segunda-feira, 19 de agosto de 2013

GIVE ME THAT THING THAT I LOVE

Parece que o mundo perdeu a paciência com Lady Gaga. Talvez porque pareça que Lady Gaga perdeu contato com o mundo. De uns tempos para cá, ela só fala com os "little monsters", sem se ligar que nem todos seus fãs também são seus escravos. Além disso, ela parou de fazer músicas que falam de assuntos corriqueiros, como baladas e namoros: seu único assunto atual é ela mesma. Madonna caiu nessa armadilha há uma década e o resultado foi seu pior álbum de todos os tempos, "American Life". Agora é sua maior seguidora quem a segue nesse beco sem saída. Gaga está em vias de se transformar numa "performance artist", o que é bastante ousado e bastante pretensioso. Mas não é com um single como "Applause", que soa absolutamente corriqueiro, que ela vai se manter no trono. Pelo menos o vídeo, que saiu hoje, é interessante. Mas será que basta?

102 comentários:

  1. Adorei o clipe, mas pena que muita gente não vai entender todas as referências... :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só as monsters.

      Excluir
    2. João e o pé de feijão.

      Excluir
    3. Rainha é assim mesmo. Só faz coisa de alta complexidade artística.

      Excluir
    4. Rainha? Alta complexidade artística? Que ano é hoje? Isso tudo podia ser verdade em 2008-2009 depois de poker face, lovegame, paparazzi, bad romance e de quebra telephone feat. beyonça, tudo assim em sequencia, sem parar... Mas applause sem clipe rebuscado é só uma música que no verão que vem, ninguém lembra mais, vc só pode ter exagerado na caipifruta, rsrsrsrsrsrs

      Excluir
    5. João acredite todos aqui entenderam as referencias e vc sente-se bem ao fim do dia tendo sido rude com desconhecidos que só querem expressar qualquer coisa que seja, conversar, socializar, sei lá... Não tem vergonha de ser má ainda que tenha apenaxxx 24 e tudo ainda te pareça totally beautiful?

      Excluir
  2. Comparado aos clipes de Born This Way, esse está bem mais despretensioso. De vez em quando cansa ver clipes com uma grande-referência-cultural-pop escondida em cada frame.
    Mas a cabeça da Gaga no cisne é algo que vale à pena assistir, então o saldo fecha positivo.

    ResponderExcluir
  3. Se muita gente não vai entender as referências, João, que tal você mostrar e contextualizar pra elas? É muito mais gratificante pra mim ajudar as pessoas a enxergarem o que elas, seja por qualquer motivo, não conseguiram ver do que ficar lamentando a sua cegueira/ignorância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, mas não adianta explicar. Só nascendo de novo...

      Risos

      Excluir
    2. Tente João. Ou será que não é capaz de nada além do que menosprezar pessoas você nem conhece?

      Excluir
    3. Ai, gente, deixa eu ser Maria Antonieta aqui no blog do Tony.

      Excluir
    4. Domingos, nem ele sabe as tais referencias.

      Excluir
    5. Tadinha da João, ela entende todas as referências do clip da Gaga mas não tem um "caralho" para chamar de seu.

      Excluir
    6. Ele está esperando os LMs bolarem algo para trazer para cá huahua

      Excluir
    7. Musica não é arte se o intuito do artista é ser pop, artpop é só um titulo a musica dela não tá ancorada em coisa alguma atualmente, em (falta de) criatividade sonora tá igual Madonna, sim.

      Excluir
    8. Domingos, seu lixoso, eu enumero-as:
      -Ela inspirou-se no quadro O Nascimento de Vénus para compor o look com conchas.
      - A cabeça dela com o corpo de cisne tem como inspiração o surrealismo e o filme Cisne Negro.
      - O com excesso de maquiagem e expressões dramáticas são em homenagem a Little Edie.
      - A loira maluca numa jaula é uma referência a decadência de Marilyn Monroe.
      - Vestida de Pandora e segurando uma perna, Gaga quis dizer que nada irá parara-la. Referência direta ao problema de saúde que teve, e que a obrigou a terminar mais cedo a BTWBT.
      - E o cenário inspirado no expressionismo alemão.
      - A capa do single ela é um pierrot.


      Excluir
    9. Uia que eu virei lixoso!!

