quarta-feira, 24 de julho de 2013

DON'T MAKE ME CLOSE ONE MORE DOOR

Taí em cima o épico episódio de ontem de "A Liga", que reuniu nossa querida Tchaka Drag Queen (née Válder) com o pastor evangélico "ex-gay" Róbson e rendeu alguns dos melhores momentos do ano da TV brasileira (também rendeu minha coluna de hoje no F5). O ponto alto, sem dúvida, foi quando o homem de Deus parou tuuudo ao lado de sua filha naquela que já é a versão definitiva de "I Have Nothing", o baladão arrasa-quarteirão lançado por Whitney Houston na trilha de "O Guarda-Costas". Amigos DJs, vocês estão intimados a produzir remixes fervidésimos deste novo hino anti-cura gay, para a gente dançar nos louvores e agradecer ao Senhor pela coragem de sermos quem somos. Aleluia, irmãos.

22 comentários:

  1. Vera Verão em Cristo.

    ResponderExcluir
  2. Essa coca é Fanta! Fanta em Cristo! HAHAHAHAH

    ResponderExcluir
  3. Como eu gostaria de ficar frente a frente com essa figura e fazer uma singela pergunta: Se Deus "curou" o seu desejo sexual, porque não aproveitou e "curou" também os seus treijeitos e a sua voz afeminada?

    Já que é pra fazer o "milagre", que seja completo né...

    ResponderExcluir
  4. Acabei de ler sua coluna no F5: "O programa desta terça mostrou que ex-gay pode até existir, mas ex-pintosa? Jamais!" Pataplóti! Morri mil vezes kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Não existe ex-gay, existe gay que reprime a sua sexualidade. Vários fazem isso, alguns fizeram por muito tempo e depois cansaram de lutar contra a própria essência, pois é muito triste viver uma mentira só para ser aceito ou tentar se aceitar melhor. Para ser feliz é preciso se aceitar do jeito que você é. O único mal de ser homossexual é ter que lidar com a intolerância, a discriminação e a ignorância das pessoas que não são diferentes de nós e usam de tudo, até Deus, para justificar o próprio preconceito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Share my life
      Take me for what I am
      Cause I'll never change

      Excluir
  6. Ex-Vera Verão! hahahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ex-Sylvester! snifsnifsnif

      Excluir
  7. O pastor arrasa! ALOKA!

    ResponderExcluir
  8. O mio babbino caro
    Adoro a Márcia Pantera...

    ResponderExcluir
  9. Aiiin beeisha, modelitos? what, nem eu que sou passivona digo isso

    ResponderExcluir
  10. Nossa, esse pastor casado e pai de duas filhas lindas é mais pintosa que muita mona da buati! Como "lhe dar"? Aceita bee. Aceita que doí menos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Senti tanta vergonha alheia que não assistir a última parte.

    O pastor é esperto, malandro, ganhou fácil. Logo no ínicio, no culto, eu já tive impressão que levaria uma boa. Gritos, seguidos de voz baixa, palavras que todos queremos ouvir(seus problemas - quem nunca? - desaparecerão, é só crer blá, blá, blá), isso bastou para a drag ir às lagrimas:" O culto dele é mto bomzzzzzzz". A lavagem cerebral que ele faz é magnifica, isso sim. E o que foi aquele rapaz alterando a voz e falando pra mãe do Valder que está enfiando uma faça emHAHAHAHAHA SOCORRRRRRRR

    Não gostei do programa. Só reforçou o esteriótipo de gay-festeiro. Se continuar nesse maniqueísmo entre extremos dificilmente voltará a ser tão bom quanto antes.

    ResponderExcluir
  12. O que? Alguém acredita realmente que esse pastor deixou de ser gay? Ele pode, no máximo, ter deixado de transar com homem, o que D.U.V.I.D.O, mas cada desmunhecada com seus problemas. Tenho muita dó. O representante da classe não ajudou muito tb.

    ResponderExcluir
  13. Que cura gay não existe, isso é verdade.

    Mas que tem muito gay precisando de uma cura e, principalmente, de um bom remedinho (o certo, né), tem sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, pelos vistos, ainda não toma o seu.

      Cura amargor, chatice, melhora a cutiz ... etc.

      Excluir
    2. 1 2 3 ...
      Não é cutiz, é Cútis.

      #joaninhafeelings.

      Excluir
  14. Infelizmente! ne joaninha!, assim ficariamos livres da vergonha em te-la por aqui, ne lindinha...

    E por falar em cura/remedio: troque o seu!, pra ti eu recomendaria SIMANKOL de hora em hora!

    ResponderExcluir