segunda-feira, 1 de julho de 2013

RÁ-RÉ-RI-RÓ-RUA

O PSDB soltou nota dizendo que é ferrenhamente contra a "cura gay". Mas se esqueceu de censurar seu filiado João Campos, o pastor evangélico e deputado por Goiás que propôs o projeto. A verdade é que nem isto bastaria: Campos merecia ser expulso das fileiras tucanas. Mandei um e-mail para o diretório nacional do Partido Verde exigindo que eles também se manifestassem a respeito de seu filiado Roberto de Lucena, o pastor evangélico e deputado por São Paulo que faz parte da CDH e ajudou a aprovar por lá a porra da "cura". Recebi uma resposta burocrática garantindo que o PV é contra e blábláblá, mas isto também não basta. Precisamos aproveitar que os políticos estão se borrando nas calças e fazendo tudo o que a gente manda, e aumentar a pressão. Não é admissível que dois partidos que se acham moderninhos mantenahm esses sacripantas em seus quadros, por mais votos que eles tragam. Vamos mostrar que perdem mais votos se não nos obedecerem.

38 comentários:

  1. Enviar e-mail, além de ser muito cômodo, evita dar publicidade para anônimos como esse João Campos. Proponho começarmos pelo autor do projeto. Se cada um enviar um e-mail, um apenas, pedindo a expulsão deste cara, iremos fazer uma forte pressão.
    Disse que não voto e realmente não votarei em nenhum candidato do PSDB enquanto esta legenda tiver, dentre seus filiados, uma pessoa que possibilite a patologização de uma forma de amar.

    ResponderExcluir
  2. P.S.: Tony Goes poderia espalhar esta ideia entre seus amigos blogueiros. Ou melhor, todos nós poderíamos.

    ResponderExcluir
  3. Espero que eles continuem se borrando nas calças

    ResponderExcluir
  4. é tão divertido vocês acharem que estão mudando o Brasil e de que os políticos estão se "cagando"... tsk tsk... kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei não, mas estes políticos são verdadeiros demônios travestidos de gente, o bom para o Brasil é aquele Congresso ir pelos ares com todos lá dentro!!!!! BURACO NEGRO DO BRASIL!!!!

      Excluir
  5. Tony,

    Vou fazer um comentário fora do assunto pois não achei o seu e-mail. Amo seu blog, entro aqui sempre para saber sua opinião, pegar dicas de filmes e tudo mais que você posta. Porém a leitura é muito dificil devido a cor preta do fundo do blog, especialmente qdo há vários posts que não li, meus olhos se perdem em meio as letras brancas e diversas vezes tenho que sair, descansar os olhos em outro site, e voltar aqui para continuar lendo. Como seu blog tem muito texto, ficaria muito melhor se tivesse um tom neutro de background e escuro na fonte, não é a toa que todos sites de notícias possuem paletas assim. É só uma sugestão, embora eu já tenha lido que você ama o preto do blog.

    Beijão e continue postando sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso acontece comigo também. A visão embaralha e dá até dor de cabeça se ler muito tempo.

      Excluir
    2. Anastasia Beaverhausen2 de julho de 2013 14:35

      Assino embaixo, desde que não mude pra rosa. Ui!

      Excluir
    3. Algumas pessoas reclamam do fundo preto com letras brancas do meu blog. Este padrão está aqui desde o começo, em 2007. Em 2010 mudei o lay-out. O design ficou mais moderno, mas o padrão de cores continuou o mesmo (fiz alguns testes com outras cartelas e lay-outs, mas nenhum ficou do meu agrado).

      Acho que já está na hora de dar mais um tapa no visual do blog. Mas abandonar o fundo preto? Snif... sou tão apegado...

      Vou pensar.

      Excluir
    4. Eu vou fazer o contraponto. Acho fundo preto muito menos agressivo na vista. Já vivemos com luzes demais na nossa cara. No escurinho é tão mais gostoso.

      Excluir
    5. Daniel, deixa de ser safadinho! Huahuha

      Tony, eu acho que ficaria muito melhor com o fundo claro, se teu blog para mostrar fotos e vídeos, até concordo que seja preto, mas para leitura é muito ruim.

      Mas saiba que "it does not matter it's black or white" nós estaremos aqui! <3

      Bjo!!

