResponderExcluir
  5. ou seríamos nós loucos pelos gringos? ai tony, poupe o mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que é mais por aí... Brasileiro é louco por qualquer um, inclusive gringo. É muito amor pra dar nesse país... Rs

      Concordo que o brasileiro tem uma ginga que deixa os gringos curiosos, mas suponho que eles (incluindo os argentinos, como mencionado em outro comentário) nos enxergam como os preconceituosos dos comentários acima enxergam o "ex-michê": diversão garantida, mas descartável.

      Por coincidência, essa semana li que Anselmo Feleppa pode ter sido muito mais maquiavélico do que imaginamos. O Daily Mail diz que ele perseguiu George Michael até onde pôde, de maneiras altamente ardilosas, e conseguiu atingir o objetivo. O texto abaixo está em http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-510463/Did-Princess-Diana-try-affair-George-Michael.html#ixzz2cZgsT96k

      "According to those close to Michael at the time, fashion designer Feleppa was, in fact, a predatory homosexual who stalked the singer and engineered an affair during which he was showered with gifts including a new Mercedes, a Rolex watch and jewellery by the multi-millionaire.

      He is also said to have carried on relationships with a series of other men when he was apart from George.

      The couple met at the Rock In Rio festival in 1991. Sources say the Feleppa bought tickets in the front row for Michael's appearance with the deliberate aim of snaring the then still in-the-closet singer.

      He then began hanging around the foyer of George's hotel, the Copacabana Palace, hoping to "accidentally" bump into the multi-millionaire.

      When this ruse failed, he is said to have discovered the star was leaving to head to a private hotel on an island that could only be reached by boat.

      Feleppa managed to secure a room there by claiming to be an Italian fashion designer and, finally, stagemanaged a meeting. His ploy worked."

      Excluir
  6. Respostas
    1. já pensou se os gringos te descobrem?... gato como vc é Lucas

      Edu Martins

      Excluir
  7. A pica brasileira é a melhor do mundo. Fato. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na boa: rola argentina é o que há.
      Morro de vontade de namorar um argentino.

      Excluir
    2. kkk....Morei 3 anos na Argentina e qd os caras descobriam que sou brasileiro sempre me apalpavam a pica...Sou ativo e passei mais ou menos bem.O que curtia dos argentinos é que TODOS curtem um bom cunete e chupam mt bem. Mas qd queria trepar e me divertir mesmo saia com brasileiros ou colombianos. Os gays lah querem brasileiro para trepar e nada mais.Não vai se apaixonando por um porque como o Tony ja disse aqui "Enamorarse por un argentino es decepcionarse". Brasileiro é para sexo e nada mais. As bes lah querem mesmo é um europeu ou americano! Tenho amigos argentinos que são caça-brasileiro, inclusive um acabou de se mudar pra ca.

      Excluir
  8. Tem borogodó sim, no meu serviço tem um carinha ele não é assim bonitão, mas é moreno e forte mas tem algo mais que chama a atenção, delicia viu, pena que é hétero, quanto ao casal bem simpático né, eles vão ter mesmo muitos problemas no quesito segurança e não terão mais sossego. É aguardar né.

    ResponderExcluir
  9. Quem foi que namorou o George? Foi você, seu safadeeenho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, foi um cara chamado Anselmo Feleppa que George Micahel conheceu durante o Rock in Rio em 1991.

      Anselmo morreu de AIDS alguns anos depois e deixou George arrasado. Inspirou quase todas as faixas do disco "Older", de 1996.

      Excluir
  10. É o beijo, lascivo. Ninguém beija como o brasileiro...

    E as venenosas recalcadas e invejosas sempre atacam nessas horas, como se vê de alguns comentários.

    ResponderExcluir
  11. O borogodó do marido do Marc Jacobs a gente já conhece. Sdds, UKNAKEDMEN.com

    ResponderExcluir
  12. Tem nada, é só uma questão de estatística e amostragem. Nós somos 200 milhões de almas, é perfeitamente provável que alguém dessa galera toda namore um famoso.

    ResponderExcluir
  13. tony, há muitos anos atrás assistia um programa de moda(acho que era canadense) que já chegava aqui legendado com defasagem de uns 4/5 anos. nele uma booker de uma das maiores agências de modelos de NYC falava sobre o início do boom dos brazucas(h e m) nas cat walkers internacionais. ao contrário do que se divulgou e divulga, sobre o interesse na beleza e sensualidades, o borogodó que vc se refere, ela friamente dizia que aqui no Brasil haviam várias etnias-inclusive louros de olhos claros- e que as pessoas eram extremamente pobres, se sujeitavam a coisas que europeus nunca se sujeitariam para ganhar um dinheiro que, para a realidade brasileira, era muita coisa. e citava os rapazes, belos e pobres, que topavam tudo por dindin. bem, depois de um tempo estouraram as modelos do leste europeu...igualmente louras e tão pobres quanto.
    acho que o borogodó brasileiro pusgringo passa meio que por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por esse raciocínio, só vai dar latinoamericanos, africanos e asiáticos miseráveis nas passarelas né... Mas não é bem assim. Vamos aos fatos.

