quinta-feira, 11 de julho de 2013

O AMANTE DO MEU MARIDO


Enquanto aqui no Brasil continuamos esperando por um beijo gay na televisão como se fosse a chegada do messias, lá nas Filipinas acaba de estrear uma novela com o título deste post. Sim, as Filipinas: aquele arquipélago nos cafundós da Ásia que teve o azar de ser colonizado pelos espanhóis e depois pelos americanos, resultando numa espécie de México do Oriente. Apesar de católico e conservador (ou talvez por isto mesmo), o país já deu ao mundo um ícone camp como Imelda Marcos e volta e meia produz filmes de temática homossexual (seu candidato ao Oscar de língua estrangeira do ano passado, "Bwakwaw", é sobre uma bicha da terceira idade). Mas será que o público de lá está pronto para ver tantos bofes se pegando em pleno horário nobre? Por aqui também podemos ver, e a qualquer horário. Quem entender tagalog, o idioma local recheado de expressões em inglês, encontra todos os capítulos de "My Husband's Lover" no YouTube (o de estreia está aqui).

10 comentários:

  1. Olha a qualidade dos boys Filipinos!! Ahazoux!!

    ResponderExcluir
  2. Fui às Filipinas em 2009. Quezon tem bophes phiníssimos e uma noite super agitada! Vale a pena!

    ResponderExcluir
  3. Você esculacha os espanhóis, mas não se esqueça de que eles estão na vanguarda de filmes ousados e casamento gay. Aliás, nesse quesito, sairam juntos com os nossos portugueses e bem antes das jóias do circuito Elizabeth Arden.

    ResponderExcluir
  4. O fato de ser lá nos confins do mundo, só prova que o amor é universal. Não vale a pena ignorar a temática gay. Ela é demais evidente. Saibam todos respeitar os sentimentos de cada um, mas esse caminho ainda vai ser longo na maioria dos países que reprime socialmente essa condição.

    ResponderExcluir
  5. Já fui as Filipinas várias vezes, Tony. Sobre a questão da homossexualidade, a sociedade de lá está anos luz mais acostumada que a brasileira.

    ResponderExcluir
  6. Acho que gostei desses filipinos?

    ResponderExcluir
  7. As Filipinas também já deram ao mundo uma das melhores vozes da atualidade, Charice Pempengco, que saiu do armário esses dias.

    ResponderExcluir
  8. DirtyMouth and Co.13 de julho de 2013 13:32

    Novela gay das Filipinas, tô fora!

    ResponderExcluir
  9. Eu não espero ver beijo gay em novela há muito tempo,nunca esperei aliás,na minha opinião os personagens gays de novela são simples alegorias que até agora não disseram ao que vieram,eles servem apenas pra delimitar um território e angariar a audiência gay.Não houve ainda uma abordagem mais séria (e esse casal de agora com essa idéia de gerar um filho? tudo bem,mas na minha opinião tá forçado e as cenas são sempre falando disso,e os dois atores estão na caricatura,o Thiago Fragoso parece que tá fazendo uma daquelas bichas do Zorra Total uó!)tem o personagem do Mateus Solano,mas é o vilão e não sei se o Walcyr Carrasco vai levar o personagem mais além desse enfoque.
    ANDRÉ L.

    ResponderExcluir
  10. Antonio Sampaio Doria16 de julho de 2013 14:44

    A se julgar pelo filme O Desabrochar de Máximo Oliveros (lindo!), lá a homossexualidade é muito mais comum e aceita, desde a primeira infância...

    ResponderExcluir