sábado, 25 de maio de 2013

LIÇÃO DE CASA

Existe um sub-gênero do cinema que segue um paradigma bem claro: o filme de professor. Num colégio onde os alunos estão com algum problema, eis que surge um "outsider" para dar aulas para a molecada. Ele subverte as regras vigentes e entra em alguns atritos, mas logo todo mundo está apaixonado pelo cara - que, infelizmente, terá que ir embora... "O que Traz Boas Novas" se encaixa nesse figurino, mas com nuances próprias que justificam a ida ao cinema. O título em português é o siginificado do nome do personagem principal, Bashir, um argelino que substitui uma professora suicida numa escola canadese. O filme foi indicado ao Oscar de obra em língua estrangeira no ano passado e está mais para "Sociedade dos Poetas Mortos" do que "Entre os Muros da Escola". Não faz propriamente uma crítica ao sistema educacional; está mais preocupado com o drama humano. O mais impressionante é o elenco infantil, capaz de cenas fortes que deixariam os atores-mirins de "Carrossel" de recuperação para sempre. Bom programa para quem gosta de pensar e chorar.

5 comentários:

  1. Assisti nos anos 80 um filme na Sessão da Tarde um filme com esta temática, a História da professora Marva Coolins não sei se o título é este, mas a temática do filme é assim, uma professora que chega em uma escola barra pesada mesmo, alunos praticamente sem futuro,sem recuperação, alunos marginais mesmo!!! Mas o final é lindo, ela consegue resgatar os alunos que não teriam futuro algum, prosperam e se tornam profissionais de peso nos EUA. A História é real e verídica!

    ResponderExcluir
  2. A unica coisa que me decepcionou neste filme foi seu titulo traduzido para o português! Havia assistido a Monsieur Lazhar quando foi indicado ao Oscar. O filme, alem de ter demorado tanto tempo para chegar aos nossos cinemas ainda carrega um titulo nada sugestivo...

    ResponderExcluir
  3. ♪ ♫ to siiiir with looove ♪ ♫

    ResponderExcluir
  4. Izildinha Cavalcante de Sá26 de maio de 2013 12:53

    Tenho certeza que vou amar, obrigado pela dica.

    ResponderExcluir