quarta-feira, 17 de abril de 2013

VIGOR GREGO

Ando pelo centro de Atenas às dez horas da manhã de uma quarta-feira e me espanto: por que tão pouca gente na rua? Qualquer outra cidade estaria fervilhando a essa hora. Ainda mais desolador é ver tanta loja fechada em pontos supostamente nobres. Some-se a isto o aspecto decrépito de alguns prédios e não resta dúvida. A crise continua. Uma motorista de táxi nos contou que as pessoas já estão se acostumando a ter pouco dinheiro. O curioso é que os preços não baixaram; a Turquia, fora da zona do euro, está muito mais em conta do que a Grécia. Mas uma coisa continua inabalável por aqui, e bem que me avisaram: a beleza dos homens gregos. O nível é altíssimo, e mesmo aqueles que não são translumbrantes têm uma pegabilidade que os torna irresistíveis. Já me apaixonei umas sete vezes desde ontem. Será por causa do iogurte que eles tomam?

8 comentários:

  1. Acho que é por causa desse ligeiro toque oriente médio que alguns têm, com aqueles olhos negros e sobrancelhas espessas, com aqueles cabelos fartos cheios de ondinhas, uma coisa assim mediterrânea.
    O irmão da minha amiga grega, além de se chamar Adonis, era marinheiro, um nariz grego lindo e olhos azuis, pode?

    Fora que ouvi-los falando essa língua tão bonita e melodiosa, é um plus

    ResponderExcluir
  2. Aposto que tem pau pequeno (esse modelo-michê).

    ResponderExcluir
  3. agora ja da pra falar: vcs gostaram mais do kebab turco ou grego?

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    Se sou o Oscar te dou uma pisa eheh.

    ResponderExcluir
  5. Me deu uma vontade de tomar iogurte, não sei por quê...

    ResponderExcluir