quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

CURTA DE MONTÃO

Não faz muito tempo, o Oscar de melhor curta-metragem em animação era um mistério para boa parte da humanidade. Quase ninguém conseguia ver os filmes indicados - e isto numa categoria que, no passado, premiou ícones como Mickey Mouse ou Tom & Jerry. A verdade é que a animação era uma arte em extinção. Praticamente só se produzia para a TV, e com uma qualidade bem ruim. Os longas para os cinemas tinham cada vez menos repercussão. Mas então, no começo dos anos 90, uma série de fatores salvou os desenhos animados: o sucesso de "A Pequena Sereia" da Disney, o advento do Cartoon Network e, principalmente, os avanços da computação gráfica. Hoje, graças à internet, podemos nos deleitar com os candidatos deste ano. Dois deles ilustram este post. Aí embaixo, o lírico "Paperman" da Disney, exibido antes de "Detona Ralph" nos cinemas, mostra como o estilo 2D pode evoluir. E lá em cima, o delicioso "Fresh Guacamole", que lembra as experiências do canadense Norman McLaren nos anos 50. Seria o favorito ao prêmio, não fosse tão parecido com seu antecessor "Western Spaghetti", de quatro anos atrás. Mas dá para curtir, não dá?

3 comentários:

  1. Uma produção inglesa estará concorrendo e com toda certeza bem melhor que estes dois concorrentes acima. E' sobre um casal vivendo apart na mm casa, muito legal e muito bem feito.

    ResponderExcluir
  2. Lindos esses dois. Quero ver esse inglês também. Vou pesquisar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego, infeliz/te nao tenho como te passar informações dessa prod. brit., assisti e amei, so sei que o diretor e' uma jovem muito talentosa, com certeza vc ira gostar.

      Excluir