      João se o objetivo é ser Maria Antonieta tá liberado. Só cuidado com as guilhotinas, querido! ;D PS.: Por favor, distribua brioches para a patuléia.

      Anônimo, a perna tá mais pra recriar literalmente a expressão "Break a Leg".

      A Caras publicou uma lista de referências do clipe aqui pra quem interessar possa: http://caras.uol.com.br/especial/musica/post/lady-gaga-applause-referencias-cisne-negro-marilyn-monroe

      Excluir
  4. E by the way, Tony, eu acho American Life dos álbuns mais subestimados de todos os tempos!! Tá fácil numa lista minha de melhores álbuns dos 2000's

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também concordo.

      Excluir
    2. American Life é ousado e politizado, faz paródia já na capa c/ as ditaduras latino-americanas, único ponto fraco foi Madonna ter aceito censura imposta pelo pessoal do Bush e ter sepultado o clipe original da faixa titulo em meio à invasão do Iraque e Afeganistão em 2003, tinha de ter comprado briga que nem fez em 89 com igreja católica por Like a Prayer, no mais é realmente um ótimo trabalho dela e tem sim algumas faixas que no beat adequado funcionariam em pistas de dança, vide as ótimas Hollywood, Love Profusion e Nobody Knows Me.

      Excluir
    3. Nobody Knows Me é das músicas mais dançantes de todos os tempos pra mim! Nem precisa de remix ou mudança de beats.

      O que é aquele coral gospel em Nothing Fails cantando
      "I'm not religious
      But I feel so moved
      Makes me want to pray"? de arrepiar!!

      e os versos do refrão de Intervention são pra mim uma espécie de mantra pessoal:
      "And I know that love will change us forever
      And I know that love will keep us together
      And I know, I know
      There is nothing to fear
      And I know that love
      Will take us away from here"

      As orquestrações de Easy Ride, Mother And Father... e as letras são fantásticas!

      Enfim NÃO TEM UMA MÚSICA QUE EU NÃO GOSTE e talvez seja o mais homogêneo e o mais próximo de um álbum conceitual que ela já chegou!

      Excluir
    4. Uau! Traduziu bem, Domingos. American Life já pode se sentir amado novamente. Rs.

      E agora que fui conferir as "orquestrações", vi que na minha biblioteca todas as músicas do álbum têm nota 4 de 5. Seguramente é o único que não tem nenhuma nota 3 ou menor. Acho que isso significa homogeneidade.

      Mas tenho que admitir que nas primeiras vezes que ouvi devo ter sentido uma certa estranheza. Com o tempo é que meu ouvido se adaptou aos elementos mais inusitados e "conceituais" que proliferam nas músicas.

      Excluir
    5. American Life só não foi feliz em vendas nos EUA porque rolava tensão internacional na época por conta da 'guerra ao terror' de Bush, tava tudo muito tenso, no entretenimento só quem se deu bem foi Beyoncé no seu album de estreia que foi consumido vorazmente por adolescentes na época. Para resto do mundo e para fãs de Madge não há quem não ame American Life, Madonna tinha ficado morena p/ o clipe nunca lançado e tb p/ ensaio da capa, estava lindíssima e natural coisa que atualmente ela não sabe mais o que é, enfim álbum ruim mesmo é MDNA de onde só se salva o pancadão chumbo-grosso GANG BANG, aliás a única faixa que tb merecia um vídeo estrondoso e nem chegou a single... Não dá p/ entender...

      Excluir
  5. Eu queria saber o que a gravadora está achando disso tudo. A impressão que tenho é que ela está solta no batatal. Gosto dela e tenho certeza que, mesmo que o Artpop não venda milhões, ela vai continuar relevante.

    "(...) the last couple of months have kinda been like a rollercoaster. There has been a lot of ups and a lot of downs, but I think, ultimately, at the end of the day, that’s what makes you who you are".

    Neide Spears

    ResponderExcluir
  6. O clip é interessante e até criativo, mas tem momentos que são muito bizarros, mas a julgar pela "Fila da Gaga" que vimos nos shows do Brasil é disso que os LM gostam. O problema é que Lady Gaga quer mostrar tudo ao mesmo tempo agora e aí tudo vira uma salada visual indigesta. E concordo com o Tony, toda a pretensão do clip não combina com a musiquinha farofa e mais do mesmo que é "Applause". Saudades de Just Dance, Poker Face, Bad Romance e Paparazzi. Essa Gaga farofa feat bizarra/pretenciosa, eu passo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaga farofa feat bizarra/pretensiosa kkkkkkk rachei o bico!! Meu os comments por aki são melhores que a resenha de qualquer crítico de musica do melody express ou rolling stones, kkkkkk nesse nível de escrotidão eu tb passo...

