quarta-feira, 26 de junho de 2013

O NEGÓCIO DA CURA

Sempre achei que esse esforço da bancada teocrática em promover a "cura gay" não fosse para valer. Essa gente não é completamente tapada: é claro que devem ter advogados e assessores que lhes explicam, a portas fechadas, que o tal do projeto não tem a menor chance de ser aprovado no plenário. Infeliciano, João Campos e similares só fazem o que fazem para dar a impressão a seus eleitores que lutam bravamente contra a ditadura gayzista, e assim garantem a reeleição ano que vem. Mas este excelente artigo de Alexey Dodsworth Magnavita me chamou a atenção apra outro dado. Há toda uma indústria pseudo-científica prometendo a infame cura pronta a se instalar no Brasil, caso ela seja aprovada por um mlagre ao contrário. Uma indústria que está em retrocesso nos Estados Unidos (a organização Exodus, que funcionou por mais de 35 anos, acabou de fechar as portas), mas que encontraria terreno fértil nesse Brasil tão desinformado e mal-formado. Igrejas neopentecostais que já promovem "seminários" que são verdadeiras lavagens cerebrais poderiam dar um lustro psiquiátrico em seus tratamentos, infernizando ainda mais a vida dos jovens infelizes que a eles são submetidos. Bom, parece que nada disso vai acontecer, ainda mais agora que os evanjas viraram alvo das manifestações. Mas todo cuidado é pouco. Há muito dinheiro a ser feito com essas falsas terapias. E, como diz o velho ditado chinês, dinheiro sempre atrai merda.

52 comentários:

  1. Mas como estamos em época de mudança... Ainda quero ver disso aqui em terras brasileiras também:

    http://br.noticias.yahoo.com/exército-dos-eua-amplia-direitos-militares-gays-224051754.html

    ResponderExcluir
  2. O PSDB, antes tarde do que nunca, rejeitou oficialmente o projeto da cura gay, cujo autor João Campos é pastor filiado à sigla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí um dado que não podemos omitir, o autor do projeto, sr. João Campos é do PSDB. Algumas pessoas "esquecem" de mencionar esse "detalhe".

      Excluir
    2. Direto do Tukanato Rosa27 de junho de 2013 18:31

      No PSDB tb tem gay e não apenas pastor-bastardo, isso não exclusividade do todo-incompetente PT, se um ou outro reaça é peessedebista e daí? Gente do mal tem em todas as esferas, próximo presidente é o gataço Aécio Neves, morram suas petistas pão-com-ovo!!

      Excluir
    3. Coitado dele, vai ser presidente nada. Mas também não estou satisfeito com a Dilma. Nem mesmo se ela continuar com o plano que firmou diante dos militantes LGBTs. Pois administrar o Brasil é muito mais do que isso e o governo precisa mudar de mãos e o tucano não terá forças. Espero que alguém novo e iluminado apareça até lá e vença.

      Excluir
  3. Esse pessoal pentecostal pode ser desequilibrado psíquico e analfabeto, mas tem muito eficientes Departamentos de Marketing e Novos Negócios em cada cabeça de pastor. Se estão falando de algo e insistindo, pode crer que vai render.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou passiva, mas meto bala!
    https://soundcloud.com/popguerrilha/eu-sou-passiva-mas-meto-bala

    ResponderExcluir
  5. Mas isso ainda está em discussão! Temos que ficar de olho:

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/03/comissao-da-aval-para-entidades-religiosas-questionarem-leis-no-stf.html

    ResponderExcluir
  6. Pelo que soube a Exodus não apenas fechou as portas, como seu principal diretor responsável pela "cura" saiu do armário! Ainda pediu desculpas aos milhares de jovens que ele tentou ajudar e apenas causou sofrimento (e agradeceu aos que ele conseguiu curar - ????). Mas disse que, entretanto, porém, todavia, ele era exemplo de que não havia cura ... A instituição religiosa que abrigava o Exodus agora quer criar um "ministério" de Aconselhamento ao Público LGBT, ou coisa assim.

    Notícia (em Inglês):
    http://www.gaystarnews.com/article/worlds-largest-gay-cure-ministry-shuts-down-apologizes200613

    Página de Desculpas da Exodus:
    http://exodusinternational.org/2013/06/exodus-international-to-shut-down/

    Pedido de Desculpas do Ministro que "pediu pra sair"...
    http://exodusinternational.org/2013/06/i-am-sorry/

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de participar de um Superpop com o Feliciano e perguntar na lata dele: "Se existe "cura espiritual" para o homossexualidade porque esse projeto defende que os psicólogos façam o "tratamento"?"

    ResponderExcluir
  8. Sou esquisito primeiro, depois em terceiro lugar sou gay, no segundo sou chato, ao inves de dar tratamento pras bichas, da tratamento pra mim, psico-analista e caro pra quem ta numa linha de fogo entre uma mae desnaturada e uma crise economica familiar, eu mesmo ja dei o cu por 100 reais pra pagar uma sessao, pena que as vezes ela boceja quando conto as minhas historias, uma bicha teenager reclamando da vida.
    Pegando carona em voce, irei citar um proverbio chines ou japones, vi isso num livrinho de seicho no ie, "quem reclama muito, reincarna lesma" nao tenho certeza se e assim, mas deve estar no mesmo contexto, alias eu nao sou obrigado a ter boa memoria, so tenho obrigacao de tomar meu querido lexotan, conhece? a marilyn monroe concerteza conhece, so que ela tomava cinq ja eu deux!

