quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

O EVANGELHO DA INTOLERÂNCIA

Boa parte do mundo se escandalizou quando parlamentares de Uganda propuseram que os homosseuais do país fossem condenados à morte. A pressão internacional foi tão grande que agora este infame projeto de lei está numa espécie de limbo, e dificilmente será aprovado com todas as letras. Mas a homofobia come solta naquela pequena nação africana: volta e meia surgem notícias de que algum militante da causa LGBT foi assassinado. Agora está ficando claro que boa parte deste preconceito mortal é alimentada por missionáruos evangélicos americanos, que por sua vez dependem das doações generosas de seus compatriotas. O documentário "God Loves Uganda": está sendo exibido esta semana no festival de Sundance e levanta luz sobre esta conexão perigosa. Seu diretor, Roger Ross Williams, foi o primeiro negro a ganhar um oscar de direçãio (pelo documentário "Music for Prudence", de 2010). É apavorante como alguns fanáticos conseguem inflamar um país miserável, apontando os gays como bodes expiatórios dos muitos males que afligem a população. Parecido com o que acontece num outro país, nem tão pobre assim.

17 comentários:

  1. Cada vez mais é nítido que o grande mal dos anos 2000 é o fanatismo religioso, seja ele de qualquer vertente.

    ResponderExcluir
  2. não é só Uganda. A África inteira é um poço de obscurantismo. Gays só são respeitados legalmente na Africa do Sul (legalmente, porque na prátca a homofobia corre solta). O resto todo (ou praticamente todo, não sei se há alguma exceção) considera homossexualidade crime, tem punição por sodomia e por aí vai. Nesse sentido a comparação com o Brasil não é muito aplicável. Apesar de todas as myrians e malafaias, perto de qualquer país da Africa nos ainda somos uma Dinamarca.

    ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moçambique e Angola também são quanto a questões gays.

      Excluir
  3. Bom , infelizmente ,não estamos muito longe disso não . Basta , olhar a colonização q a Universal , ando fazendo em Angola , e outros lugares de lingua portuguesa.

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    É o lixo civilizatório em ação.

    ResponderExcluir
  5. Nosso conforto é pensar que isso é algo que caminha para a extinção

    ResponderExcluir
  6. Que grande absurdo este preconceito idiota,doentio e psicopático contra os gays!Sou mulher,hétero,mas I LOVE GAYS,tenho amigos,os amoooo.Que todos possamos lutar juntos e extiguir essa doença psicológica,que é a homofobia.E infelizmente muitas pessoas sofrem desta doença,e precisam se tratar.VIVA A LIBERDADE LGBT!.................................

    ResponderExcluir
  7. E Tony,me desculpe cobrar.Mas,quero atualizações,novidades e se possível fotos recentes,tudo sobre o CARLOS BAZUCA,sou fã quero N-O-V-I-D-A-D-E-S!Tudo sobre ele..........................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, faz tempo que eu não sei nada sobre o Bazuca. Alguém aí sabe do paradeiro do rapaz? Mas pode deixar, Liesle, assim que surgir alguma notícia você será a primeira a saber!

      Excluir
    2. Uma "nota" maestro: GOOGLE ... Leslie, é com vc.

      Excluir
    3. Não tenho certeza mas acho que ele atende nesse site.
      http://www.olimpos.com.br/princ/

      Excluir
  8. Tony, veja isto....


    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2013/01/23/interna_politica,345491/projeto-assegura-a-lider-religioso-liberdade-de-criticar-orientacao-sexual.shtml

    ResponderExcluir
  9. Agradeço muito!Principalmente,quando eu for a primeira a saber!Ah!Também leio sempre o F5,com você viu!Beijos e Obrigada.

    ResponderExcluir
  10. Eu aposto uma unha que o tal de Mike Bickle ... você sabe, roçou aquele rostinho trabalhado no botox num lençol florido barato de um motel qualquer ...

    ResponderExcluir
  11. pressionar Uganda é fácil, quero ver pressionar a Rússia.

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus quanto fanatismo, até qd o homem vai matar em nome de Deus? O nosso DEUS não quer isso, ele quer que nos amamos, mesmo sendo diferentes. Ele é misericordioso e só ele pode nos julgar.
    Seus loucos, vcs é que são os verdadeios seguidores de Hitler.

    ResponderExcluir