terça-feira, 3 de maio de 2011

ESTILHAÇOS

A morte de Osama Bin Laden mandou um monte de ideias para o ar, como se um a bomba tivesse caído sobre elas. Bora catar algumas:

- Muito tem se dito sobre a inutilidade prática desta execução. Bin Laden não apitava mais nada e era praticamente um inválido, que precisava fazer diálise todos os dias. Mas o cara era um símbolo, e destruir um símbolo também tem enorme valor simbólico (dã). Ele perdeu não só a vida, mas também a aura de invencibilidade. Os EUA foram feitos de bobos durante quase 10 anos, mas no final o pegaram. Esta mensagem é fortíssima. E assustadora para os jovens impressionáveis que estão pensando em aderir aos radicais.

- É bastante provável que um grande atentado em retaliação aconteça nos próximos dias. E mais provável ainda que aconteça num país islâmico. Desde 2005 que o Ocidente se mantém livre desses banhos de sangue. Os controles nos aeroportos são um pé no saco, mas salvaram muita gente. O mesmo não acontece no mundo árabe. A triste verdade é que a maioria das vítimas do terror é de muçulmanos.

- É sintomático que Bin Laden seja eliminado em plena "primavera árabe", com as ditaduras do Oriente Médio caindo quase que em efeito dominó. As revoltas na Tunísia e no Egito tinham muito pouco a ver com os fundalmentalistas, e a juventude desempregada porém plugada desses lugares não tem interesse na jihad. O terrorismo não trouxe resultados práticos positivos para ninguém: só morte e destruição.

- E o que querem os terroristas? A restituição do califado, ou seja: a reunião de todos os povos muçulmanos num único estado e sob a liderança de um único líder espiritual. Depois, a expansão da ummah para o mundo inteiro, que viveria sob a mais estrita interpretação da lei da sharia: mulheres cobertas da cabeça aos pés e proibidas de trabalhar, homossexuais enforcados, apedrejamentos a torto e a direito e até mesmo a proibição da música, do rádio e da TV. Quem tem simpatia pela al-Qaeda só porque ela é contra os EUA é um cretino irresponsável.

- Que é exatamente o caso de Hugo Chávez, um dos poucos chefes de Estado que condenou explicitamente a ação americana. Claro: ele teme que possa ser o próximo. E talvez seja mesmo - me contaram na Venezuela que ele abriga vários membros da al-Qaeda e outras organizações, principalmente na ilha Margarita.

- Uma vítima nada inocente pega no fogo cruzado é a candidatura de Donald Trump. Obama e alguns humoristas da TV americana já tinham tirado muito sarro dele durante o jantar para os correspodentes na noite de sábado, na Casa Branca. Trump estava na plateia e ficou furioso. Além de desmoralizado, não tem mais a menor chance: Obama está praticamente reeleito.

- Quem também não tem onde enfiar a cara é o Paquistão. É óbvio que muita gente graúda de lá sabia exatamente onde estava Bin Laden, e agora ainda tem o desplante de reclamar que os EUA feriram sua soberania. É um país de merda, que não sobrevive sem a ajuda ocidental. Errados estavam os ingleses quando o separaram da Índia, que tem muitos problemas mas pelo menos é uma democracia. Que tem a bomba, mas não é uma ameaça.

- Muita gente chocada com a reação carnavalesca dos americanos. Ora, ora, ora: imaginem se os terroristas tivessem explodido o Maracanã lotado. A esta altura Ivete Sangalo já estaria a bordo de um trio elétrico com milhões de pessoas pulando atrás, numa micareta que duraria até o ano que vem.

- Outros se chocaram com o enterro no mar, para o bem e para o mal. Direitistas dizem que o cadáver deveria ter sido coberto com gordura de porco, tabu para o Islã. Clérigos muçulmanos alegam que jogar o corpo no Mar da Arábia não é halal. Mas aí cabe a pergunta: Bin Laden era mesmo muçulmano? Os demais o reconhecem como um deles? Não, gentchy, era um maluco sanguinário. Vocês são melhores do que isto. Deixem-no ser comido pelos peixinhos.

- Também vai haver grita quando os EUA liberarem as fotos do presunto. Dizem que são horríveis: há um buraco de bala acima do olho que permite ver o cééérebro... Novamente alguns muçulmanos irão se queixar, porque o Alcorão proíbe a divulgação de imagens de gente morta. Mas será a única maneira de convencer os ainda céticos. E depois vai virar poster, camiseta, cartão de Natal...

- A Al-Qaeda sempre me lembrou a seita dos Assassinos, talvez a primeira organização terrorista da história. Esses radicais islâmicos mataram muita gente no Oriente Médio na época das Cruzadas, até serem massacrados pelos mongóis. Que negociação que nada: essa laia só entende porrada.

- O terrorismo vai continuar? Claro, sempre vai haver algum alucinado disposto a se explodir por qualquer razão que seja. Mas a ameaça islamofascista, que já tinha diminuído muito, tende a minguar ainda mais no médio prazo. O grande embate que se avizinha no horizonte vem de outro lugar. Vem da China.