    ResponderExcluir
  9. Convenhamos: há pessoas, e não é pouca gente, que gostaria de deixar de ser gay; assim como há muitos héteros que gostariam de ser capazes de resistir aos impulsos sexuais para chegarem virgens ao casamento. O que ocorre é que esse não é um problema médico ou psicológico, é um problema, digamos, 'espiritual'. Então, se alguém deseja refrear seus impulsos sexuais, sejam lá quais forem, deve procurar a ajuda de um clérigo, não de um médico ou psicólogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode procurar um psicólogo para aceitar a si mesmo. Mas a desonesta campanha dos evangélicos quer dar a antender que gays estão simplesmente proibidos de procurar um psicólogo, seja lá para o que for.

      Excluir
  10. Tony, se me permite, acho que seria melhor trocar o termo 'evangélico' por 'fundamentalista'. Primeiro poque não são só evangélicos (olha a Miriam Rios aí), e segundo porque eu conheço muitos evangélicos que pensam com a própria cabeça e não com a cabeça do pastor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Tenho usado "neopentecostais" (porque os demais evangélicos são sussa), ou, mais ao pnto, "fundamentalistas" ou "teocráticos".

      Se bem que de vez em quando um "evanjas" cai muito bem.

      Excluir
  11. Tony, não sou neopentecostal sou parte dos "evanja" sussa como vc mesmo diz, e digo cremos na Bíblia somos milhões no Brasil e bilhões pelo mundo, saiba que o que esta perseguição que vem ocorrendo e que você participa ativamente esta completamente dentro dos planos Bíblicos para o fim das coisas, saiba que você como milhares estão sendo peças fundamentais para que a Igreja cresça mais ainda e o melhor que se cumpra o que esta escrito, veja sua foto escrita 2000 anos atrás

    Antes de tudo saibam que, nos últimos dias, surgirão escarnecedores zombando e seguindo suas próprias paixões.
    2 Pedro 3:3

    Hoje o mundo anticristão que vc faz parte e que inclusive paga seu salário, bate palma para você e suas zombarias, mas saiba disso e pode ter certeza, um dia vc irá lembrar do que leu aqui hoje com desdenho e deboche, e vai ver que ficou no barco furado, no lado errado e já será tarde. Mas Deus que é riquíssimo em misericórdia conceda chances como a de hoje para você.Não gostamos dos manipuladores que temos vistos no meio Evangélicos mas saibam que eles como você, são também personagens, marionetes desse filme que está chegando no fim. Dica converse com Cristo ele poderá te ajudar e está te ouvindo, peça uma prova e vai ver, se for de coração ele vai atender. Tony você pode até nem acreditar mas gosto muito de você, não é porque falei palavras duras que significa que que eu não goste, saiba que Pai e Mãe sempre nos dão bronca e são os seres que mais nos amam. fique com Deus e grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, não foram os gays que começaram a perseguir os evangélicos. Foi justamente o contrário. Agora os mais exaltados entre vocês estão se incomodando com a nossa reação, que é mais humorada do que violenta. Só queremos viver em paz e ter os mesmos direitos que todo mundo, mais nada. Não queremos interferir na religião ou na vida de vocês, e gostaríamos que vocês não quisessem interferir nas nossas.

      Outra coisa: não acredito no seu Deus, então não adianta você tentar me convencer de que ele vai fazer isto ou aquilo. Eu respondo, e daí?

      Mas obrigado por gostar de mim. Quero viver bem com todo mundo, e acho que você também. Abraços.

      Excluir
    2. E onde fica os ensinamentos do Mestre: "Não julgueis para não serdes julgados" quando alguém diz para alguém você "vai ver que ficou no barco furado, no lado errado e já será tarde"? Os ensinamentos bíblicos são para serem usados para quem os estuda e não para apontar o dedo para os outros. Essa hipocrisia religiosa, de pessoas que se julgam melhores que os outros seres humanos, que nada tem a ver com o que Jesus Cristo ensinou é o que afasta as pessoas das Igrejas.

      Excluir
    3. Caro Anônimo 1
      A impressão que eu tenho é que vc fica contente por, como vc mesmo diz, estar do lado certo e ver outras pessoas 'do lado errado'. De um modo muito sutil, vc escarnece de quem não age e pensa como vc.
      Vc ja viu algum gay tentar fazer um fundamentalista virar gay? Aliás, vc já viu algum gay provocar um fundamentalista sem que tenha sido provocado antes? Foi como o nosso amigo Anônimo 2 disse: Não julgueis para não serdes julgados. Nós não julgamos vocês, entao segundo Cristo, nós não seremos julgados, e vcs sim.

      Excluir
    4. Anastasia Beaverhausen28 de junho de 2013 13:26

      Por que o seu deus é o certo e o meu é errado? E por que todos os deuses que existem e têm existido no decorrer da história são falsos e só o seu é verdadeiro? Se vc é um evangélico sussa, fique sussa cara! Não queira me salvar de algo o qual eu não quero ser salva.

