domingo, 17 de março de 2013

O MAR, Ô O MAR

O Corcovado e o Pão de Açúcar acabam de ganhar um concorrente à altura. Nenhuma viagem ao Rio de Janeiro será completa sem uma visita ao MAR, o Museu de Arte do Rio, inaugurado há duas semanas na Praça Mauá como parte do projeto Porto Maravilha. Maraviulhoso é um termo preciso: o prédio duplo combina perfeitamente o moderno e o antigo, e as obras expostas quase me fizeram explodir de orgulho de ser carioca. A pièce de résistance é uma mostra permanente chamada "Rio de Imagens", que vai de gravuras dos tempos da colônia a instalações que traduzem o Rio contemporâneo, passando por uma caminhada virtual pela Avenida Central, no começo do século passado, que é de cair o queixo. Outro motivo de pasmo é a demora: como é que uma cidade como o Rio, tão pintada e fotografada desde sempre, ainda não tinha uma exposição desse tipo? Também há três exibições temporárias de coleções particulares absolutamente imperdíveis, e o site do museu dá uma palhinha de todas elas. Sem falar da vista para o cais do porto e a sensação inebriante de que a cidade pouco a pouco se civiliza. Vá preparado: as longas filas até que andam depressa, mas o horário de funcionamento do MAR (das 10 às 17) é digno de repartição pública. Mas vá, é programa obrigatório.

17 comentários:

  1. Não achei o horário ruim não, Tony. Já diminui o povo que gosta de ir direto da praia, soltando areia e batendo o isopor na peças.

    ResponderExcluir
  2. Que dia da semana você foi? Fds? Espero que emdia útil seja mais tranquilo. :P

    ResponderExcluir
  3. Lindo mesmo, não moro no RJ, a vantagem de morar em cidades antigas é isto o moderno com o antigo, é muita História e coisas interessantes para se ver e ir, para quem gosta é um prato cheio!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Vc conseguiu desenvolver essa linha de raciocínio sozinha, fofa? Parabéns. Tico e Teco devem estar exaustos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não consegui. Precisei da ajuda da sua mãe, que chupou meu pau enquanto eu raciocinava.

      Excluir
  5. qual é Tony dando uma resposta assim voce ajuda no estigma de que todo gay é promiscuo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos parar com essa bobagem de "estigma do gay promíscuo".

      Gays são homens (mesmo que sintam que nasceram no corpo errado). Homens são programados por natureza para transar com quase tudo que os atraia. Gays transam muito porque homens são facinhos, não ficam fazendo doce que nem mulheres. Se mulheres dessem mole, TODOS os homens seriam promíscuos.

      E dizer que a mãe do cara estava chupando meu pau não é ser promíscuo. É não levar desaforo para casa.

      Excluir
    2. Até quando, deus, até quandpo "promiscuidade" vai ser algo negativo? O que é ser promíscuo? Quem definiu? Tem medida? Como diz a sabedoria popular, "promíscuo sempre é aquele que trepa mais do que vc".

      Excluir
    3. Tony : muito bem, arrasou com a bi invejosa.
      Anônimo : apoiadíssimo! Vamos parar com esse moralismo besta...

      Excluir
  6. E daqui 3 anos a Praça Mauá pronta, sem a Perimetral e o Museu do Amanhã concluído. Será um dos lugares mais lindos do Rio.

    ResponderExcluir
  7. ok tony você está certo e eu estou errado

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. rsrs era pra digitar: retornarei! É tão confuso assinar estes comentários no blooger!

      Excluir