sexta-feira, 12 de julho de 2013

MULHERES ENCARCERADAS

Uma das partes mais bacanas da minha nova carreira como roteirista é que nós TEMOS que assistir a tudo quanto é série. Obrigação profissional: precisamos analisar o arco da história, identificar beats e plots, descobrir o que é tendênnncia. E hoje nada tende mais do que o Netflix, que disponibiliza temporadas completas de produções próprias para os assinantes. A mais recente é "Orange is the New Black", comédia dramática de Jenji Koohan - a mesma criadora de "Weeds". Aliás, a premissa toda parece um desdobramento da sétima temporada daquele programa, quando Nancy vai para a cadeia e arranja uma namorada atrás das grades. Aqui a protagonista é uma patricinha que namorou uma traficante e, um belo dia, levou uma mala cheia de dinheiro para a Europa. Por causa disto ela é condenada a 15 meses de prisão (o caso é baseado numa história real). O primeiro episódio mostra o primeiro dia da moça na penitenciária, que, perto das similares brasileiras, está mais para um hotel-fazenda. Tem momentos bem barra pesada e até nós na garganta, mas o humor é tão que negro que... me prendeu.

5 comentários:

  1. Tony, sei que você é pra lá de antenado, mas já conhece a série da BBC America chamada "Orphan Black"? Vale no mínimo pela atuação da atriz Tatiana Maslany que já começou a abocanhar os prêmios da TV estadudinense, ela é uma força da natureza, eu curti muito! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não conheço. Vou procurar.

      Excluir
    2. The Fall,com a Gillian Anderson, tbm é muito boa, são 5 episódios a 1a temporada que acabou de ir ao ar. Se passa em Belfast e é sobre um serial killer.

      Excluir
  2. O laranja seria do macacão da cadeia?! Justifica o título, criativo.

    ResponderExcluir