      Site models.com, ranking de modelos (mulheres) mais sexy: 2 brasileiras no top 5 (1º e 2º lugares). Nesse ranking, que é o do borogodó, nada menos que UM TERÇO das modelos são brasileiras: 9 de 25. As demais na maioria são dos EUA, Holanda, Inglaterra e Rússia.

      Renking de modelos mais bem pagas: 2 brasileiras no top 5, e o Brasil é o país com mais modelos nesse ranking (5 de 33). Os próximos países com mais modelos são EUA (4), Alemanha (3) e Canadá (3). O ranking é claramente dominado por países ricos: desconsiderando o Brasil, 9 das demais modelos são de países pobres (incluindo Rússia) e 19 são de países ricos.

      No Olimpo das supermodelos, com 8 integrantes, o Brasil tem 2, ao lado de Alemanha, Inglaterra, EUA e Canadá. Aqui não entrou nenhum outro "em desenvolvimento" pra contar a história...

      Ousseje: parece que a beleza brasileira anda valorizada no submundo fashion, e não é pelo baixo custo e nem porque tiraram as belezas europeias e norteamericanas da reta...

      Excluir
    2. VRÁÁÁÁÁÁ COM LOUVOR, seu Giovanni.

      Excluir
    3. eu tenho certeza que o anonimo tem razao,pq morei no rio e presenciei muito esse tipo de relacao, bonitao/versus gringo ( feio ou velho, mas sempre bem de situacao)

      Excluir
    4. Que lindo, temos muitas modelos por aí.

      E também temos muitas prostitutas e prostitutos na Europa.

      A absoluta maioria da prostituição masculina na Espanha é de brasileiros. Muito Goiás, Paraná, Rio de Janeiro, um verdadeiro poutpourri de michelles.

      Excluir
    5. Ai, gente, desculpa, mas não acredito que tem gente que divide o mundo entre "ricos" e "pobres"...pfvr né

      Excluir
    6. Giovani, desculpa fio, eu repeti( diminuindo ainda os fatos)uma ENTREVISTA que vi. A senhora acho que nem booker era, mas sim a vice-presidente(ou presidente)da maior agência de NYC na época(se vc entende de moda sabe qual era)nem é a wilhelmina nem a elite, e continua entre as 10. Nem quis jogar na fogueira mas ela comentava como aqui tem gente com o mesmo biotipo europeu, mas pobre de marré-de-si, vinda do interior, que como você sabe é de onde vem a maioria das modelos do BraZil. E ainda comparava que uma italiana ou uma inglesa tem outros objetivos na vida que não são o de rebolar em uma passarela, nem ficar horas com fome esperando por fotógrafo. mas se você é o Frasson, você deve tê-la na sua agenda, então pega o celular e esculhamba você a véia(se ela ainda tá viva, óbvio). Pq eu, na minha insignificância, apenas me CONVENCI com a entrevista.

      Excluir
  14. Tony, v. não incluiu na lista o paulista casado com Jason Wu, costureiro de Madame Obama. Mas esse, se é miché, é doublé de administrador de empresas.

    ResponderExcluir
  15. Não sei o que que tá mais abundante nesses comentários, se é a ignorância ou o preconceito. Pelo amor de deus.

    Se é que ele foi GP qual o problema? Tão com inveja? De quem, dele que se deu bem ou do namorado dele que achou alguém legal? Não o vi falando, mas tão burro ele não deve ser, caso contrário não estudaria na ESPM e não teria se encontrando em Berlim com alguém chave na divulgação dos casos da NSA, e com os voos pagos pelo Guardian.

    Qual o prazer que vocês tem nas palavras "submundo", "miche", "favela", "pica"?! O índice per frase de palavras usadas para denegrir o tal do Miranda nesse post tá de doer os olhos. Vamos trepar e cuidar das nossas vidas que a gente ganha mais.

    ResponderExcluir
  16. Acho que gosto não se discute.Se ele é cafuçu ou não,só interessa a quem está com ele.Borogodó,todo mundo tem algum,depende do ponto de vista de quem quer.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  17. PEDRO ANDRADE, EU CASO E SUSTENTO, PENA QUE VI FOTOS DO NAMORADO DELE E DESANIMEI...O CARA ERA MUITO BONITAO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem querer desanimá-lo, temo que a última coisa de que ele precisa é alguém para sustentá-lo...

      http://www.finissimo.com.br/homem/2010/04/16/finissimo-entrevista-apresentador-e-modelo-pedro-andrade/

      Excluir
    2. giovanni vc entende de fina ironia? acho que nao...