      Excluir
    2. Fã da Madonna falando de escrotidão. Aquela velha é tão escrota, antes era produtiva, servia para alguma coisa. Hoje é uma inútil que a indústria fonográfica está descartando.

      Excluir
    3. Véi, na real, encosta aqui e escuta de boa, ela tá escrota mas nada apaga um passado de gloria, tudo que outras puxam p/ si nos dias atuais ela já pode ser considerada a pioneira - defender direitos lgbt, pagar de diva, caprichar em direção de arte, trabalhar c/ melhores diretores do genero videoclipe etc etc etc - Madonna já fazia isso tudo às pencas há pelo menos 25 anos atrás já que tem 30 de carreira desde o lançamento do primeiro album, então, néah, escrotidão por escrotidão, melhor dar a mão a palmatória por quem já tirou muita bee da deprê a cada audição de Holiday ou Music... Só p/ constar se Madonna parasse hj, ela não precisava fazer mais nada, a musica dela já a colocou na historia do pop mundial.

      Excluir
  7. Falei lá em 2008 que era só mais uma modinha. O segundo (ou 1,5º álbum "Fame Monster") já emplacou BEM MENOS músicas que o 1º. Acho que só Bad Romance teve tanta repercussão, comparado aos 4 singles do álbum anterior inteiro. Esse Born this gay então... Não colheu nenhum "casual listener".

    Adeus, Miss Kittin do mainstream (acho que foi assim que você a chamou na época).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que você não foi ao show dela pra ver o quão foda ela é.

      Excluir
    2. To loco para um neonazista te pegar na paulista, e lhe apresentar a uma lâmpada.

      Excluir
    3. É que você não foi ao show dela pra ver o quão foda ela é. [2]

      Daniel, aproveitando que você consegue prever o futuro, te convido a preencher a seguinte lista de deevas com o status que elas terão em 5 anos: sucesso consolidado, decadência ou esquecimento? Em 2018 a gente confere.

      * Neide
      * Aguilera
      * Perez
      * Gaga
      * Riri
      * Beyonça
      * Jessie J
      * Minaj
      * Lana del Sono
      * Lovato
      * Cyrus

      Excluir
    4. Daniel being Daniel...

      Excluir
    5. Eu dei o azar de não estar passando na porta do Fasano nos dias que ela estava na rua dando os ingressos encalhados para os "liroumonsters". Preferi vir ver quatro shows do Depeche Mode tocando de verdade sem pirotecnias, nem coreografias, muito menos playbacks. Lástima....

      Neonazista por neozista, já estou em Berlim, onde, felizmente, os punks dominam a cena.

      Quanto a futurologia? Simples. Daqui a 20 anos, um bando de bicha que era criança hoje e um bando de 40-onas estarão em festas bagaceiras de revival dessas cantoras que farão show ano-sim, ano-também em Rio, SP, POA e Barretos. Juiz de Fora é opcional.

      Excluir
    6. Mais ou menos como você faz hoje com Depeche Mode, que estourou há 20 anos, né? Nada contra... É só pra não ficar parecendo hipócrita da sua parte...

      Excluir
    7. Está em Berlim prostituindo-se, amigo? Cuidado para o pessoal da imigração não lhe pegar.

      Excluir
    8. 'já estou em Berlim...'

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, sério, Daniel? Vc precisa disso?
      Faltou deixar alguma frase em alemão, colega.

      Excluir
    9. Os punks e as DSTs tb fazem sucesso em Berlim

      Excluir
    10. Eu sei que o Daniel não se incomoda, mas EU me incomodo. Não gosto que encham o saco dos meus amigos aqui no blog.

      Ele e o João são meus amigos pessoais há muito tempo, e eu sempre fico na dúvida se aprovo ou não os comentários maldosos que muita gente faz contra eles.

      Acho que não vou mais aprovar. Xinguem a mim, não aos meus amigos.