40 comentários:

  1. Papai Urso do Interior3 de maio de 2011 18:14

    (...)Ora, ora, ora: imaginem se os terroristas tivessem explodido o Maracanã lotado. A esta altura Ivete sangalo já estaria a bordo de um trio elétrico com milhões de pessoas pulando atrás, numa micareta que duraria até o Natal.
    (...), kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... Seria mesmo a visão do inferno, haja axé meu rei! kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. (mariliagabrielizando) Como assim, da China?

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que o corpo tenha sido sepultado no mar.Provalmente está conservado em algum lugar e lá ficará, num depósito ao lado da arca da esperança, a espera do Indiana.

    ResponderExcluir
  4. O 9º parágrafo é imbatível! hahahahahahahahah!

    E espera aí, que história é essa de China? Ai, meu DEOOOS!

    ResponderExcluir
  5. jah pensou em ir trabalhar na Veja?

    hahaha

    ResponderExcluir
  6. Tem uma coisa interessante mesmo no fato de que a world wide web abriu espaço para q todos pudessem se manifestar.
    A liberdade é algo genial, algo q os países muçulmanos, por exemplo, não devem experimentar. Mas a liberdade tem mais valia qdo ela é experimentada com consciência
    dela e tb com conhecimento. O direiro inalienável de cada um dar voz ao pensamento é um conceito tão evoluído que infelizmente a nossa sociedada ainda não alcançou. Na verdade
    a maioria dos gdes conceitos apontam para as alturas, são ideais para uma sociedade evoluída. Nesse ponto nós ocidentais e os muçulmanos, uns mais e outros menos, estamos todos na mesa jornada. Seria uma ilusão e uma falta de conhecimento histórico e filosófico acreditar q estamos tão mais evoluídos q os outros. Do ponto de vista da história Osama e Obama mal existem visto q os fatos q implicarão em mudanças radicais no futuro da humanidade só passam a fazer sentido uns 100 anos após os fatos terem acontecido. A história não vive de gdes evoluções, mas sim na maioria das vezes de gdes retrocessos. Até o momento o ataque as torres gêmeas foi mais fundamental na definição do que aconteceria no futuro subsequente do que a morte de Osama. A gente nunca sabe.
    A ameça terrorista, q vc se pergunta se vai continuar no final do seu post de fato é uma questão contemporânea. Provavelmente ela deve continuar, e provavelmente não pq existam maníacos sanguinários. A razão da maioria das gdes matanças da história não foram simplesmente pq existiam alucinados ou não. A sociedade que vivemos tem o hábito de demonizar líderes que acabam chamados de sanguinários. Antes q exista um líder sanguinário precisa existir um povo disposto a apoia-lo e que se encontre numa situação em q este apoio faça sentido. E mesmo nos casos de todas as matanças da história o q as motivou foram motivos políticos e religiosos _ o q tb é política e no final. Osama Bin Laden, o assassino, tb era Osama, o líder de pensamento de um povo q acreditava q ele dava voz aos pensamentos desse povo. É uma gde ingenuidade acreditar que estes homens sanguinários eram simplesmente loucos. A China por exemplo não tem nada de louca. Talvez a gente possa dizer q a loucura deles é a ideologia que pregam. Mas eles podem dizer o mesmo de nós tb. Na minha opinão a ameaça islamâmica ainda não acabou. E a China não está aparentemente buscando um embate bélico. Ao contrário, ela parece tentar querer vencer no terreno clássico dos americanos: o mercado. E tem sido assim há séculos. Só para esclarecer, não tenho nenhuma simpatia por líderes como Osama. São homens verdadeiramente perigosos. Mas são tão somente perigosos qto as pessoas q lideram. A ideologia deles dá voz a um grupo de pessoas essas pessoas em troca dão alimento para a vaidade deles. Esses líderes por sua vez vão emitir pensamentos mais radicais, mais embuídos de certezas, vão proferir verdades absolutas, previsões definitivas e vão ser cada vez mais intolerantes enquanto forem alimentado pela massa ignara. Estas pessoas são tão ou mais perigosas que os líderes.

    ResponderExcluir
  7. Ihhhhh ontem de manhã apareceu no website do elpais.com a foto do Osama morto e realmente o olho esquerdo estava afundado e um buraco do lado esquerdo do crânio. Com esse shape ele dificilmente vai pegar alguma das 72 virgens...ou passas. Hahahah Saludos, desde Tenerife !

    ResponderExcluir
  8. Maldito blogger. escrevi um maxi-comentário e deu erro na hora de enviar.

    Resumindo: a foto que circulou até o momento é produto do toscoshop.

    Tem gente com a coragem de questionar a ação dos EUA, mas aplaudiu de pé a execução de traficantes no Rio, que são criminosos comuns. Olha, o Osama podia usar o Papa como escudo que eu nem pensaria duas vezes em fuzilar os dois, se eu fosse o seal com o dedo no gatilho.

    Agora, o melhor efeito colatoral dessa morte que você deixou de fora da lista foi o provável cancelamento do filme da Kathryn Bigelow sobre a tentativa frustrada de captura dele em 2001. TODAS CELEBRA!

