domingo, 31 de março de 2013

RETRATO DA NOSSA ÉPOCA

Na mesma semana em que a "Time" lançou sua histórica capa dupla sobre o casamento gay, a "Época São Paulo"- suplemento da revista que circula apenas na capital paulistana - teve uma ideia semelhante para o mesmo tema. Mas o resultado, ainda que bonito esteticamente, ficou com cara de anúncio de motel ou de lingerie. É obviamente uma imagem produzida por homens héteros para agradar a outros homens héteros, sem quase nada a ver com a realidade de um casamento entre pessoas do mesmo sexo. O blog "Faz Caber", que integra o site da revista, explica em detalhes o processo de criação da capa, e, sem querer, ilumina a falta de noção dos envolvidos. Por que chamar duas modelos menores de idade, que não poderiam se beijar em frente às câmeras, se a ideia era reproduzir - ou "sugerir", como defendem os autores - um beijo homossexual? Por que a capa com dois homens foi arquivada? Só porque é "clichê"? A matéria lá dentro até que é bem feitinha e simpática à causa, mas um assunto dessa importância merecia um tratamento visual menos apelativo e mais consequente. Ainda assim, a linha editorial da "Época" continua alguns anos-luz à frente da "Veja".

Quis o destino que este mesmo número da revista trouxesse, na coluna de Bruno Astuto que é veiculada no caderno nacional, a famigerada declaração de Joelma contra os gays. É contra, sim senhora: qualquer pessoa que se diga contrária ao casamento igualitário ou favorável à "cura" da homossexualidade é homofóbica, e, portanto, um inimigo a ser combatido. O Infeliciano deixou claríssimo, na entrevista a Danilo Gentili, que não se considera homofóbico só porque não sai com um cajado na rua para bater nas bibas: infelizmente, uma enorme proporção de brasileiros concorda. Acham que basta não recorrer à violência física para não serem preconceituosos. Um amigo que está trabalhando no roteiro do longa sobre a banda Calypso (com Débora Secco no papel da cantora) me contou que, em pessoa, Joelma é uma fofa e suuuuper amiga da bicharada. Só que não, né? Declarações estúpidas como esta vieram num momento péssimo, quando artistas "de elite" como Fernanda Montenegro ou Wagner Moura se posicionam abertamente em favor da igualdade. Joelma, como toda evangélica que se preza, converteu-se num momento de desespero: ainda estou para conhecer alguém que adotou alguma religião quando estava numa boa, feliz e bem alimentado. Suas palavras demonstram uma ignorância abissal, compreensível para alguém que vem das camadas mais pobres e abandonadas do nosso país, mas imperdoável para uma artista com tantos anos de carreira e forçosa convivência com gays de todos os matizes. Agora já tem neguinho na internet pedindo para "respeitarem a opinião" dessa idiota: desculpa, não vou respeitar alguém que quer que eu me separe do meu marido de 23 anos só porque o ganancioso do pastor mandou. Joelma, com suas roupas de piranha e sua ideologia desmiolada, é o retrato acabado do que o Brasil tem de pior. Precisa ser internada numa clínica para se curar da burrice e do fanatismo. Que Deus a perdoe - eu não consigo.

34 comentários:

  1. Desafio essa cantora e qualquer evangélico a mencionar uma palavra que Jesus tenha dito contra a homossexualidade. ATENÇÃO: eu disse JESUS, e não pastores, padres e nem o padroeiro dos marqueteiros São Paulo, homens imperfeitos e falhos.

    ResponderExcluir
  2. Tony:

    A capa da Època está paracendo anúncio de um filme lesbian chic....rs mas valeu a intenção deles, né?rss

    Agora sobre a Joelma, é triste pensar que uma mulher como ela alicerçou a carreira em cima de muitas pessoas que acreditavam que ela era uma cantora diferente e que acolhesse a todos sem distinção. Não passa de mais uma babaca preconceituosa e ignorante.

    Abraços querido.

    ResponderExcluir
  3. Sem noção essa capa, melhor nem comentar.

    Acho que a estratégia correta contra esses "artistas" de meia tijela é compartilhar ad eternum estas fotos (até que na colocada ela está discreta...) mostrando a INCOERÊNCIA deles.

    Arreganhar a bunda no palco pode, fia? Usar shortinho enfiado no rêgo é permitido pela Bíblia??

    Nunca vi um país com mais artistas incoerentes e hipócritas que o nosso.