      Excluir
    5. Tony, respeito sua posição, e confirmo gosto muito de você, afinal você nada mais faz do que ajudar a igreja crescer sabendo ou não. Digo mais, você jamais verá um evangélico autêntico estourar lâmpada na cara de quem quer que seja, pelo contrário, somos e temos como base ajudar qualquer pessoa, e garanto que se um dia um gay for agredido na minha frente ou ridicularizado como já aconteceu, eu o defenderia. Em nossas igrejas existem vários ex-travestis, e ex-gays que aceitaram de forma bonita e espontânea a proposta do evangelho uns saudáveis outros doentes por HIV e a igreja os acolheu pagando inclusive as onerosas despesas com o tratamento. Tony, concordo plenamente com o que disse, você hoje não tem nada em comum com o Deus que eu professo, apesar de você sabendo ou não estar contribuindo para que a eterna Vontade Dele seja realizada. Bom, finalizando, deixo a Historia de Paulo, que fazia muito mais que você, ele chegou a matar cristãos, perseguia ferozmente a igreja e um dia ele se converteu de uma forma um pouco dura, espalhou o evangelho, e por esse motivo temos hoje a Igreja a mais de 2000 anos passando por séculos e séculos, e tenha certeza que não será a Globo, a Folha ou qualquer outro poder terreno que irá calar a verdadeira Igreja ,ela é sempre triunfante e jamais irá acabar, é até engraçado mas lutar contra a Igreja de Cristo é entrar numa guerra já perdida para os que tentarem, além de frustrante também. Bom, se você permitir, às vezes irei postar algo no seu blog, afinal ele é seu rs. Tony evangélico não é sinônimo de Edir Macedo e Waldemiro é muito mais que isso, somo altamente tolerantes, procuramos fazer o bem a todos, estamos espalhados pelo planeta como Engenheiros, Jornalistas, programamos em Cobol e Java também , Médicos , Faxineiras, avós , coveiros , Pais, Mães, algum parente seu, enfim, temos representantes desde o Seu João ate Sam Walton e os Rockefeller, resumindo ninguém segura a Igreja não por nós, mas pelo próprio Cristo que a conduz. Tony grande abraço fique bem e quem sabe um dia possamos dividir nossas ideias num boteco na Paulista ,claro eu tomando suco de acerola já que não bebo rs , abraços tenha um bom dia.

      Excluir
    6. Anastasia Beaverhausen - O Deus é Hebreu para nós cristãos é único e verdadeiro, o porque ai teria que criar um forum de dias de discussão o que não vem ao caso, quanto a ser salva se vc não quiser fica sussa vc com certeza não será.

      Excluir
    7. Fárlley vc aprendeu bem a lição de não julgar mas me julgou achando que fico feliz sutilmente , decida-se.

      Excluir
    8. Anônimo, eu julguei sim, pois não sou cristão e não acredito que quem não julga não é julgado. E aprendi bem a lição sim, não me envergonho em aprender as coisas cada vez mais, talvez vc pudesse aprender também. Aprender é bom.

      Excluir
    9. Querido anônimo é óbvio que não são os evangélicos que vão literalmente quebrar as lâmpadas na cara de um homossexual. Eles "apenas" incitam e pregam ódio ao que para eles é "errado" e aí os mais exaltados (os de mal com a vida, fundamentalistas e enrustidos) se utilizam da desculpa religiosa dizendo que ao cometer tal atrocidade estarão limpando e dando uma lição moral naqueles que estão "errados". Assim, cortando o "mal" pela raiz, como diz o ditado, as forças que atuam na prática para denegrir os citados se enfraquecerão conseguintemente.

      É como o projeto da cura gay, vários se manifestaram a favor, pois dizem que é escolha do indivíduo e não obrigação de todos buscar a cura. Só que eles se esquecem, aliás muitas vezes de propósito, que nas entre linhas isso deixa explícito que homossexualidade continua a ser uma doença, pois tem reversão e o preconceito ao invés de diminuir poderá até crescer novamente jogando no lixo tudo o que foi lutado para chegarmos até aqui.

      Portanto, SIM, mesmo que eu não busque a cura gay se ela existir, ainda que ineficaz, trará problemas a mim por também ser gay e continuar sendo estigmatizado pela sociedade de uma maneira geral. Será que me fiz entender nas comparações?

      Excluir
  12. O site http://www.exgaywatch.com/ acompanha há anos, todos os desdobramentos da indústria ex-gay nos Estados Unidos. É bem interessante.

    ResponderExcluir
  13. tony, esse post tá antológico, desde o "dei o cú por cem reais pra pagar análise" até "Jesus te ama mas não te aceita".... é pra rir ou pra chorar??? as religiões sempre tiveram esse problema de unir o divino com o carnal, o espírito com a matéria. e sobra também para os heteros, ninguém que se engane, que são cobrados para só terem sexo ou por amor ou só pra procriar mesmo.
    como já escrevi por aqui esse pessoal tá querendo é manter a ordem de mentirinha, esse grupos são interessantes mesmo a gays enrustidos que querer viver sob uma "luz divina" que eles mesmo inventam; enquanto isso continuam na pegação homossexual, pq é isso que eles são. é só vc ir a qualquer igreja, templo, culto, seita, que lá vc vai encontrar váriossssssss gays casados FINGINDO heterossexualidade. como diria o google answer: fonte.. só não vê quem é cego( e surdo pq até a voz denuncia).

    ResponderExcluir
  14. Caro Anônimo (vc poderia dizer seu nome pra que a gente ficasso mais próximo, que tal?)
    Eu mesmo já expus aqui a ideia de evangélico não é tudo areia do mesmo saco. O problema é o fundamentalismo, seja islâmico, judaico ou cristão.
    Além do mais, vc nao esclareceu a respeito das dúvidas colocas nesse post: Vc ja viu algum gay tentar fazer um fundamentalista virar gay? Aliás, vc já viu algum gay provocar um fundamentalista sem que tenha sido provocado antes? Por que o seu deus é o certo e o meu é errado? E por que todos os deuses que existem e têm existido no decorrer da história são falsos e só o seu é verdadeiro? Os deuses hindus, budistas e xintoístas são anteriores a Cristo, e ainda são adorados. Além do mais, onde fica o 'não julgueis para não serdes julgados'? Por fim, tenha a certeza que aqui ninguém zomba ou ataca Cristo, nossa luta é contra o fundamentalismo.

    ResponderExcluir
  15. Anastasia Beaverhausen28 de junho de 2013 14:31

    Querido, ninguém quer derrubar a sua igreja, e se de alguma maneira ajudamos vcs, ótimo pra vocês. Só queremos viver a nossa vida assim como vcs querem viver a de vocês. Onde está o mau nisso?

