sexta-feira, 5 de julho de 2013

OFF WITH THEIR HEADS

Véi, na boa. Justo quando a gente acha que as coisas estão melhorando um tiquinho e que o povo que foi à rua descobriu a força que tem, sai a notícia de que tanto o presidente da Câmara quanto o presidente do Senado usaram jatinhos da FAB para dar uns rolés por aí. Não me admiro que Renan Calheiros esteja cagando para os manifestantes, mas confesso que esperava um pouquinho mais de consideração de Henrique Alves. Em que planeta que eles vivem, para achar que tudo bem voar às custas do erário enquanto o Brasil literalmente pega fogo? Some-se a isto o fato de todo mundo já estar dizendo que o plebiscito é incrível, necessário, um puta cara legal que qualquer menina vai ter sorte de namorar, mas não é você, sou eu, e assim dispensá-lo porque não dá mais tempo de realizá-lo para que qualquer reforma política já valha para as eleições do ano que vem. E assim se empurra tudo para as calendas, porque no fundo ninguém quer que mude nada. Começo a me convencer de que só há uma linguagem que essa turma realmente entenda: o peso da lâmina da guilhotina.

15 comentários:

  1. Eu Era F.i.s.t.ado no Show Os Leopardos5 de julho de 2013 17:26

    Sério, vc esperava alguma coisa positiva vinda desses tratantes? Tanto Calheiros quanto Alves são exatamente da mesma safra maldita! Eu dessa gente só espero mesmo os escândalos que de vez em sempre pipocam na mídia envolvendo os tributos pagos por nós e todo o resto. Essa guilhotina deve ser internalizada em cada brasileiro, qdo o povo se revoltar e fizer uma 'limpeza' ética a la bin laden explodindo canalhas de Brasília aí sim eles vão entender.

    ResponderExcluir
  2. Véi, na boa. Fica ixpierto, que daqui à pouco alguém politicamente correto vai te acusar de incitar violência contra ôtoridades...Quer saber? Podem me acusar também: cortem as cabeças destes deputadinhos e senadoresinhos.

    ResponderExcluir
  3. eu vivi pra ler vc escrevendo "vei, na boa"

    ResponderExcluir
  4. Até o Joaquim Barbosa usou passagem para ver jogo amistoso do Brasil no camarote do Huck, que contratou o filho dele pro Caldeirão.
    Não há quem resista ao poder.

    ResponderExcluir
  5. VOTO DISTRITAL

    SIM AOS DISTRITOS; NÃO AO VOTO PROPORCIONAL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você poder ficar no cangote do filho da puta que você eleger.

      Excluir
    2. Também gostaria de saber...

      Excluir
    3. Exatamente o que o anônimo acima disse. Vejam: http://www.euvotodistrital.org.br/

      O site explica tudo.

      Excluir
  6. Véi, na boa. Você esqueceu de comentar do uso impróprio também do até então herói Dr. Joaquim Barbosa. O mesmo que também pediu aumento para os Ministros do STF...

    ResponderExcluir
  7. MOVIMENTO PASSE LIVRE NO AVIÃO DA FAB!!!!!

    (Viu só? Você está vindo para o lado revolucionário da força! Vi a capa da Veja desta semana e quase vomitei na rua. Ou a gente faz uma revolução de verdade ou seremos eternamente cozinhados pela corja que vai fazer de tudo para não largar o osso)

    ResponderExcluir
  8. Se alguém quer que algo mude, seguramente não são os políticos - é o povo. O mesmo povo que agora assiste mudo a toda essa palhaçada em torno da piada que é realizar um plebiscito sobre esse assunto, e nessas condições...

    A apatia significa que, apesar da "primavera" (ou "outono"), continuamos no Brasil (ou no mundo real, não importa em que país). E as mudanças, embora não sejam impossíveis, costumam ser lentas.

    Sobre os métodos, que século é hoje? Cortar cabeças? Explodir canalhas? E quem viria depois? Alguém aí se candidata a liderar o Brasil? E caso sim, por que não se candidata literalmente?

    Embora ninguém queira acreditar, já inventaram uma coisa mais eficaz e menos sangrenta do que a guilhotina: chama-se lei. O Congresso não andou fazendo tantas coisas impensáveis esses dias? Por que eles não seriam capazes de produzir uma reforma política sob pressão? Sinceramente, acho que uma reforma política feita assim, por pior que fosse, ainda seria menos desastrosa do que um plebiscito como esse que querem empurrar Brasil abaixo dentro de 3 meses.

    A propósito, a turma da Ficha Limpa está tentando correr por fora, mas com um projeto que infelizmente não tem o mesmo carisma do anterior (ou talvez o assunto reforma política seja simplesmente árido demais). Vale a pena assinar, mesmo que seja apenas para garantir a entrada desse projeto no Congresso: http://eleicoeslimpas.org.br/.

    ResponderExcluir
  9. Esse plebiscito é só uma manobra para mostrar que o governo esta tentando fazer algo frente as manifestações do povo. Não vai adiantar nada. É só um gasto desnecessário. O ideal era juntar todas as pautas de mudança na política brasileira, nada de só algumas como a presidenta propôs e após fazer um referendo perguntando uma única questão a população: sim ou não. Aí eu queria ver se o sistema político não iria progredir. Mas esse é o problema, é o ideal, aqui isso não existe, ainda...

    ResponderExcluir
  10. A gente ri daquelas republiquetas e/ou ditaduras africanas e asiáticas onde o bam-bam-bam do país se acha no direito de fazer o que quiser. O que dói é saber que aqui no nosso Brasilzão nós temos mas de um bam-bm-bam que faz as mesmas coisas.

    ResponderExcluir
  11. Anastasia Beaverhausen6 de julho de 2013 13:58

    Véi, na boa. A gente vive falando em voto consciente, mas a verdade é que só o povo de Alagoas pode nos livrar do Renan e só o povo do Rio Grande do Norte pode nos livrar do Henrique Alves. Sou paulista, e é obrigação minha e dos meus conterrâneos livrar o Brasil dos Tiriricas, Malufs, Enéases e Agnaldos.

    ResponderExcluir