      Excluir
    11. No fundo, é tudo desejo reprimido, Tony.

      Obrigado pelo carinho, <3

      Excluir
    12. Sim. Eu sou a perfeita prova da nostalgia de um tempo que eu quase não vivi. Aliás, todo mundo é assim.
      Mas pelo menos até meados dos anos 90, a música não era feita pra gente com TDAH. hoje alguém entra no estúdio, um pelotão de gente faz tudo. E a gravadora vende uma imagem.

      Ah... Tem alguém falando mal de mim na internet Peraí que eu vou pensar se me incomodoZZZZZZRONC (estou curado da insônia).

      Excluir
    13. A João adora ser gongado, vive provocando os anônimos, tio Tony.

      Excluir
    14. Tony, assim que eu me sentir quando ele desdenhou da Gaga. Ele só leu o que plantou. Além disso, tentou pagar de superior por está, supostamente, em Berlim. Como se isso fosse mérito.
      Carlos, meu querido, todo final de ano viajo com meus pais para conhecer um país novo, isso não é mérito algum, nem faz-me superior.

      Excluir
    15. Daniel, seu lindo, cura-se da soberba também!

      Excluir
    16. João, vocÊ entende bem de desejo reprimido, né? Deve ter passado metade da vida no armário.

      Excluir
    17. Gnt, tenho 24 (vinte e quatro) anos, com carinha de 21, então, queridas, não tem como eu estar há 12 anos no armário. LOL

      Mais amor nesse mundo, gente! Vamos amar!!

      Excluir
    18. Gente, na boa, o Fame Monster pra mim só foi tão relevante pelo "pacote" que a Gaga conseguiu montar e entregar e o povo artsy que embarcou na dela (Alexander McQueen por exemplo). Não há nada de novo e as músicas são tudo Euro Pop anos 90 recicladas pros 2010.

      Excluir
    19. Born This Gay vendeu 6 milhões de cópias, o triplo de MDNA. A turnê teve o 5º maior faturamento de 2012. Se isso é não colher nenhum casual listener, porran...

      Excluir
  8. Até que gostei do clipe. Não chega aos pés dos antigos, mas até que é legal. O que mais gosto da Gaga é o clipe de Telephone.

    Sobre o American Life, sei que é um dos álbuns mais odiados da Madonna, mas é um dos meus favoritos. Tenho uma conexão gigantesca com as músicas dali pela importância que tiveram em minha vida. Beijos, X-Static Process rs. Entendo o ódio, porque é o álbum que mais destoa do resto de sua carreira. Mas adoro. Meu favorito é o Erotica, outro que também não é muito popular.

    RobinHood

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo. american life is the best

      Excluir
  9. Me lembrei do B-52s na boate OFF !!! rsrsrsr

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei do clip e não posso avaliar o novo trabalho dela como um todo sem ouvir e ver as(os) músicas e clipes. Quem sabe não seja o que muitos já estão pensando ou até desqualificando. E para mim o pior álbum de Madonna é sem dúvida o Hard Candy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo - hard candy

      Excluir
    2. MDNA disparado na ruindade!

      Excluir
    3. Dos mais recentes, adoro Music e Confessions do início ao fim! Os dois últimos não decolaram no nível que se espera de Madonna.

      Excluir
    4. O MDNA mesmo estando quase que igual ao seu predecessor em matéria de qualidade ainda tem uma relevância maior.

      Excluir
    5. MDNA é um lixo sonoro!

      Excluir
    6. hard candy - nota 3
      MDNA - nota 10
      pronto falei!!!!!!!!!!

      Excluir
    7. MDNA - Reprovado (Nota: 1,5) Foi um erro ela devia ter lançado apenas um single c/ a única faixa boa Gang Bang. Já tinha feito isso anteriormente com faixas que não fizeram parte de um album de estudio (Crazy for You, Vogue, Time Stood Still), os fãs esperariam mais um pouco e teriam um album mais bem elaborado, realmente bom e à altura de sua majestade, ela tá muito lixo tipo swedish mafia, muito britney remix qualquer coisa e ela não era assim descompromissada qdo assunto era música, volta Madge ainda te amo, mas pára de se enganar, vc tem 55 e não 15...

      Excluir
  11. a música é chata pracarai. e o excesso de referências, este momento tudoaomesmotempoagora, chato também. aliás, eu acho ela muito chata, deve ser por isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho não tem paciência para o novo, isso não é uma novidade!