    ResponderExcluir
  16. Anastasia vou deixar minha posição referente ao assunto, vamos lá mas é minha opinião pessoal e intransferível, não posso dizer que outros pensem igual.

    *Eu não aceito homossexualismo na igreja, tipo eu aceitaria um homossexual frequentar um culto, mas não o ato homossexual dentro da mesma, como agarração beijos assim como esse tipo de comportamento até com héteros na igreja desaprovo.

    *Assim como acho demais héteros cruzando numa esquina ou metro a mesma coisa para casais gays, pegação exageros gays / heteros não são bem vindos.

    *Jamais aceitar um casal gay casar dentro de uma igreja ou ser abençoado qqr união homossexual por qualquer igreja evangélica.

    *Sou a favor que uniões gays sejam reconhecidas de forma judicial, nunca religiosamente (por evangélicos).

    * Respeitar homossexuais sem agreções e gozações a favor.

    *Sou Contra adoção de crianças por gays profundamente contra isso jamais aceitaria e brigaria politicamente para não acontecer.

    Acredito que a maioria dos evangélicos e católicos pensam igual, o que não afetaria em nada vcs, pois vcs não fazem questão de casar em igreja correto?, tampouco terem a benção de um pastor ou padre, se chegássemos nesses pontos ficaria bom para voces ? Tipo e para pregar livremente nas igrejas que a união gay não esta endossada pelo Cristianismo, acredito que se ambos os lados aceitarem esses termos a coisa vira o que vc acha ?


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anastasia Beaverhausen28 de junho de 2013 16:56

      Ah, agora vc foi bem mais claro. Tirando sua posição sobre a adoção (que é outro assunto que dá pano pra manga) entendo tudo o que vc diz. Particularmente acho casar em igreja uma papagaiada, e não entendo porque gays querem ter a bênção de uma instituição que os condena. Apenas não concordo com o fato de, no seu primeiro post, vc ter tripudiado em cima dos gays usando termos nada cristãos como 'paga seu salário', 'bate palma para você e suas zombarias', 'vai ver que ficou no barco furado', 'lutar contra a Igreja de Cristo'... por que tanto ódio nesse coraçãozinho, querido?

      Excluir
    2. Anônimo, agora que você expôs suas opiniões específicas, ficou mais fácil esclarecer alguns pontos.

      Nenhum movimento sério pelos direitos iguais para gays e lésbicas prega qualquer tipo de ato homossexual dentro de igrejas ou templos. Ninguém quer se beijar, se agarrar ou fazer qualquer coisa dentro de uma igreja de uma religião que não aceita os homossexuais.

      Houve casos isolados de casais gays que se beijaram dentro de igrejas evangélicas como forma de provocação. Eu condeno esses atos, porque não levam a nada: só servem para hostilizar uma fatia da população que não nos vê com bons olhos e para dar argumentos aos pastores para nos atacarem.

      Não sei o que você anda ouvindo do seu pastor, mas não existe NENHUM movimento sério e organizado para obrigar as igrejas - qualquer igreja - a aceitar que gays se esfreguem dentro de seus recintos. Quem disser isto está mentindo.

      Também não exitse movimento algum para obrigar as igrejas a casarem casais do mesmo sexo. Quem disser isto está mentindo. O que o movimento LGBT quer é o casamento CIVIL igualitário, com os mesmos direitos e deveres dos casais héteros. Queremos poder declarar IR juntos, por exemplo, e ter direito aos mesmos descontos que héteros têm. Queremos poder visitar nossos maridos no hospital - coisa que alguns hospitais barram quando o casal não é casado no papel.

      A união civil não garante os mesmos direitos. Por isto queremos o casamento IGUALITÁRIO. Porém, frisemos mais uma vez, CIVIL, e apenas CIVIL. Governo nenhum pode obrigar qualquer religião a casar gays. Algumas já casam: os luteranos da Dinamarca, por exemplo, ou os episcopais dos EUA. Mas isto foi uma decisão interna dessas igrejas. Governo não se mete nessas coisas.

      Não existe nenhum tipo de perseguição dos gays contra os evangélicos. Ninguém quer proibir ou converter os evangélicos. É bom lembrar que foram os neopentecostais que omeçaram a nos agredir, nos chamando de "podres" e coisas do gênero. Os gays só reagiram, e muitas vezes na base da gozação. O projeto da "cura gay", por exemplo, merece todo o escárnio possível, e vou continuar zoando de quem o propuser. É um acinte contra toda a humanidade, não só os gays. E que aguentem a gozação: afinal, estamos numa democracia!

      Quanto à adoção por casias gays, este é um assunto sério e longo. Você provavelmente nunca conviveu com um casal gay com filho. Eu já, e com vários, e posso dizer com seguraança: não há maiores diferenças quanto a um casal hétero quando existe AMOR.

      Aliás, o AMOR é a única condição indispensável para ser criar um filho, não papai e mamãe em casa. Quanta gente que foi criada por papai e mamãe, e mesmo assim saiu toda "errada"?

      Por outro lado, quanta gente não foi criada por um pai só - viúvo, separado, solteiro, whatever - e não se tornou um ser humano bacana? Se pai e mãe fossem obrigatórios, terísamos que afastar as crianças das mães viúvas e entregá-las para a adoção de um casal hétero, por exemplo.

      Eu ajudei meu marido a criar a filha dele, do primeiro casamento com uma mulher. Hoje ela tem 32 anos, é feliz, bem ajustada (e hétero, mas isto é só um detalhe casual) e nos ama. Ninguém pode dizer que não fizemos um bom trabalho.

      Eu e meu marido estamos juntos há 22 anos. Isto é amor, isto é uma vida em comum, isto vale mais do que muitos casais héteros que se casam e se separam logo. Queremos ter os mesmos direitos que eles. Afinal, pagamos os mesmos impostos - até mais, porque não temos desconto em muita coisa.