    ResponderExcluir
  4. O que eu vejo é um tipo pior de preconceito. Os intolerantes e assumidamente contra você ao menos sabe qual é a deles.
    Pra mim é ainda pior e mais triste aquelas pessoas que se dizem super amigas dos gays, mas morrem pela boca. E essa é a maioria esmagadora. Começa pela menininha simpática que anda com os gays na faculdade, mas arruma um namorado homofóbico, ajuda e ri de piadinhas preconceituosas quando está na roda de amigos do cara. E vai a casos como o da Joelma, o famoso "até tenho amigos que são, maaaas...".
    Esse tipo de preconceito, na minha opinião, será o mais difícil de se combater, dessa galera que disfarça a intolerância, que acha que tem a mente aberta, mas não tem... Decepcionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme, conheço um mooooonte dessas menininhas na minha faculdade. São amigas de gays, andam para cima e para baixo com eles e falam horrores pelas costas. Falo isso por que, como poucos sabem que sou gay, já ouvi essas mesmas menininhas falarem coisas absurdas e extremamente preconceituosas pelas costas dos amigos. Se tem um lado positivo nisso é que você aprende a ver quem saõ as pessoas...

      Excluir
  5. A guerra "santa" está declarada e o lado de lá,os homofóbicos de todos os tipos mais vez usam a armas mais baixas,com esse energúmeno do Infeliciano a frente insuflando todos os evangélicos,cristãos radicais
    enfim toda essa gente que precisa de religião como freio em suas vidas medíocres e que se acham superiores por serem como essa "senhora" serva de Deus.
    Nos temos que continuar vigiando, lutando e apoiando pessoas que tenham uma visão mais totalitaria da situação das minórias,nas redes sociais,nas ruas,em discussões numa mesa de bar,não se calar
    nunca se posicionar sempre contra qualquer tipo de preconceito.

    ResponderExcluir
  6. a capa da Época iguala a causa gay é algum tipo de fetiche sexual que deveria ser permitido em um mundo moderno. Quanto à Joelma, não vejo como alguém pode ser a "maior fofa" com os gays e, ao mesmo tempo, achar que ser gay é doença. É uma hipócrita, fanática, homofóbica, ignorante, piranha recalcada da pior espécie. Já pode começar os protestos contra o lixo de filme dela?

    ResponderExcluir
  7. Tony,

    Não acho que o fato dela ter sido pobre e de uma das regiões mais esquecidas do Brasil(Norte)sejam suficiente para ela ser tão estúpida e ignorante, a Gaby Amarantos tem a mesma trajetória, e curiosamente, é da mesma cidade que esta mulher e possui um discurso totalmente diverso.
    Eu sempre fico preocupado com os nossos argumentos para que esses canalhas não nos apontem como preconceituosos e intolerantes, queiram nos colocar como algozes, enquanto, na verdade, estamos sendo vítimas.

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas veja bem: o fato da pessoa nascer num ambiente sem acesso à informação e à educação não significa que ela vá ficar nas trevas pelo resto da vida. Só disse que é compreensível, e de fato a homofobia aumenta quanto menor a renda e o nível de educação da pessoa.

      Mas também disse que é imperdoável para um artista, e taí a fabulosa Gaby Amarantos mostrando que é possível, sim, superar todas as barreiras.

      Excluir
    2. Tony, você disse que a homofobia aumenta quanto menor a renda e o nível de educação da pessoa.
      Eu posso estar enganada, mas vejo muita homofobia em pessoas que têm faculdade e pós-graduação. Vejo também em pessoas com nível menor de formação acadêmica. A diferença é que os da "elite" sabem que não podem ficar falando disso a torto e a direito, sob pena de serem taxados de reacionários. Mas acabam deixando escapar, às vezes sob a forma de uma "inocente" piada. Não seria?

      um abraço

      Excluir
    3. Sim,e xiste homofobia em toda parte, todas as classes sociais, todos os níveis de educação.

      Mas as pesquisas apontam que ela diminui com alguns fatores: mais jovens, mais educados e de melhor nível sócio-econômico costuam ser mais favoráveis ao casamento igualitário do que outros grupos.

      Excluir
    4. Rafaela, existe homofobia em todas as classes sociais. Mas infelizmente, é um retrato de uma sociedade capitalista, Gays menos favorecidos sofrem muito mais. Eu percebo isso nos ambientes escolares.