      Excluir
    2. Adoro gente que argumenta sem usar de preconceitos.

      Excluir
    3. Matou com veneno de escorpião roxo da Pérsia, Wair, huahahahahahah, esses anonimos do mal só a caveira vindo buscar, pelamor.

      Excluir
    4. Ouviu a "nova" música da Cher? Tenho certeza que vocÊ irá se identificar mais do que com a música da Lady Gaga.

      Excluir
    5. Vamos parar de bobeira? Eu sou o mais velho de todos aqui no blog. Xinguem a mim, não aos meus amigos.

      Excluir
    6. Ai, ai...essas barbiezinhas que ficam zoando os mais velhos e que acham que vão ficar velhas saudáveis...kkkkk vão ficar todas acabadas, isso sim! E com neurônios a menos por vários motivos. kkkkk

      Excluir
    7. Tony, Cher tá boladona por não ter o the greatest thing liberado pela mamalirôu, mas a musica é realmente superior a applause, ouça como sugeriu o outro anonimo e comente algo, preciso saber se só eu não tiro mais o refrãozinho chiclete da cabeça...

      Excluir
    8. Querido joão, não posso fazer nada se sou todo durinho, enquanto vocÊ distribui pelancas. Tenho 17 anos, vai demorar muito para eu ficar velho, enquanto isso posso continuar a gongar. 3 beijos!!!

      Excluir
    9. Darling, tenho 24 anos. Sefu hauahuauuauauauhauh

      Com 17 você nem tá completo ainda. Só vai perceber isso daqui a uns 4 anos no mínimo. HAHAHA

      Excluir
  12. Cagay pra Lady gaga. Beyonça fez muito mais sucesso dançando em um fundo branco em single ladies. é muita produção e polemica pra pouca musica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só lembrando que o vídeo de single ladies foi plágio/homenagem/inspirado no vídeo daquelas senhorinhas dos anos 60.

      Excluir
    2. O risco de você cagar é infectar todo mundo aqui com suas doenças.

      Excluir
    3. OMG ate defecação tá rolando, escatológicos sentimentos quando um ser quer derrubar outro ser que é tão lindamente e nada mais que anonimo.... Mais amor no coração.

      Excluir
  13. F...se a Lady Francisco. O vídeo que fez meu dia foi o quadradinho de borboleta do bonde das maravilhas. bem mais legal e vc pega fácil todas as referências.=O

    ResponderExcluir
  14. O clipe é realmente bonito e bem feito. Mas parece muito clipe pra pouca música.

    ResponderExcluir
  15. http://flavorwire.com/410645/whos-lady-gaga-ripping-off-this-time-a-catalog-of-applause-video-influences

    Algumas referencias.

    ResponderExcluir
  16. Adoreeeeeeeeeei beishaaaaaa
    applause bitch, eu como tenho a mesma combinação divonica da Gaga Aries com ascendente em Gêmeos, eu posso ser a freak bitch, mas sei fazer dinheiro e incomodo hahahaha amoooo a GAGA

    ResponderExcluir
  17. Não caio mais na cilada dos vídeos supertudo de nenhuma delas,e a musica nesse processo vai ficando descartável, descartável... Girl Gone Wild da Madonna era aquela coisa mais o resto do disco não teve mais singles, teve aquele fiasco anterior dela de cheerleader... Queria todas elas de volta ao eixo, Madonna gravando coisas mais maduras e baladas românticas novamente e Gaga no estilo 2008-2009, acho que é pedir demais, a egotrip das duas parece irreversível. Como disse Nelson muito clipe p/ pouca musica.

    ResponderExcluir
  18. Não se pode viver a vida toda de clipes, Cadê musica NOVA na batida, inovadora nas letras, realmente fresh como acontecia nos 80 e 90 a cada remix de dj, ou lançamento de single? Como diz Rita Lee, tudo virou bosta... Gaga tá muito nova ainda p/ ter crise criativa, ela só tem 27, Madonna c/ essa idade tava queimando até ultima ponta c/ hits do calibre de Into the Groove, Crazy for You e La Isla Bonita cada uma num estilo, arranjo, proposta diferente... A rainha agora tá véia, caricatural, botocada e com vigorexia, rsrsrs, mas tem um puta legado, néah?