      Pense nisto. Você parece ter uma cabeça aberta, e vai se surpreender como ainda cabe coisa nela. E coisa boa.

      Abraços sinceros

      Tony

      Excluir
    3. É isso aí Tony, tem mesmo que explicar ponto por ponto bem certinho, pois se não o povo do contra de maneira "gratuita" não entende ou no mínimo se faz de desentendido.

      Excluir
  17. Tony, queria que você visse e comentasse esse posicionamento da Marina
    https://www.facebook.com/photo.php?v=545592502143394&set=vb.516360588399919&type=2&theater

    ResponderExcluir
  18. acho que esse anônimo aí devia pegar uma máquina do tempo e voltar lá pra década de 50.
    Agora uma coisa que acho extremamente irritante/ridícula/absurda é esse domínio de Deus que algumas pessoas acham que tem, e pior que Deus, e Jesus Cristo(logo Ele que morreu na cruz por não seguir as normas vigentes)é privilégio de hetero, primeiro que aqui ninguém é burro, nem idiota pra não ver em padres, pastores, e afins indícios de homossexualidade, ou seja o negócio já começa lá no púlpito.
    depois vem essa turma achando que todo gay é ateu, não é!!!! há ateus de todas as idades, cores, sexos e tamanhos. eu conheço vários gays religiosos, que rezam muito, e crêem muito mais vêementemente do que essa patotinha de "mensageiros".
    e em relação a adoção de gays ser estranho... é estranho, tão estranho quanto filhos de pais separados, 80% da novas gerações(incluindo aí pais evangélicos), responsabilidade com filho não tem nada a ver com orientação sexual, tem a ver com a cultura( ñ confundir com a de livro, pufavô) e com o bom senso de cada um. e adoção é uma coisa complicadíssima em qualquer esfera. ontem estava lendo que um pai matou o filho de 2 anos NA PORRADA. cretinice no último é achar que sexualidade norteia comparações, seria um homem íntegro igual a um serial-killer?? os dois gostam de mulher...
    sabe qual o problema desse povo? É FALTA DE BONDADE, DE CARIDADE E DE AMOR AO PRÓXIMO=FALTA DE CRISTO.

    ResponderExcluir
  19. a pedido escolhi um apelido será Marcos - UMMM então Tony, não quero ser porta voz dos evangélicos visto que não temos um porta voz humano ou um Papa como no mundo Católico, mas pense comigo e não querendo salvar a pátria, mas quem sabe fazer algo em conjunto pois o próprio Deus não manda odiar os gays mas ama-los como seres humanos que assim o são. Mas porque então, não começarmos um trabalho honesto e sem agressões psicológicas onde vocês que chamamos de mídia secular pudesse expor de forma clara o que querem, eu tenho quase certeza que se isso ocorresse de forma ponderada e bonita acredito que muita coisa mudaria e andaria para vocês, eu tenho quase certeza que um gigante percentual dos 40 milhões de evangélicos e também católicos do pais, seriam a favor da "união civil " veja união visando direitos legais como convenio, herança , enfim todos os direitos que um casal hetero possui, se a proposta fosse mais clara alias bem mais clara eu não tenho dúvidas que isso vocês conseguiriam fácil. Mas o que nós evangélicos vemos são dois mundos estereotipados, de um lado Malafaias e Felicianos “representando” os evangélicos, e do outro representantes gays também estereotipados se apoiando num evento (Parada Gay) onde mais se denigre a imagem dos gays do que ajuda, onde se vê na rua gente nua, bêbada e drogada e digo sinceramente um péssimo marketing para a causa num pais massivamente Cristão. Sendo assim eu não tenho dúvidas que o que esta faltando é apenas o de sempre , comunicação clara do que se quer você não acha? Uma coisa que daria problema e nós não abriremos mão isso eu apoio, é a nossa liberdade de pregar sobre o que a Bíblia fala a respeito do homossexualismo, nada diferente do que pregamos por exemplo a respeito do que a Bíblia fala sobre um tema completamente diferente no caso espiritismo usei como exemplo não aceitamos a prática espirita mas amamos os espiritas(usei como exemplo apenas), mas não vejo nada de mais porque como vocês não acreditam e não ligam para o que pregamos não haveria problema algum e desabono para vocês correto? Quanto a adoção também seria algo complexo pois eu mesmo hoje não concordo, mas isso é pessoal pois a Biblia não cita nada a respeito e como seguimos a Bíblia ( fato imutável), poderíamos pensar no assunto embasados em pesquisas cientificas sérias afinal o país e laico ( lembrando que Laico não significa ateu). Acredito também que hoje nós evangélicos estamos mais nos afastando dos seres humanos homossexuais do que nos aproximando e reconheço que isso não é Cristão, acredito que se baixarmos as armas e demostrarmos mais humanidade de ambos os lados a coisa ficará melhor . Pois s com Malafaia gritando de um lado e Daniela dizendo que quem precisa de Pastor é ovelha, sinceramente o que vejo é uma Jihad que se formará no pais. Lembrando nossas Igrejas acolhem os homossexuais mas continuaremos a não aceitar a prática o que não significa ser inimigos, como eu mesmo disse não aceitamos a prática espirita mas meus melhores amigos até foram dessa religião deu para entender o DNA da coisa?. Bom é por ai, poderíamos pensar em um plano fazer um piloto e ver o que acontece como resultado. Bom é isso agora vou dormir porque trabalho na distante Alphaville e acordo cedo demais, e veja nunca nos confunda por favor com Edir Macedo e Waldomiro o mundo Evangélico é tão gigante que sintetizar evangélicos apenas nestes dois exemplos seria algo extremamente simplista demais, Toni boa noite, fique bem grande abraço e vamos conversando.