      Excluir
  8. esteticamente, ficou com cara de anúncio de motel ou de lingerie.
    Adorei isso!!!!
    Gui

    ResponderExcluir
  9. vixe, como tamo raivosa. Menos, tony, menos. Se é pra apoiar a diversidade, vamos aceitar a dificuldade do outro em entender. Assim como milhoes de mulheres q acham vc lindo, rico, fofo e famoso gostariam q vc fosse diferente e não é; pq n aceitar o MAAASS da outra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A raiva faz parte da vida. Dá e passa, às vezes sozinha. Mas ignroância não passa: precisamos fazer alguma coisa a respeito.

      Excluir
    2. A ignorância se supera; a raiva passa; mas o seu texto fica. muitos devem saber o quanto as palavras podem machucar. só um toque

      Excluir
    3. Anônimo, um dos problemas de nós, brasileiros, é essa atitude nhé-nhé-nhém que tolera tudo e evita ao máximo o confronto.

      Uma hora a gente tem que partir para a luta. Que a Joelma se machuque, e MUITO. O que ela prega é simplesmente a minha infelicidade, e por isto eu a ataco com unhas e dentes.

      Excluir
  10. pena que #queimaJoelma seja um trocadilho pavoroso demais para servir de nome de campanha.

    ResponderExcluir
  11. "...ainda estou para conhecer alguém que adotou alguma religião quando estava numa boa, feliz e bem alimentado." #EPICWIN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sou um caso, pois escolhi uma religião pq queria e quero me melhorar. n pq tinha algo me atormentando. mas vejo muitos casos assim por lá. infelizmente.

      Excluir
  12. Eu acho que a Joelma já está queimando no inferno que ela própria criou.
    O problema desse povo que se diz de "DEUS" é ter inveja da gente que,embora
    sofra todos os preconceitos conhecidos mas, a gente goza.e goza gostoso.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Por que sempre colocam um casal de mulheres em capas de revistas brasileiras com relação ao casamento homoafetinvo? Já é a terceira vez que vejo a situação se repetir. Como sempre aquele preconceito a imagem do homem e ainda mais se estiver com outro homem. Não que não seja legítimo a visibilidade das lésbicas, mas é preciso dar atenção ao todo. Quanto a Joelma, pra mim já passou (nem vejo mais ela na mídia), nunca curti a banda dela e continuo na mesma. E fazer o quê né se ela quis soltar essas besteiras. Infelizmente, mesmo que não fizesse os comparsas fracos de mente dela não deixariam seu preconceito de lado mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! A Veja só colocou, porque é um casal de mulheres. Ou seja, os leitores homens vão adorar ver a foto!

      Se você parar para ver as manifestações do Bolsonaro, elas são dirigidas exclusivamente (praticamente) aos homens. Ou seja, até mesmo os conservadores não veem tantos problemas em relação às mulheres. O problema é homem; o problema é coito anal.

      Excluir
    2. Exato João, se você for ver a lista de todos os países do mundo com relação a legalidade da homossexualidade em cada um deles verá uma enorme hipocrisia advinda do machismo em alguns deles: homossexualidade masculina ilegal, mas a feminina legal, ou penalidade superior aos homens que se relacionam com homens.
      É de dar nojo.

      Excluir
    3. Fotos de beijo entre garotas não tiram o sono de quase ninguém: qualquer pai de família se excita com imagens do gênero e muita gente acredita que lesbianismo é coisa passageira, reversível, uma fase da vida.

      Por outro lado, a maioria dos caras não suporta qualquer insinuação de beijo ou sexo entre gays e ninguém me tira da cabeça que um dos motivos desse asco é pura e simplesmente desejo reprimido. Como se não aguentassem ver outros homens desfrutando daquilo que eles tanto querem, mas insistem em negar a si próprios.

      Excluir
  14. O PIOR ESTÁ POR VIR ATENÇÃO LEIAM ESTA MATÉRIA!!!! MUITO SÉRIO!!!
    Com a autorização do Tony peço que coloque este tema se possível no blog.

    http://blogdozecelso.wordpress.com/2013/03/30/feliciano-e-a-ponta-de-lanca-da-ameaca-de-um-golpe-de-estado/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tenho falado disso há tempos. Os evangélicos querem tomar o estado brasileiro para si mesmos, para basicamente garantirem seus lucros. Todo mundo tem que ficar esperto e parar com essa bobagem de não gostar de política: ou vot certo, ou toma no cu (no mau sentido).