      Excluir
  6. Oi anonimo,com certeza voce deve estar se divertindo muito ,atras do seu anonimato.

    vamos continuar,Tony!

    ResponderExcluir
  7. achei a ideia mara! mandei e-mail p pv! beijos tonhão lindão!

    ResponderExcluir
  8. POR FAVOR ESPALHEM A NOTÍCIA !!!

    Recentemente foi aprovada pela CCJ da câmara dos deputados a PEC 99/11.
    Ela dará poder a entidades religiosas de alcance nacional de questionar e anular as decisões do STF, como a união civil gay.
    Você terá pessoas como Malafaia, Feliciano e a CNBB com esse poder.
    Eles poderão propor ação de constitucionalidade e inconstitucionalidade para as decisões tomadas pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.
    Então já foi dado o primeiro passo para uma teocracia fundamentalista.


    AGORA VOCÊ ME PERGUNTA QUEM É O AUTOR DESSA PEC QUE PARIU ?!
    SIM, ELE MESMO:
    DEPUTADO JOÃO CAMPOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa aí lascou!!!! Ei Adriano você me conhece, e tem o meu e-mail saudade de você viu, mande notícias tá!!! Não esqueço de você viu.

      Excluir
    2. Ah... Anônimo, acho que sei quem é você.
      Dessa vida... Somente o melhor pra você!
      Um carinhoso abraço.

      Excluir
    3. Idem, querido príncipe Russo.

      Excluir
    4. uma pequena vergonha alheia de ser goiano, pena que aqui tem um monte de bixa e poucas fazem algo pra combater o fundamentalismo, help us!

      Excluir
  9. Super moderno ser apoiado por Malafaia (PSDB nas últimas eleições municipais em SP) e ter como candidata a presidente uma fundamentalista (Marina Silva) da Igreja Assembleia de Deus que defende Feliciano (PV nas eleições presidenciais de 2010). Acredite, quem quiser! A mim esses partidos não enganam. São todos farinha do mesmo saco. A única coisa que lhes interessa o Poder.

    ResponderExcluir
  10. Já aconteceu comigo uma situação semelhante. O Deputado Álvaro Dias recebeu em Brasília a diretoria da UNE para discutir um projeto de lei com a intenção de limitar a meia entrada para estudantes. Eu escrevi para o email dele e disse que iria organizar um movimento na internet para que ele ficasse conhecido como o Deputado que é contra a meia entrada dos estudantes. Usei mais argumentos que não lembro agora, recebi uma resposta, devolvi uma réplica e recebi mais dois emails dizendo que eu tinha entendido errado o projeto e blá blá blá. Escrevi novamente que se o projeto fosse aprovado, não importa a justificativa, ele seria conhecido para sempre como o inimigo n.º 1 de TODOS os estudantes. Coincidência ou não, o projeto foi engavetado, mesmo tendo o aval da diretoria vendida da UNE. Os políticos têm medo de grupos que se organizam contra eles, seja em manifestações públicas (que causa mais efeito) seja pela internet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a pretensão de alguns quase me magoa.

      Excluir
  11. assistindo mdna tour
    e pensando, dont play the stupid game cause im different kind of girl (boy) every record sound same
    alias madonninha esta otchyma!!!
    pt e psdb e mesma merda, so psdb nao rege todo o pais, eles nao irao censurar, mas o merdinha do feliciano vai entrar em depre, pois nao vai ser aprovado!
    open your heart and i make you love me, is not that hard if you just turn the key. vcs vao engulir as bixas.

    ResponderExcluir
  12. Achei genial o PSDB ter se posicionado oficialmente contra a cura gay, mas não creio que seria o caso de expulsar João Campos do partido. Na democracia, partidos não votam nem pensam em bloco, isso é coisa da época da ditadura quando a ARENA votava de um jeito e o MDB de outro e ponto final. Uma voz destoante no partido, por mais esdrúxula que seja, promove o debate. Já pensou se houvesse alguém dentro do PT que se manifestasse contra o voto obrigatório? Seria uma discussão interessante.

    ResponderExcluir
  13. Tony também concordo com alguns acima, o p&b "dói nas vistas", pq não um cinza, sei lá...

    mas entrei aqui pra te perguntar se você não vai se "pronunciar" sobre o imbróglio Carla-Bruno: homofobia? ou simples troca de farpas??

