domingo, 23 de dezembro de 2012

FLORESÇO À SOMBRA

Primeiro foi um voo de cinco horas até Lima, Peru. Depois de uma hora em terra, mais quatro horas de avião até San Salvador, capital de El Salvador. Aí foi uma correira, pois tínhamos menos de uma hora para fazer a conexão para Belize. Os três voos foram pela Taca: um autêntico Taca-Taca-Taca. Desembarcamos num aeroporto dos anos 60 e achávamos que o nome no voucher, Maya Island, era da companhia de vans que viria nos buscar. Só que não: é uma pequena aerolinha local, que nos levou em 15 minutos de teco-teco à cidade de Dandriga, onde deveríamos pegar um barco para a ilha do nosso hotel. Só que o tempo estava nublado e o mar muito batido, então esta quinta perna da viagem ficou para o dia seguinte. Vamos pernoitar no Pelican Beach Resort, que é simpático sem ser de luxo, e domingo bem cedo tocamos para Thatch Caye. Não deixa de ser uma aventura. Belize é ainda mais pobre e sem infra-estrutura do que eu pensava, mas o povo não pode ser mais solícito e sorridente. Custo a acreditar que ainda vigora por aqui uma lei antiga que proíbe a entrada de gays no país, e que pune qualquer ato homossexual com 10 anos de cadeia (estrangeiros pegos em flagrante são sumariamente deportados). É uma mnetalidade típica do Caribe de colonização britânica: as ilhas da vizinhança, como a Jamaica or as Cayman, são dos lugares mais homofóbicos do mundo. O curioso é que a bandeira belizenha mostra dois rapagões sem camisa embaixo de uma árvore, cada um deles segurando um tacape maior que o o do outro. Estão, obviamente, numa pool party. O lema do país também tem conotação hedonista: "sub umbra floreo", floresço à sombra. Cabe feito uma luva na situação dos LGBT locais, que se mantêm na moita para não serem incomodados.

8 comentários:

  1. "um autêntico Taca-Taca-Taca". <3

    Na pior das hopóteses vocês podem se agarrar em praça pública, serem deportados e pedir o extorno do bilhete de volta.

    Eu disse na pior.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho lido algumas de suas matérias tenho gostado muito, sou estudante de publicidade, gostaria de saber se possui alguma página no Facebook, onde você lança suas matérias ou pelo menos o link da página.

    ResponderExcluir
  3. Nossa! E vc pode ser preso e deportado se descobrirem que vc é gay por internet ou algo do tipo? que medo

    ResponderExcluir
  4. Vai ter que segurar o facho

    ResponderExcluir
  5. Aposto que aquele James seria imediatamente impedido de entrar!

    Brimks...a questão é séria. Acho, contudo, que as coisas se ajustarão nesses países. Especialmente se outros grandões passarem a reconhecer direitos LGBT...algo que já vem ocorrendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tsc tsc Joaninha ... deve estar pensando no meu cacete, sonhando em levar uma surra de rola, não é ?

      Pediu um "dildo" de presente de Natal ? Já ajuda a aliviar a tensão e a chatice.

      Excluir
    2. Gente, na boa: não faço blog para vocês ficarem se xingando. Já barrei alguns comentários ofensivos de ambos, mas, se vocês não se comportarem, vou ter que recusar TODOS.

      Excluir
  6. kkkk!!! Adorei a bandeira da pool party!!! beijocas e saudades!!!

    ResponderExcluir