segunda-feira, 15 de abril de 2013

99 LUFTBALLONS

Super fantástico amigo, que bom estar contigo no nosso balão. O piloto não teve dúvidas quando soube que somos brasileiros: tirou o mp3 player do bolso e tocou o clássico da Turma do Balão Mágico, a quase um quilômetro de alutra sobre a Capadócia. Parece que tantos turistas nossos conterrâneos cantaram a musiquinha infernal que o sujeito se deu ao trabalho de baixá-la da internet, só para avivar ainda mais o passeio. Não que precisasse: a experiência toda é sublime, desde o momento em que a van veio nos buscar no hotel às cinco e meia da manhã (e sim, fomos acordados pelo muezzin da mesquita em frente à nossa janela). Daí nos levaram à sede da companhia Royal Baloons, uma das muitas que existem por aqui, onde foi servido um lauto café da manhã e também um pouco de suspense. Havia chovido durante a noite e as condições não eram ideais, será que poderíamos transferir para amanhã? Nem pensar, nosso avião sai cedo. Mas aí o vento mudou e iupiii, lá fomos nós. Eu nunca tinha andado de balão e me borro de medo de altura, mas me senti curiosamente seguro - e isto apesar do horripilante acidente em Luxor, no Egito, ainda estar fresco na memória. A sensação é indescritível, porque não basta a paisagem ser digna de um quadro de Hyeronimous Bosch. De repente pipocam balões por todos os lados, de todas as cores, numa espécie de surrealismo por Walt Disney. Nosso piloto era um ás e tirava finas de cavernas e minaretes; depois subiu bem alto antes de pousarmos num campo recém-arado (nunca se sabe onde um balão vai aterrissar). No solo já nos esperava o pessoal de apoio com champagne e medalhas pela nossa bravura. A brincadeira custou caríssimo - quase o mesmo que as duas noites no hotel - mas valeu a pena. Sou feliz, por isto estou aqui.

4 comentários:

  1. Como só sou leitor da FolhaOnline vou comentar aqui seu texto sobre o 'estupro' da Nicole. PARABÉNS. Não é proibido pensar e sua análise da realidade vai de encontro a esse politicamente correto. Essa hipocrisia geral está cansando e causando pânico na mente dos desavisados. OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  2. Bem vindo ao "mile high club". NÃO PERA.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lindo heim!!! Mas são estáveis? Vi de longe, mas sobem muito alto que aflição, mas a vista deve ser magnífica!!!!

    ResponderExcluir
  4. vou dar uma de pobre e perguntar, quanto custou por pessoa a viagem de balao, pois quero dar uma de presente para a mae?beijos

    ResponderExcluir