      Excluir
    2. Realmente esse crescimento evangélico na política é preocupante, mas se o Brasil quiser continuar flertando com o primeiro mundo vai ter que mudar muita coisa. Questões como criminalização do aborto e do uso de drogas, união civil entre pessoas do mesmo sexo e pesquisa com células-troco são assuntos que nem se discute mais na maioria dos países desenvolvidos. Vai chegar uma hora que o Brasil vai ter que escolher: continuar tutelando o povo ou aproximar-se do primeiro mundo?

      Excluir
  15. O maior problema Tony é realmente esse povo de 2 caras.
    O "IN"Feliciano mostra as garras porque é assim que a igreja dele arrebanha fiéis, aos berros se dizendo paladino da justiça de deus, quando JESUS foi um exemplo de serenidade, amor ao próximo e jamais teve preconceito com ninguém, mas ninguém mesmo, nem doentes, nem prostitutas, nem comerciantes inescrupulosos, nada mesmo, e agora vem esses "NEOS" cristãos ,que ja fizeram todas besteiras na vida, roubam, desciam, matam , se dizer SALVOS PELA HONRA E GLORIA DE JESUS , quando na verdade são suas próprias consciências que os condena.
    Se JESUS viesse à terra novamente hoje em dia, passaria um perrengue para tirar esse "povinho" da face do mundo, pois mesmo que ELE fizesse tudo o que fez há mais de 2000 anos, muitos iriam duvidar e pedir provas cabais. E com certeza, JESUS teria vergonha de ter feito tanto por quem precisava e estes imbecis falam em seu nome sem seguir nenhum de seus exemplos !!!! POBRE MUNDO CÃO QUE VIVEMOS !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo e assino em baixo!!!!!

      Excluir
  16. Esta é uma época de coragem. Coragem de assumir sua postura de defesa dos direitos LGBT, mulheres, umbandistas, negros, pardos, amarelos, etc...Temos que nos posicionar, no trabalho, redes sociais, família, etc. Não basta mais agirmos de forma coerente e revermos nossos próprios preconceitos. Sim tb os temos!! Esta auto-crítica é muito importante. Mas sinto que chegou o momento de falarmos, expormos, revelarmo-nos pensantes e atuantes. Combater a ingnorância com inteligência. Combater a manipulação com esclarescimento. Falar com os amigos e vizinhos sobre o assunto. Se cada umd e nós se transformar num agente multiplicador das idéias contidas neste post e em outros poderemos combater efetivamente esta ampla ofensiva dos evangélicos radicais, homofóbicos assassinos, rascistas na sombra e neozaistas de plantão. Eu, pelo menos, mudei de atitude: falo, exponho, partilho e procuro demonstrar na prática como sou, porque sou e principalmente exercendo o direito de SER. MARCELO NATEL

    ResponderExcluir
  17. a joelma canta e dança pra utentar a sua familia pq nem um de vcs vao sair de suas casas para dar oq comer pra ela, e parem de falar de DEUS pq ela ama ela como te ama e como me ama nao eixte pecado bom ou ruim pequeno e grande todos somos pecadores.uma pedra pequena jogada no lago o seu destino é o fundo ,e com uma pedra grande qual é o destino? tb é o fundo todos pecados te levam para logue de DEUS e que atirem aprimeira pedra aquele q nunca pecou poi é quanto ser contra o casamento gay porra vao ler a BIBLIA falam tando de DEUS e nao o conhesem verdadeiramente ta chando q esse papo de q DEUS so quer nos ver feliz nao emporta com quem é MENTIRAAAAAAA E O PAI DA MENTIRA SABEMOS QUEM É pois entao DEUS ama o pecador nao o pecado eu vejo ela falando mas de DEU DO Q MUITOS A MINHA VOUTA Q ESTAO A JUGANDOA SENDO Q, QUEM SOMO PARA JUGAR AUGUEM, PATA AMAO NAO CONSIENCIA MEU POVOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  18. Pois eu também trabalho para sustentar minha família, e no entanto não tenho os mesmos direitos que os heterossexuais. Pago os mesmos impostos e não tenho os mesmos direitos! Você acha isso justo?

    E vem cá, você camarão? Sabia que o Deuteronômio, o mesmo livro do Antigo Testamento que diz que é uma abominação um homem se deitar com outro (não fala nada em casamento), também proíbe o consumo de crustáceos? Ou você não "conhese" a Bíblia tão bem?

    ResponderExcluir