    ResponderExcluir
  19. Ei, pare de esculachar um dos meus discos preferidos da grandma monster!... American Life é muito incompreendido, coitado. É calmo, introspectivo, um tanto irônico, com uma produção minimalista e ousada, ótimas letras... Só não tem tanto apelo para as pistas como o ótimo Ray of Light, Music ou Confessions. Ruins mesmo, a meu ver, são Hard Candy e MDNA, com letras fracas, péssimas melodias (com poucas exceções) e músicas sem carisma, que parecem ter saído de uma fábrica.

    Gostei da música nova da mother monster. Na pior das hipóteses é inofensiva: se confunde facilmente com um desses Calvin Harris ou Guetta que tão tocando por aí, sonoridade que aprecio muito. Pelo menos não incomoda o ouvido tanto quanto Judas, Single Ladies, Umbrella, Scream & Shout e outras músicas com pouca melodia e muita repetição...

    E ela deve ter gostado da cirurgia, porque já está fazendo de tudo para precisar de outra daqui a pouco...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não gosta de Umbrella????

      PIRO numa Rihanna!

      Robin Hood

      Excluir
    2. VocÊ pira num peru, meu filho! Aceite a realidade.

      Excluir
    3. Claro que piro num peru.
      Mas na Rihanna também. De outro modo, obviamente.

      RH

      Excluir
    4. Eu também piro numa Rihanna, só que outra: a de Who's That Ckick, Don't Stop The Music, Take A Bow e do álbum Loud. Umbrella pra mim é uma música com muito potencial, desperdiçada na interpretação obssessivamente repetitiva que ela deu. Quando você multiplica essas repetições por todas as execuções nas rádios e na rua durante meses, vira um filme de terror...

      Mas apesar do gosto duvidoso aqui e ali, ela é a deeva mais subestimada de todas. Desde o início da carreira lança hit atrás de hit, sem intervalo, e em menos de dez anos já vendeu mais que Cher. Das deevas novas, foi a que mais vendeu, empatada com Neide (que tem 15 anos de carreira) e Taylor Swift (que não sei se conta).

      Acho que ela não causa a mesma idolatria que Gaga ou Madonna porque não se leva tão a sério e não tem o menor medo de parecer humana. Mas por isso mesmo passei a admirá-la ainda mais: http://katylene.com/2013/08/05/riri-pfv-seje-minha-amyga/

      Excluir
    5. Eu adoro a Rihanna, justamente por ela ser gente como a gente: atrasa o show porque tá bebendo cazamigue, toma porrada do namorado e depois volta pra ele, vai na buatchy de strip tease e sobe no queijão e joga dinheiro pra culega! AMO, AMO! E tive a mesma impressão quando estava no show dela aqui no Rock In Rio. A mulher emendou um hit atrás do outro. Não tinha uma música no show inteiro que não tivesse sido tocada à exaustão! Pro tempo de carreira dela, é definitivamente impressionante

      Excluir
    6. Mas pra mim a mais subestimada é a Katy Perry. O que ela fez com o álbum Teenage Dream nem a Janet Jackson nos seus áureos tempos de Rhythm Nation conseguiu: Ela emplacou SOMENTE 6 singles no Nº 1 da Billboard: California Gurls, Teenage Dream, Firework, ET, Last Friday Night e Part Of Me. Wide Awake foi 2º e The One That Got Away 3º SÃO 8 MÚSICAS DO MESMO ÁLBUM! Só Michael Jackson tinha conseguido emplacar 5 músicas do mesmo álbum em 1º lugar. Além disso ela é a primeira artista da História a passar um ano inteiro - 52 semanas consecutivas - com pelo menos 1 música no top 10 do Hot 100 da Billboard. QUER DIZER!! RESPECT!!

