quinta-feira, 6 de junho de 2013

ESTATUTO NATIMORTO

Quero só ver se o Estatuto do Nascituro for aprovado pelo Congresso. Será que Dilma Rousseff terá o culhão de vetar essa lei medieval? Ou vai preferir entrar para a história como a presidenta em cujo mandato as mulheres perderam qualquer controle sobre o próprio corpo? Ainda acho que o projeto vai ser abortado - o apelido "bolsa estupro" já pegou, e muita gente está se mobilizando contra mais esse descalabro. Leia aqui um ótimo post da Clara Averbuck, detalhado e contundente. E lembre-se que essa briga é sua, mesmo se você for gay e não tiver a menor chance de engravidar. Os fundamentalistas religiosos na verdade lutam pela plena restauração da sociedade patriarcal, onde mulher não apita e homossexual é enforcado.

10 comentários:

  1. Se a Dilma PENSAR em sancionar essa aberração, ela perde de vez todo o respeito que tenho/tinha por ela. Essa covardia da governabilidade tem que ter limite.

    ResponderExcluir
  2. Acho que ela não seria tão otária a esse tempo. Mas vai saber...

    ResponderExcluir
  3. Esse Estatuto é de uma imbecilidade tremenda. Como alguém, de posse de suas faculdades mentais, é a favor disso? Tive uma prima que teve um filho anencéfalo e, por causa da religião, não abortou, mas a criança, claro, não sobreviveu. Qual o problema de se interromper uma gravidez que você sabe que a criança não irá vingar? Isso é só apenas um dos casos... Foda-se a mãe e foda-se o bom senso!

    ResponderExcluir
  4. ah, então pra esse povo que ganha bolsa família, auxílio detenção, minha casa minha vida, que já estão aposentados com 30 anos de vida, se quiserem aumentar a renda é só engravidar novamente, simular um estupro e vão ganhar mais um salário mínimo por 18 anos?

    ResponderExcluir
  5. Coisa de PAISECO mesmo, governado por PILANTRAS E BANDIDOS E ESPERTALHÕES E FANÁTICOS RELIGIOSOS QUE QUEREM SUBIR AO PODER E POR UMA TERRORISTA!!!! Fundo do abismo mesmo e sem fundo!!!

    ResponderExcluir
  6. QUESTÃO DE ORDEM: O ESTATUTO DO NASCITURO ALTERA O ARTIGO 128 DO CÓDIGO PENAL (pelas informações que observei a resposta é NÃO, se você é a favor do aborto é importante não sair por aí dizendo coisas que não são verdadeiras):

    Art. 128 - Não se pune o aborto praticado por médico: (Vide ADPF 54)
    Aborto necessário
    I - se não há outro meio de salvar a vida da gestante;
    Aborto no caso de gravidez resultante de estupro
    II - se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal.

    ResponderExcluir
  7. Já chega dessa ladainha. O aborto é um direito das mulheres. Chega ser um absurdo qualquer pessoa sensata em pleno século XXI ser contra a prática e querer impor sua visão para todos e fazer o estado brasileiro atender esse pedido. O aborto deve ser descriminalizado não apenas nas situações em que atualmente é, mas sim também pela própria vontade da mulher de maneira acompanhada pelo sistema de saúde como acontece em quase todos os países do hemisfério norte. Ninguém, nem mesmo quem diz "defender a vida", tem o direito de impor a essas mulheres a obrigação de parir.

    Óbvio que o estado precisa investir mais em prevenção e usar a prática abortiva como medida não corriqueira, ou seja, não incentivar. Porém é preciso dar esta opção às futuras mães desgostosas com a ideia de assim serem.

    ResponderExcluir
  8. A lei dos homens julga crimes, e não pecados. Se o sujeito (ou sujeita) cometer um pecado, ela/ela vai acertar as contas com Deus. Chega de tutela! Por que vc quer impor a mim a SUA crença?

    ResponderExcluir
  9. Eu morro de vergonha de ter tido aula com um professor conceptualista. Pra quem a vida começa na concepção e portanto deve ser protegida.
    Se ele engravidasse...

    ResponderExcluir