    ResponderExcluir
  20. Marcos, tudo o que eu disse agora é o discurso do Jean Wyllys e de ouros líderes LGBT. Sempre falamos em casamento CIVIL. Quem fala que os gays querem forçar as igrejas a casá-los são alguns líderes evangélicos. Então, não acredite em tudo o que você ouve a nosso respeito. Ouça direto das nossas bocas, sem intermediários. Não queremos nada de relgião nenhuma: queremos do ESTADO, que deve ser laico (que não quer dizer ateu, mas tampouco quer dizer crente).

    A Bíblia só prega uma coisa indiscutível: o AMOR. Todo o resto é passível de interpretação, pois a linguagem é figurada. Trechos da Bíblia já foram usados para justificar tudo, do racismo ao preconceito contra canhotos. Você segue tudo ao pé da letra? Não come carne de porco, nem camarão, nem usa roupas de dois tecidos diferentes? Pois é. Deus é amor, mais nada, e o amor é tudo.

    ResponderExcluir
  21. Anastacia ok chegamos a um consenso, nenhum evangélico odeia gay, mas temos nossas crenças que não são as suas, nossas crenças são bem definidas e não mudam mas acredito na amizade apesar de qualquer coisa e diferenças, veja o exemplo nós evangélicos não concordamos com práticas espíritas assim como não concordamos com práticas homossexuais porém isso não me limita a não ter amigos espíritas e gays , gente o mundo é mais que isso ! sem ódio no coração...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anastasia Beaverhausen29 de junho de 2013 10:19

      Certo, Marcos, mas eu não iria querer ter você como amigo. Eu quero a felicidade dos meus amigos e quero amigos que queiram a minha felicidade.

      Excluir
    2. Anastacia para nós Evangelicos e também catolicos que cremos na Biblia os homossexuais serão colocados de fora assim como os espíritas ficarão de fora do reino que ja esta sendo implantando (Olha o Pai Nosso) amamos tanto vocês que queremos vê-los juntos, mas se vcs não querem ninguem é obrigado a aceitar estamos pregando e aigreja continuará a pregar isso ninguem segura, agora se teu preconceito não deixa vc ser amiga de um evangélico fazer o que eu livre de preconceitos nao tenho problema nenhum em sair e me divertir com amigos gays , paciencia

      Excluir
    3. Anastasia Beaverhausen29 de junho de 2013 17:56

      Ou seja: vc me ama se...

      Excluir
    4. Anastasia Beaverhausen30 de junho de 2013 08:30

      Está bem claro que não mudaremos nossa visão. Vc continuará tentando inverter o jogo.
      Há muita coisa boa na bília, e meus dois textos favoritos são esses:
      I Pedro, 4:8 - “o Amor cobre uma multidão de pecados”
      Gálatas 5:23 – "contra o amor não há lei"
      Sei como é importante pra vc ter a última palavra, sendo assim, pode escrever o que quiser aí em baixo, eu não vou responder.

      Excluir
    5. Anastacia eu não ia responder, mas como usou a palavra amor em um contexto tipo assim nada a ver , a palavra amor usada por você não passa nem perto de amor entre pessoas do mesmo sexo, no grego existe 5 tipos de utilizações para a palavra amor segue algumas:
      Eros - amor entre homem e mulher
      Fileo - amor entre pais e filhos
      Agape - amor quando praticamos caridade com os necessitados
      Tanto em I Pedro quanto em GAlatas o autor usa o amor agape ou seja quando amamos as pessoas praticando o bem,é esse tipo de amor descrito ok ? achar que o amor eros cobre multidão de pecados está no mínimo completamente errado, sinto muito.

      Excluir
    6. Coitada das crianças e jovens da próxima geração, que se continuar assim seguindo os "princípios" definidos como cristãos pelo Marcos fará com que os citados se culpem pelo que não deveriam sentir culpa, se martirizem e continuem sendo discriminados. Querido, se o estado fosse laico de fato nada de "boa comunicação" (que você diz inexistir no momento) seria necessária, afinal o estado nação Brasil governaria seguindo princípios humanistas baseados na ciência. E o que fosse de cunho religioso seria importante apenas para quem se define como religioso. Vocês sempre gostam de dizer o "estado não é ateu", sim eu sei disso e por isso mesmo não prego a destruição da religião, apenas desejo que haja separação total e pare essa relação promíscua entre o governo para todos e as religiões para alguns.
      Essa segregação trazida pelas religiões, a mordaça, as manipulações é o que justamente está fazendo com estas percam seus fiéis vide a secularização em massa da Europa e há pouco da América e Oceania. Ser contra uma prática (no caso homossexual) é totalmente permitido, agora ficarem incitando ódio e manipulando o governo que deveria ser para todos é condenável. E é aí que muitos dos evangélicos não entendem quando nós os oprimidos vamos a público reclamar e somos taxados de ditadores, acusando-nos de vitimismo e por aí vai...
      Afinal se o casamento é uma relação aprovada somente entre homem e mulher para as religiões que assim o consideram, portanto, nas igrejas assim deve ser, mas não no âmbito civil; adoção igualmente (esta é regulamentada pelo estado, portanto as religiões não devem interferir).
      E o que vemos na prática? Manifestantes que sem ao menos se basear por princípios próprios são manipulados por líderes a protestar contra algo que não lhes diz respeito.