    ResponderExcluir
  14. A batata do João campos deveria estar assando a mais tempo, eu acho que pegamos leve com ele, (que se escondeu atrás do InFeliciano) mas é importante fazer barulho no ano que vem, estes trastes não podem ser reeleitos.

    ResponderExcluir
  15. Na briga de comadres entre bruno Chateaubriand e Carla Vilhena eu fico com Carla! Bruno usou o mesmo argumento tantas vezes por você combatido que os evangélicos usam de se fazer de vítima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro não me meter no affair Carla-Bruno. Já estive na casa do Bruno no Rio, levado por amigos em comum. Acho deselegante de minha parte dar palpite neste "escândalo".

      Excluir
    2. Já eu, que não sou ninguém, vou meter a minha colher:o Bruno se mostrou imaturo, parece que criança que faz arte e corre para a barra da saia da mãe, neste caso ele usa o escudo de vítima. Sou gay também e não considerei homofóbica a resposta da Carla, acho até que ela teve senso de humor.

      Excluir
    3. Alguém pode me dizer de que se trata?

      Excluir
    4. http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/2013/07/1304839-carla-vilhena-troca-farpas-com-bruno-chateaubriand-em-rede-social.shtml

      Excluir
    5. Logo você que bate tanto de frente com o politicamente correto! Fale logo o que acha... mesmo que seja para defender Bruno! o que eu lamentaria mas teria que engolir! Beijos

      Excluir
    6. Anastasia Beaverhausen3 de julho de 2013 13:19

      Bruno é da tchurma, né Tonyzinho? Afinal, quem gosta de deixar de ser convidado para os bas-fonds da vida?

      Excluir
    7. ahhh, bem, sendo assim Tony está perdoado, até eu me esquivaria lindamente! beijos

      Excluir
  16. Concordo com o anônimo, mas tb com o Tony por não se meter.

    ResponderExcluir
  17. Pois é, os partidos parece que não tem nenhuma responsabilidade sobre projetos de deputados, e demoram meses (anos?) para se posicionar... Ou talvez a mídia não queira queimar o filme de partidos como PSDB... Imagina se o projeto fosse do PT (não que eu esteja defendendo, mas a diferença de tratamento é clara!) Só agora, PSDB? Depois reclama de ser o partido do muro? Pelamordedeus.

    ResponderExcluir
  18. Pressionar um partido para que tome uma atitude, seja ela a de expulsar um de seus membros, não tem nada a ver com ditatuda. Pelo contrário, entrar em contato com nossos representantes, exigir deles o que considerando ser o correto é um exercício democrático. Vai ficar, lógico, para o PSDB decidir se expulsa ou não. Novamente: vamos, sim, pressioná-los. Isso é democracia. Se não pudéssemos exigir, se o partido estivesse impedido de expulsar ou não, aí, sim, seria uma ditadura. Em uma democracia, os partidos são livres para tomarem suas decisões e os eleitores são livres para votar e votar do maneira que bem entendem.

    ResponderExcluir
  19. Tentar defender o partido do patrão até pode, mas he inviável. Nas ultimas eleições o PSDB atraiu toda aquela fauna da extrema direita (anti nordestinos, homofôbicos, racistas, evangélicos, católicos fanáticos e outros sociopatas em geral) e acabou contaminado. Valia tudo para derrotar o PT, se lembra ? Se as ultimas manifestações de caráter essencialmente esquerdista goram duros até mesmo com a Dilma e com o PT, elas mostraram também que o PSDB esta absolutamente fora de cogitação.

    ResponderExcluir
  20. Direto do Tukanato Rosa3 de julho de 2013 16:46

    Volto a dizer: não tomemos um grão estragado (o combalido e senil José Serra) pelo cesto inteiro, devagar com a santa que ela é toda trabalhada na purpurina cósmica! PSDB é conservador especialmente no Estado de SP, mas membros e lideranças regionais são totalmente pró-luta LGBT e não se escondem do debate conosco coisa nenhuma, pelo contrário vão expandindo visibilidade e dando uma puta força! Há um tucano mysteriozo no fim do arco-íris, VEM GENTCHY VAI TER CHÁ C/ TORRADAS E PATÊ, Huahahahahuahahah...

    ResponderExcluir