      Excluir
  18. Quem não ficaria com um brasileiro? Eu sempre fiquei.E na comparação com outras nacionalidades (ok, eu não conheço todas)o brasileiro ganha.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Pq compraram um voo com parada em Londres? O Guardian comprou uma passagem da British? Muita burrada. Tantos voos de várias cidades alemãs direto ao RIO ou SP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FORAM E MUITO IDIOTAS EM VARIOS SENTIDOS...VC TEM TODA A RAZAO!!!

      Excluir
  21. Muito preconceito e maldade nos comentários.

    Aeroporto de Heathrow é um dos piores aeroportos para receber passageiros de países pobres do MUNDO. Nunca fui bem recebido lá. Evite a "fucking" ilha. :-)
    Tem um seriado britânico fantástico que mostra bem:
    COME FLY WITH ME.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que escolheram passar por Heathrow de propósito; obviamente sabiam no que ia dar, e iriam usar isso a seu favor (estão falando até em processo). Nunca tive problema seja em Heathrow ou Gatwick, mas vai ver que tenho cara de ryca, neamm? Quanto ao dito borogodó brasuca, acho que é a eterna busca do exótico, diferente...alguns gringos adoram um cafuçu, e alguns brasucas adoram um polaco aguado...vai entender...

      Excluir
    2. Considerações:


      1) Pobre é meio relativo para o Brasil, né? Digamos assim que...o Brasil não é pobre;

      2) Acho muito engraçado como o Reino Unido adora se colocar num pedestal. Fica enchendo o saco da crise alheia, mas esquece que seu próprio país também está em crise;

      3) Po, entrar pela Alemanha é ridículo e é um país muito mais foda em todos os sentidos.

      Excluir
    3. JOAO, TEM CERTEZA QUE VC LEU A NOTICIA? VC ESTA ACOMPANHANDO PELOS JORNAIS? SABE DO QUE SE TRATA? WTF!!!!!
      3) Po, entrar pela Alemanha é ridículo e é um país muito mais foda em todos os sentidos.??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

      Excluir
    4. Ué, gente, Alemanha é muito mais potência que o Reino Unido hoje em dia. Tanto é assim, que numa eventual reforma do Conselho de Segurança, é bem possível/plausível que ela entre.

      Excluir
  22. Dizer que o cara era de favela e trabalhava de Miche numa sauna náo é ser preconceituoso, mas falar a historia real de alguem, náo se fez juízo de valor, se o leitor fez, aí ta na cabeça dele. Só falei o que eu sei e que é apenas a pura verdade, doa a quem doer.

    ResponderExcluir
  23. Brazilians do it better [2] - inclusive tenho camiseta com essa frase, emblemática define.

    ResponderExcluir
  24. Vei na boa...
    não bastasse os comentários absurdos do youtube, até aqui a parada ta ficando tensa.

    ResponderExcluir
  25. O mio babbino caro
    Como se explica este fenômeno?
    "Rabindranath Tagore também profetizou
    Ousou dizer que aqui surgiria o ser do amor
    Um ser superior, civilização da emoção, da paixão, da canção
    Terra do samba sim e do eterno perdão!"(GG)
    O complexo de vira-lata dos MuLatinos, impedi de ver oque Outros viram.

    ResponderExcluir
  26. O Brasil é famoso por exportar putas, travas, viados e maconheiros para o resto do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse sem medo de ser trucidado, rsrsrs. Eis a nossa fama real mais que a melhor cachaça, o melhor café e o melhor açaí, rsrsrs... Não é uma fama 'boa', mas é uma fama propagada para além-mar, na Itália as nossas travas são endeusadas e tratadas a pão-de-ló, casam rapidinho com italiano velhusco e tarado, rsrs. Já no Vale do silício-EUA, meca da info, quem manda no pedaço são nossos geeks maconheiros, basta dar ração p/ eles, digo basta dar a 'ervinha' em dia, que eles produzem que é uma coisa, tipo aqueles ratinhos dentro de rodinhas correndo e correndo estimulados pela visão celestial da erva-do-diabo, rsrsrs, única coisa triste são nossas putas, quase todas traficadas e sem pagamento justo, todas tem os orifícios preenchidos quase todas as noites como bonecas infláveis, isso não é engraçado sniff sniff :( ...Mas algum lado triste essa historia tinha de ter...

      Excluir
  27. Tony, a coluna da Mônica Bérgamo na Folha de hoje trouxe tanta informação sobre o relacionamento do David Miranda com o Greenwald que, acho eu, é até muito mais do que qualquer terceiro precise ou mereça saber:
    http://goo.gl/gd0olb


    Abraço,

    ResponderExcluir