segunda-feira, 15 de abril de 2013

JÁ TOMOU DONDURMA?

O nome significa simplesmente "sorvete" em turco, e os sabores não tem nada de exótico: baunilha, chocolate, morango, pistache, limão... Mas a textura é bem diferente. Tão espessa que quase que dá para comer com garfo e faca, e tão puxa-puxa que os vendedores fazem malabarismos para atrair os turistas. O segredo está no mastic, uma resina de árvore também usada naquele outro pilar da culinária turca, o lokum (mais conhecido no resto do mundo como "turkish delight"). Tenho provado tantas coisas novas aqui na Turquia que nem cabem nos posts: do pastirma da Capadócia, um primo do pastrami, ao refresco de rosas que as odaliscas tomavam no harém, às centenas de mezès irresistíveis que nos empanturram antes da chegada do prato principal, ao melado de uvas com que encharco o iogurte. Só não vou voltar mais gordo do que vim porque ando léguas todo dia.

4 comentários:

  1. Minhas memórias de viagens, ainda que ilustradas pelo que vejo, têm na gastronomia local - e na interação com as pessoas do lugar - seu maior conteúdo emocional.

    ResponderExcluir
  2. vim aqui pra comentar o que vc escreveu na folha sobre a nicole bahls. é muito triste o que vc escreveu, e soh mostra o quanto vc é machista. vc faz parte de uma classe privilegiada (homem, branco, heterossexual e boa classe social) e sua opiniao nao me surpreende. me surpreenderia se vc mostrasse compaixao pela vitima (no caso, a nicole).

    se a nicole bahls disse que se sentiu ofendida, entao temos que respeitar o que ela disse. inclusive nas fotos da pra perceber o constrangimento dela ao tentar se defender do agressor. muitas mulheres passam por esse tipo de coisa diariamente. e é claro, nos sempre estamos pedindo pra ser agredidas, na visao do opressor.

    vc soh corrobora o que a sua classe pensa: que mulher é objeto, que podemos brincar, dar uma bolinada, afinal ela estava de roupa curta, entao pediu.

    o senhor esta confundindo o que é ir contra a caretice. agressao, assedio, passada de mao, encoxada, isso nao é ir contra a caretice. vc nao sabe e nunca sabera o que é estar na pele de uma mulher, um negro, um gay e passar pelo que essas pessoas passam.

    e vamos diminuir o sentimento da pessoa agredida. o que a nicole (mulher, objeto, gostosa, roupa curta) pensa (sera que ela pensa?), nao nos interessa, nao é mesmo? ai quanto mimimi,

    meu corpo, minhas regras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heterossexual? Nunca viu saber o que é estar na pele de um gay? Oi?

      Excluir
  3. Nossa que interessante este sorvete exótico, deve ser muito gostoso, e gostoso o cara que está preparando ele rsrsrrs!!!!

    ResponderExcluir