      Excluir
    7. DETALHE: ROAR JÁ ESTÁ EM 2º na parada! Atrás só da onipresente Blurred Lines que não sai do topo de jeito nenhum!! (Applause tá em 6º) http://www.billboard.com/charts/hot-100

      Excluir
    8. Teenage Dream tb me surpreendeu, não ía comprar o cd físico - só compro cd hj em dia qdo é muito mas muito bom - mas qdo pensei comigo que foi lançado em 2010 e já era início de 2012 e a danada emplacava #1 de norte a sul com The One That Got Away, eu pensei tenho de ter esse cd, fui em sites e tava esgotado, lojas de departamento idem, fui encontrar depois de um mês numa loja de instrumentos musicais, mesmo assim só tinham dois exemplares, comprei um e só restou o outro, sortudo de quem o encontrou lá tb rsrsrs... Amo Madonna por x-y-z-razões mas às vezes acho que KatyPerry é uma bruxinha ou tem uma bola de cristal p/ prever o que vai tocar o coração e fazer dançar ao mesmo tempo. Como ela conseguiu fazer de um album que eu julgava simplório pelo título e pela temática essa fábrica de hits por três anos consecutivos (2010-2011-2012)?!? Ainda estou me acostumando a sonoridade Roar, mas sem dúvida é melhor que esse lixo do Applause, Gagae Madge deviam ter mais respeito c/ o que tão empurrando p/ cima de seus fãs.

      Excluir
    9. Kelly Roulla, corinthiana convicta25 de agosto de 2013 04:15

      Tive minha fase de Rihanna só durou uma temporada 2006-2007, preferidas são S.O.S e Disturbia, depois ela ficou malokera e vidaloka demais até p/ mim que sou corinthians, táligado? rsrsrsrsrsrs Kátia Perez samba na nossa cara, manda um som mais feroz que o outro e não adianta a gente dizer que não curte firework e the one that got away porque neáh são musicas lindíssimas, obras de arte sonoras.

      Excluir
    10. Hahaha. Obras de arte sonoras é um pouco demais. Talvez esse rótulo valha pra outras músicas dela, mas Firework e Roar tão longe disso. São muletas emocionais tamanho P, para adolescentes no auge da crise de identidade. Autoajuda gratuita e despudorada, no nível de um Augusto Cury. Devem evitar uns suicídios aqui e ali, mas não chegam a obra de arte.

      http://www.thatcutesite.com/fear-my-mighty-roar.html

      Excluir
    11. Kelly Roulla, corinthiana convicta25 de agosto de 2013 19:59

      Mas o Radiohead no comecinho tb era assim estancador de suicídios juvenis e depois ao invés de conter suicidas, levava-os a tal ponto, haahhahaahahh #HumorNegroDetected. Sério muleta emocional tam P foi muito elaborado, quer escrever roteiro comigo, diga que sim, cheguei no inferno e abracei o capeta com uma dessas, como vc é má, vou ali morrer, eu só quis dizer pohannn...

      Excluir
  20. Mais de 50 comments, o futebol da bee continua rendendo, huahahhahaah

    ResponderExcluir
  21. amigos da rede globo - vai começar o 2o. tempo gaga vs a indústria cultural - patrocínio: baila para tu papi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaga E a indústria cultural vs o dinheiro das fams incautas

      Excluir
  22. PQP, essa pohan vai caminhando p/ os 100 comments, é isso ou tô sob efeito de tarja preta? Num importa lá vai mais um pouquinho de... Gaga ficou tão oportunista e obcecada por si mesma quanto Madge e agora ambas as cobras cospem peçonha p/ todos os lados, huahahahahahah... As fãs coitadinhas são apenas ponta de iceberg, tal como Tony falou, torcedoras fanáticas que são - afinal é o 'futebol das bee' (Tony que sacada, ti amo, huahahaha) - consomem, respiram, compram tudo relacionado ao seu time do coração, digo cantora-diva, daí qdo duas facções diferentes se encontram em blog, rua ou show é farpa pra todo lado, vixe... huahahahahah...

    ResponderExcluir
  23. Gaga podia ter torrado mais alguns milhões produzindo clipes p/ músicas realmente ótimas que passaram batido no BTW de 2011 e poderiam ter rendido bons singles até o início de 2013: Government Hooker, Electric Chappel e Bloody-Mary, três pérolas que foram desperdiçadas e tinham potencial. Applause parece coisa feita às pressas com o produtor falando ao fundo do estúdio, rápido Gaga, rápido. precisamos de algo p/ ontem... Gimme all your luvin' e Girl gone wild da Madge tb tem essa vibe de coisa feita nas coxas, sem inovação. Cada vez mais exigentes e informadas, as bees só deixam o pink money rolar se o produto for bom, meia-boca todas passam.

    ResponderExcluir