segunda-feira, 5 de novembro de 2012

A FRANÇA BALANÇA

François Hollande fez campanha prometendo aprovar o casamento igualitário na França, e assumiu a presidência dizendo que a nova lei viria em breve. Os analistas políticos concordaram com ele, pois as pesquisas de opinião mostravam o apoio da maioria da população tanto ao casamento como à adoção de crianças por casais gays. Mas parece que não vai ser tão fácil quanto sonhávamos. Apesar dos centros urbanos branchés e moderninhos, a França tem uma considerável parcela rural, católica e conservadora (para não dizer racista, xenófoba e collabo). Não podemos esquecer que é o país da Europa Ocidental com o mais forte partido de extrema direita, o famigerado Front National. Pois essa turma se juntou e colocou na rua uma campanha contundente contra os direitos LGBT, com pronunciamento de religiosos e manifestações de rua. Claro que tudo emoldurado como um movimento a favor das criancinhas, que teriam direito a um papa e a uma maman, e a nada diferente desta combinação. Os comícios reacionários são extarordinariamente ridículos: têm marmanjos fantasiados de libélula que seriam considerados ultra-pedés em qualquer outro contexto, e usam alegremente a música do Queen, como se Freddie Mercury tivesse sido o paradigma do machão empedernido. Já serviram de cenário para beijos de simpatizantes da nossa luta e são motivo de chacota em programas de TV, como no vídeo acima. Mas estão surtindo efeito: o apoio às causas homossexuais caiu nos últimos meses, um precedente inédito em sociedades avançadas. Está na hora das bibas gaulesas não acharem que a vitória são favas contadas e arregaçarem as mangas, fazendo uma campanha para convencer os indecisos de bom coração. A França é a pátria da liberté, egalité, fraternité, e não pode mais ficar para trás neste combate.

(Merci, Fernando, pela gentil dica)

3 comentários:

  1. Pra vc ver, em pleno centro financeiro de Paris encontra-se gente que acredita que a homossexualidade é doença e que pode (e deve) ser curada... Bienvenu au Moyen Âge!

    ResponderExcluir
  2. Tem uma coisa chamada boicote...

    ResponderExcluir
  3. Tony, já leu isso:

    http://www.foradoarmario.net/2012/11/casamento-homossexual-aprovado-na-franca.html

    ResponderExcluir