      Excluir
  22. Toni estou com insônia e pasme esqueci que hoje é sexta e amanhã não trabalho, bom de Bíblia eu entendo o que vc cita são passagens hebraicas , leis do antigo testamento que sempre tinham uma finalidade para o contexto em que foi escrita como no exemplo que você citou era proibido comer carne de porco pois o povo Judeu caminhava no deserto a mais de 40 graus e não precisa falar o resto,concordo que muitos usam passagens Bíblicas a esmo como exemplo prático temos ja igrejas que se dizem cristãs de homossexuais, mas não são igrejas 100% dos evangelicos não os consideram. Mas a Biblia é muito clara e óbvia, sem trechos dúbios mas tenho certeza que vc não irá querer discutir Bíblia comigo , pois como o Pe Fábio Mello disse uma vez os conceitos formados pelas igrejas demoraram anos para se formarem,precisaram de concilio enfim nada é tão simples e outra para se entender o antigo Testamento Hebraico tem que conhecer o Novo Testamento na Linguagem Grega onde muitas leis antigas foram modificadas. Gostaria se possível ler a proposta do deputado Jean e ver o que ela propõe se tiver pode me passar? , eu vou ler e tentar entender, agora como bom sensitivo que sou, uma coisa me é estranha se é somente isso união civil , com a mídia como Globo, e Folha do lado de vocês pois todo dia que abro a Folha tem algo sobre gay, até no meu trabalho o pessoal diz que já não aguenta mais ouvir sobre esse assunto, porque se é somente isso o tema ainda não foi aprovado, Toni não estou duvidando do que vc diz mas eu acho que tem coelho neste mato por isso quero ler a proposta ! se tiver uma me passe que farei questão de ler e Juro que se for só isso irei dentro de minha igreja expor o tema. E assim só para fechar a Bíblia para nós é tudo é a nossa única regra de fé e pratica, espero que o movimento GLBT queira somente direitos do Estado pois da Igreja o movimento mundial LGBT jamais ira conseguir nada, as igrejas citadas por você que realizam casamento gay , elas não são mais consideradas como Igrejas Cristas, bom é isso vou ler a proposta abs boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, você acabou de confirmar o que eu acabei de dizer. Você, como absolutamnte 100% dos judeus e cristãos, também faz uma leitura seletiva da Bíblia. Segue algumas coisas mas não segue outras, porque foram escitas "para outro contexto".

      O fato é que é impossível seguir ao pé da letra tudo o que a Bíblia prega. Um jornalista americano tentou fazer isto por um ano para escrever um livro e quase enloqueuceu, pois tem muita coisa ultrapassada e contraditória no livro.

      No Antigo Testamento, a condenação mais famosa à homossexualidade aparece no Levítico, o mesmo livro que também proíbe carne de porco, crustáceos, roupas com tecidos diferentes e muitas outras coisas que hoje nos soam absurdas. Só que não há um escalonamento entre as proibições, tipo "esta aqui é mais proibida que aquela outra". Nem uma cláusula dizendo que "esta aqui vale para sempre, esta outra só enquanto durar o contexto".

      No Novo Testamento... bom, Jesus não disse absolutamente uma palavra a respeito da homossexualidade. Não há nada em nenhum dos evangelhos, nem mesmo nos apócrifos (aqueles que não foram incluidos na Bíbila "oficial" pela Igreja romana, como os de Tomé ou de Maria Madalena - recomendo a leitura, são interessantíssimos).

      Quem condena a homossexualidade é São Paulo, o grande "marqueteiro" do cristianismo. Nascido judeu de família rica e cidadão romano, ele tinha um pé em cada cultura, e soube "traduzir" os ensinamentos de Jesus para converter os gentios. Aboliu a circuncisão, que era sagradíssima para os judeus, pois sabia que adultos romanos não topariam se submeter a ela para aderir à nova religião. E não condenou a escravidão, muito pelo contrário - chegou a endossá-la. Ou seja, também escrevia dentro de um contexto bem específico, de dois mil anos atrás.

      O que eu quero dizer é que é sempre possível encontrar justificativa num texto sagrado (não só na Bíblia, como no Alcorão e em outros também) para praticamente qualquer coisa. Guerra, opressão, escravidão, tudo pode ser endossado por palavras supostamente divinas. Depende da interpretação.

      E você, quando ataca a homossexualidade mas condena a escravidão, também está interpretando a Bíblia. Não está levando tudo ao pé da letra.

      Não estou querendo abalar a sua fé nem "desconvertê-lo". Só compartilhar um pouco do que eu sei e li.

      É importante abrir os olhos e ler outro "livro", este sim escrito diretamente por Deus, sem intermediários humanos: a natureza. A homossexualidade é frequente em inúmeras espécies de mamíferos e aves. Não tem nada de "anti-natural". Faz parte do "plano divino". Pense nisto.

      Vou procurar as propostas sérias sobre casamento CIVIL entre pessoas do mesmo sexo e mandar para você (não são só do Jean). Em todos os países do mundo onde ele existe (boa parte da Europa Ocidnetal cada vez mais estados americanos) as Igrejas são SEMPRE respeitadas. Fique tranquilo!

      Abraços

      Tony

      Excluir
    2. Ah, e outra coisa: Marcos, se você tiver saco, encare os 18 minutos do vídeo "Não Gosto dos Meninos".

      http://www.youtube.com/watch?v=HHA-WpPSK4s

      São depoimentos de gays, lésbicas e transexuais contando um pouco de suas histórias. De como se descobriram homossexuais (NINGUÉM escolheu ser gay, tire isto da cabeça, não existe), como a família reagiu e como estão hoje.

      O vídeo foi editado de maneira a parecer uma história só. De fato, são trajetórias parecidas (eu estou entre os depoentes - sou o de camisa verde, de abotoar).

      Excluir
    3. E aqui está a íntegra do projeto de lei que propõe o casamento CIVIL igualitário, dos deputados Jean Wyllys e Erika Kokay:

      http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1064244&filename=PL+5120/2013

      É longo e está escrito em "juridiquês". Mas você pode ver que, em nenhum ponto, fala-se em "obrigar" qualquer religião a casar pessoas do mesmo sexo. O projeto não mexe com religião nenhuma: só quer que o ESTADO equipare oas gays os direitos matrimoniais dos héteros. A vida das igrejas não é afetada em nada, nem as de seus fiéis.

