quinta-feira, 9 de maio de 2013

ENFERRUJADO

A história se repete: assisto a um filme de super-herói, acho marromeno e juro que será o último. Passa-se um tempo e outro filme de super-herói é lançado com fanfarra. As críticas são boas: dizem que "reinventa o gênero", "quebra as regras", "dá um sopro de vida à franquia", e lá vai o idiota aqui para o cinema. Aí acho marromeno e juro que será o último etc. Esse padrão se repetiu ontem, quando fui ver "Homem de Ferro 3". É divertido, tem tiradas inteligentes, e qualquer coisa com Robert Downey Jr. imediatamente se destaca do resto da manada. Mas nenhum clichê ficou de fora: do vilão ridículo que quer conquistar/destruir o mundo à "épica" batalha final, cujo resultado não temos nem ideia do que possa ser, SQN. Nem os efeitos são mais de cair o queixo: tenho a impressão de que já vimos tudo, menos um gato parir a si mesmo. Assisti numa sala 4dX, com poltrona chacoalhando e vento e água sendo jogados na minha cara: legal, parece que estamos num parque de diversões. Agora preciso ver um Bergman, que é para o cérebro não atrofiar.

11 comentários:

  1. Entendo completamente a sua frustração. Porém, sou um nerd for natureza que cresceu colecionando gibis. Asterix, Tintin e toda geração Marvel e DC. Tão aficionado que além de ler, participo de discussões :) ou canais do youtube como este aqui, o meu predileto, The Comic Girl 19 Show. Saudações da enrolada Estocolmo.

    ResponderExcluir
  2. Pra mim a melhor adaptação de HQ é a trilogia X-Men e X-Men A Origem.

    ResponderExcluir
  3. "screenplay in a box"
    Heroi aparece
    vilao aparece
    heroi e vilao lutam, heroi vence
    vilao jura vingança
    enrolation
    heroi e vilao lutam de novo, vilao vence
    dispositivo qualquer do roteiro
    heroi dá a volta por cima
    filme acaba
    créditos
    cena escondida deixando gancho pra continuação

    Hollywood dos anos 10.

    ResponderExcluir
  4. No tempo que você passou dentro dessa sala, sendo chacoalhado, espirrado e ventilado, você conseguiu desligar o cérebro e se divertir???? Relaxa, cinema é pra ativar o pensamento, mas também para desligá-lo, justamente a finalidade desses filmes (além da óbvia que é fazer rios de dinheiro), que esquecemos assim que saímos das salas. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, me diverti. Mas me diverti muito mais quando fui espirrado e ventilado durante "As Aventuras de Pi", que faz pensar um tiquinho.

      Eu desligo o meu cérebro pensando...

      Excluir
    2. *Pá* rsrsrs

      Excluir
  5. Sei, em julho você volta para o novo Superman, é um vício, eu vivo o mesmo dilema!

    ResponderExcluir
  6. queridinho, quando tu gostar de um filme vão fazer uma estátua, só não sei se em tua homenagem ou do filme! bhlá!

    ResponderExcluir
  7. hoje em dia filme de ação só me pega se tiver macho bão seminu.. por isso que só vejo os que tenham Jason Sthatan!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Tony;* esse filme saiu completamente dos padrões das HQ'S por isso foi tão criticado! onde o vilão clássico Mandarim não passa de uma grande farsa! e um louco maniaco rouba a cena, sendo ele o grande vilão, até então desconhecido por mim e muitos outros fãs :/

    ResponderExcluir
  9. depois q toinho virou roteirista de roliúde, nenhum filme presta, a nao ser o dele, né? just kidding, pls. E agradecendo a contribuição do eminente blogueiro sobre a ilustração do tema, tb acho que este filme nem inflói nem contribói. ainda bem q paguei só a metade.

    ResponderExcluir