sábado, 24 de agosto de 2013

AZAR DE PRINCIPIANTE

Jorge Drexler pode ser um cantautor talentosíssimo e um amor de pessoa, mas, como astro de cinema, simplesmente não rola. Ele não tem o encanto necessário para tornar interessante o ingrato personagem que interpreta em "A Sorte em Suas Mãos", o novo filme do diretor argentino Daniel Burman. Uriel é um mentiroso contumaz: mente sem nenhuma razão aparente, pois não esconde nenhum grande segredo nem tira qualquer vantagem de tantas mentiras. Pelo contrário, aliás. Ao reencontrar uma namorada da adolescência, ela também entrando numa crise da meia-idade, o cara repete os mesmíssimos defeitos que os fizeram separa-se tantos anos antes. Burman mais uma vez revisita a vida judaica na Argentina e mais uma vez filma um roteiro frouxo, onde pouca coisa acontece. Mas, se ele tivesse escolhido um elenco mais afiado - como em seu filme anterior, "Dois Irmãos" - o resultado talvez fosse mais bacana.

4 comentários:

  1. tony mimimi mimimi mimimi goes

    ResponderExcluir
  2. Ô povo mal comido. Até parece que você ganha pra falar bem de filmes aqui.

    Mas... Um filme argentino SEM o Darin???

    ResponderExcluir
  3. PENSEI A MESMA COISA DANIEL, SOBRE OS DOIS TEMAS...O DARIN E O POVO MAL COMIDO. TONY O FILME DOIS IRMAOS É AQUELE QUE UM É GAY E O OUTRO TEM UMA DOENCA FATAL??? RESPONDE AI TONY ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, os "Dois Irmãos" do Burman são dois coroas: um gay e uma trambiqueira.

      Excluir