terça-feira, 22 de janeiro de 2013

AIÔ SILVA

O capixaba Lúcio da Silva Souza achou que estava sendo esperto ao adotar o mais comum de seus comunérrimos sobrenomes como nome artístico. Mas acabou criando um problema para si mesmo, nesta era de buscas pela internet: experimente googlar "Silva" para ver o que aparece. A única maneira de conseguir alguma informação sobre o rapaz é acrescentar à busca o nome de seu excelente disco de estreia, "Claridão". Nem mesmo sua fanpage no Facebook esclarece muita coisa. Mas o que importa mesmo é que se trata de uma figura incrivelmente original dentro da música brasileira. O som de Silva não se parece com nada: não é rock, não é samba, não é influenciado por Caetano. O que é mesmo é pop de alta qualidade, sem medo de cantar em português nem de abusar dos teclados eletrônicos. Voz límpida, arranjos sofisticados, letras intimistas - eu não ficava assim de entusiasmado por um compatriota desde que emergiu a Gaby Amarantos, em quase tudo seu oposto. Existem milhões de Silvas por aí, mas este aqui é único.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. "um Smiths brasileiro"? Morrissey deve estar se revirando no túmulo...

      Excluir
    2. Até porque ele ainda está vivinho da.... SILVA!
      RÁ!!!!

      Excluir
  2. Em A Visita ele soa como um António Zambujo brasileiro (isto é um elogio).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "António Zambujo"? Ai, mais um pra gente se sentir ainda mais up to late...

      Excluir
  3. Tem algo de Pet Shop Boys aí.

    ResponderExcluir
  4. muito bom mesmo o rapaz ... preciosa dica esta ... parabéns

    bjão

    ResponderExcluir
  5. Realmente único!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. nada de original por aqui...

    ResponderExcluir