      E por favor não acredite quando alguém disser que Jean Wyllys se pronunciou a favor da pedofilia, ou de outras barbaridades. Ele vem sofrendo uma intensa campanha de difamção na internet, e sem provas. Se alguém acusá-lo dessas coisas, peça para ver o vídeo ou ouvir a gravação. Não existem!

      Aqui está o site do deputado Jean Wyllys. Você vai se surpreender com a quantidade de projetos de lei interessantes, que vão muito além dos direitos dos gays:

      http://jeanwyllys.com.br/wp/

      Excluir
  23. Marcos, parabéns! Pra quem chegou com quatro pedras na mão, vc mostrou-se uma pessoa de mente aberta. Quem dera todos os evangélicos tivessem a mesma mente aberta que vc tem.

    ResponderExcluir
  24. Amigos , desculpe hoje eu estar meio atrasado com meus comentários mas Sábado e difícil , tem mercado , limpo meu quarto enfim segue o que escrevi , Toni vou ver o vídeo e ler a proposta sim para poder dar minha opinião segue o que ja tinha escrito:


    Olá Tony, nossa estou resfriado estou de molho hoje, fiquei vendo umas reportagens de ET-s no History até tarde e fiquei meio zuado, chamei alguma pessoas aqui em casa para uma festinha Junina Gospel é claro com quentão sem álcool, mas com direito a uma fogueirinha no fundo do quintal com batata assada e tudo mais (rs). Então Tony falando de Biblia livro que nós evangélicos temos como o tudo o mais precioso , ele é um livro Histórico além de tudo e relata costumes de épocas distintas. Veja a Biblia trata de diversos assuntos dentre eles vou citar 3 apenas já que você comentou sobre a escravidão, vamos lá 3 temas (Espiritual, Politico e Comportamental), assuntos Espirituais são imutáveis assuntos espirituais não podem ser alterados por exemplo, temos como inimigo Lúcifer e seus anjos, se as coisas fossem se modernizando e se contextualizando como alguns dizem chegaríamos nos dias de hoje dizendo (ahh Lúcifer não é tão ruim assim, isso foi na época em que a Bíblia foi escrita você é carola), veja que interessante, para nós Lúcifer e seus anjos são malignos desde sempre, em alguns estudos teológicos surgem algumas questões até sobre a conversão de Lúcifer um dia, mas isso não vem ao caso. Vamos ver assuntos políticos (escravidão) estes assuntos são passiveis de mudança dependendo do contexto e região em que foram escritos, tipo na época de Jesus em Israel existia a monarquia com Reis, dominados claro pelo Império Romano, se fosse assim todo Evangélico só aceitaria apenas a monarquia como regime de governo o que não fazemos, escravidão era uma conduta regional da época mas que foi abolida. Já assuntos comportamentais como o homossexualismo não são mutáveis o que era no passado é ainda hoje, assim como Bíblia por exemplo desaprova o comportamento da glutonaria ou um vício qualquer. O que não vamos abrir mão e tenho certeza que para vocês não fara diferença é a pregação de que a pratica do homossexualismo assim como a glutonaria são praticas não recomendadas pela Bíblia, se sair uma lei proibindo a livre pregação sobre isso, garanto que haverá uma inundação de evangélicos presos e felizes como foi na época do Império Romano com Nero, onde Cristão morriam cantando , e simplesmente a Igreja cresceria mais rápido ainda, Veja a China onde a Igreja é duramente perseguida temos dados oficiais que existe a Igreja Subterrânea na China já com mais de 300 milhões de Cristãos, Existe Igrejas Subterrâneas fortíssimas no Irã , na Rússia enfim a Igreja avança fortemente pelo Planeta, e onde ela é mais perseguida ai que ela cresce mais rápido. E não nos baseamos apenas no Evangelho, a Biblia se completa e para nós as cartas Paulinas são Biblia também, Paulo é um mártir hiper mega para nos Cristãos. Bom é por ai mas como disse estou disposto a ler a proposta dos ativistas LGBT mas eu acho difícil algum ponto onde não tenha alguma tranca referente a livre pregação, como disse direitos legais para união gay apenas , para mim acho tranquilo , eu não ligaria nenhum pouco se vocês gays os tivessem acharia ate justo.

    ResponderExcluir
  25. Bem, o que mais me irrita nessa história toda é essa SEGREGAÇÃO que esse falsos 'enviados de Jesus' querem fazer com os gays... "amamos os gays como seres humanos e só aceitaremos talvez ( se vcs ficarem bem comportadinhos)a união civil"... que esse povo tem de aceitar o que?
    a vida do meu vizinho só me interessa se ele me prejudicar de alguma maneira REAL, tirando isso a vida é dele, se é é crente, kardecista, macumbeiro, coroinha, hetero, gay, bi, ou sei lá o quê. vai me interessar em quê???
    muita gente resolve preencher seu vazio interior nesses templos, como nem isso consegue se dana a querer 'evangelizar' os outros. evangelizar, para que? mais dinheiro? mais dinheiro no banco, pq Deus vai dar dinheiro???
    p.s. tô achando que esse aí tá doido é pra se unir ao time.............welcome home darling!!!

    ResponderExcluir
  26. Tony olá , estou lendo a proposta e tentando entender, não está assim tão juridiques ta simples de entender , odeio a linguagem técnica demais mas não é o caso. Tel alguns pontos que preciso tirar duvidas tão logo eu conseguir elaborar as questões posto para ver o que achamos ...

    ResponderExcluir