quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

UN-BELIZE-ABLE

Não vi quase nada de Belize. Ruínas maias? Não. Belize City? Só o aeroporto. O pico Victoria, ponto "fulminante" do país? Muito à distância, do meio do mar. Mas o que mais dói no coração foi não ter visto o Blue Hole, uma caverna vertical submarina no meio da barreira de coral. Fica a duas horas de lancha da ilha onde estamos, e a gerente canadense - que parece a Sue Sylvester do "Glee", tanto no físico como na personalidade - nos desaconselhou vivamente. Muito longe, muito caro, não dá para ver nada se você não mergulhar de scuba. Acabamos passando três dias no Thatch Caye Resort de papo pro ar, tomando margaritas nas piscinas naturais e aplaudindo o por do sol. Dormindo às 10 e acordando às 6. Para quem está acostumado, como eu, a fazer trocentas coisas por dia, é quase que um cavalo-de-pau. A esta hora já estamos voando nossas quatro conexões de volta ao Brasil. Pelo menos minhas férias não acabaram: só volto ao batente dia 7. Ainda vou ao Rio depois do réveillon, uêbaaa.

ATUALIZAÇÃO: Chegamos ao aeroporto de Belize City três horas antes do nosso voo para El Salvador. Despachamos as malas e tivemos tempo para dar um rolé de uma hora pela cidade, que é ainda mais pobre e feia do que eu esperava. Mas as belezas naturais compensam.

10 comentários:

  1. depois de férias tão ricas, vai terminar no rio? bitch, please

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobreza mesmo, de espírito, é achar ruim passsar férias no Brasil, Rio inclusive.

      "Os pobres vão para a Argentina.
      A classe média vai para a Europa.
      Os ricos vão para a Bahia".

      Excluir
    2. Pois é, Anônimo idiota. Mas deixa que eu tô aqui com dois amigos de Nova York, um de Toronto, e mais uns gringos agregados. Todo mundo adorando o Rio. Uma pena que essa galerinha invejosa acha ruim vir pra cá...bonito é pintar o meio-fio de cal (zebrado ainda por cima), ter calçadas fodidas (as mesmas do Rio, por sinal), levar porrada na rua, e achar que mora em NY, né?

      Excluir
    3. fatura legal ne bi!

      Excluir
    4. Gringos adoram o rio mesmo! devem achar humn... exótico! mas passado o verão, todos voltam para seus países desenvolvidos, os quais a maioria desses gringos jamais trocaria por um país como o nosso. Colonialismo de verão é o nome.

      Excluir
    5. Ninguém está falando em trocar de país, e se se você acha que necessariamente qualquer país estrangeiro é melhor que o Brasil, vá viver num. É bem diferente de visitar por um pacote turístico da CVC ;).

      Excluir
    6. Poderia ser pior como por exemplo romper o ano numa cidade cinzenta, feia, fétida e poluída.

      Excluir
  2. Well darlings, rather porrada than bala perdida, ne?
    Pra quem gosta de ratos, rio e' maravilhosa mm...
    Jo, fatura legal, viu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bala perdida? Desculpa, mas isso é Rio de Janeiro em 2003. Até onde sei, há outros lugares com ondas de homicídio.

      Fatura legal = ? (desconheço essa expressão regional)

      Excluir