domingo, 14 de abril de 2013

JORGE VEM DE LÁ DA CAPADÓCIA

Ele vem, nós vamos. Desembarcamos hoje em Nevşehir, vindos de Istanbul num voo que parte no cômodo horário das sete da manhã (o que significa que você tem que acordar às quatro). A primeira sensação é que chegamos a alguma antiga república soviética: a paisagem é toda em tons de bege e cinza, e modernos blocos de apartamentos populares estão sendo construídos. Cadê a Capadócia dos balõezinhos da novela, onde as pessoas andam fantasiadas? Está logo mais adiante, mas antes o motorista do táxi nos convenceu a fazer uma parada na cidade subterrânea de Kaymaklı. O povo antigo era realmente muito baixinho, porque em vários daqueles túneis eu tive que engatinhar. Depois tocamos para a cidadezinha de Uçhisar, um formigueiro humano. Aqui finalmente parece que entramos nas Mil e Uma Noites, pois há torres (que eles chamam de chaminés) por toda parte, escavadas e habitadas há milênios. Algumas têm vidros nas janelas e bandeiras do Galatasaray. Estamos hospedados num dos hotéis mais sensacionais de toda a minha vida, o Argos in Cappadocia, que na verdade são várias casas espalhadas pelas ruas da aldeia. Parece que alugamos um pied-à-terre na Anatólia. Como é baixa temporada, conseguimos um precinho ótimo no quarto mais simples deles, ainda assim decorado com supremo bom gosto. Há uma mesquita do outro lado da rua que irá nos acordar com o canto do muezzin às cinco da manhã, mas quem se importa? Amanhã temos que acordar cedo mesmo, vamos passear de balão!

(Reparou como todos os nomes turcos estão grafados corretamente, com s com cedilha (som de sh) e i sem pingo (som de ê, meio gutural)? E olha que não estou usando um teclado local. Eu sou terrível.)

7 comentários:

  1. Eu não consigo escrever nem em Português direito quando não estou com meu teclado ABNT II.

    ResponderExcluir
  2. vc é fodão, rapá! eu diria mais: o cara é vc.

    ResponderExcluir
  3. bil quando eu crescer eu quero ser igual a vc!!! kkkk

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    Você é danado.

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante é muita riqueza mesmo esta Turquia. Só não me aventuraria nesta cidade em cavernas é esta? Tô fora.

    ResponderExcluir