    ResponderExcluir
  9. Só nos últimos 3 dias já li mais de 10 diferentes teorias da conspiração - até que Osama não morreu. Para mim, a foto mais icônica do momento é aquela do alto escalão americano monitorando a operação, com a Hillary tapando a boca com a mão em terror. Daqui um mês ninguém vai falar mais nisso.
    Muque de Peão

    ResponderExcluir
  10. Excelente texto! Disse (quase) tudo. E mesmo quando saírem as fotos vai ter gente dizendo que foi photoshop, e se sair vídeo, after effects, and so on.

    Tive que ler no wall do meu Facebook ontem um cara - que inclusive foi meu veterano na faculdade - dizendo "queria uma explosãozinha nos EUA só pra ver os americanos todos CAGADOS de novo".

    O raça humana é mesmo uma merda.

    ResponderExcluir
  11. Querido Tony,

    Discordo em muitos dos pontos. Muitos.

    Discordo completamente do seu argumento de que é difícil ocorrer um atentado no Ocidente, pois:

    1) Europa está lotada de radicais islâmicos malucos - gente com passaporte europeu e residência fixa em países como Alemanha, França e Inglaterra

    2) A segurança realmente é ferrenha nos setores de embarque. Mas como o atentado no aeroporto de Domodedovo (Moscou) mostrou, explodir uma bomba num saguão de aeroporto lotado ANTES da área de embarque pode ter um considerável relação custo-pânico. Principalmente quando relembrar que aeroportos sempre serão locais inseguros.

    3) Ainda temos as estações de trem, as linhas de metrô das grandes cidades e suas estações, os túneis (olha que simpático seria uma bomba explodindo no Eurotunnel?), pontes e ferrovias.

    Resumindo: o mundo é um lugar inseguro por natureza. Os americanos somente criaram uma indústria de pânico para lucrar com toda a parafernalha inventada pelos aeroportos para dar uma sensação de segurança a todo mundo. Tipo capacete em cabeça de soldado que não resiste nem a pedrada, saca?

    Com relação a sua análise do simbolismo da morte do Bin Laden em plena 'primavera árabe' e sua análise com relação à Tunísia e Egito... I'm sorry to say, análise superficial, análise rasa. Tunísia é um Liechtenstein do Mundo Árabe e colônia de férias da working class européia. A 'Revolução' egípcia resultou num vácuo de poder que muitos analistas acreditam que será preenchido pela Irmandade Muçulmana, um grupo político que dificilmente vai transformar o Cairo em uma Tel-Aviv e que tem crenças bem distantes do laicismo do Mubarak. O semelhante ocorre na Síria. Na própria Turquia, onde o laicismo é praticamente uma instituição nacional, Mr. Erdogan e suas crenças bem conservadoras e nada laicas ganham cada vez mais espaço (mesmo Erdogan ainda sendo incrivelmente liberal quando comparamos com os vizinhos da Turquia).

    Com relação a morte do cara em si, acho que foi sinceramente desnecessária. Os EUA poderiam dar uma de potência altamente civilizada e democrática, julgar o cara num tribunal e até matar o FDP numa cadeira elétrica. Imagina o ganho de softpower para os EUA ver o Bin Laden sendo julgado pelos crimes que cometeu?

    Sobre Paquistão, well dear, Paquistão não é o Paquistão porque surgiu assim, de um dia para o outro, e deu nessa merda. Precisa realmente realçar toda a merda que o colonialismo europeu realizou mundo afora? Mesmo?

    E para terminar, discordo COMPLETAMENTE de que a ameaça islamofacista acabe com Mr. Bin Laden. Muito lindo acreditar no poder do capitalismo, no brilho da GAP/H&M/Apple/Virgin Store, achar que as pessoas realmente se tornam mais racionais através da globalização dos costumes e crenças e pela criação de contas no Twitter e Facebook. Outra é ignorar o fato óbvio de que a política externa desastrosa nos grandes países muçulmanos das principais potências ocidentais começou a cobrar o seu preço sob o nome de Osama Bin Laden. Para mim a morte do cara sinceramente significa um começo.

    Abraços
    Fernando.

    ResponderExcluir
  12. Bom Tony,
    Legal suas colocações, discordo quando fala que os radicais islâmicos foram maacrados pelo maongóis na época das cruzadas. Quem inventou as cruzadas foi a Igreja suja católica na primeira eles até se deram bem , mas depois eles só tomaram na tarraqueta, os islâmicos se defenderam. Odeio fanatismos de todo tipo, principalmente religioso... e quanto ao Bin Laden já foi tarde e se deu mal pois nenhum das 72 virgens vai querer dar pra ele, MUITO FEIO E AGORA COM BURACO NA CABEÇA

    ResponderExcluir
  13. @Diego: a China vem aí, tentando dominar o mundo não pela força militar, mas pela econômica. A peneração da China na África é notável: um novo tipo de colonização, e o Ocidente mal percebeu. Também estão de olho adivinhe onde? No Paraguai... pois é. Onde tem estado fraco produtor de matérias-primas, lá estão eles. Com uma cultura ainda mais materialista que a nossa, e menos da metade do respeito que temos (ou achamos que temos) por direitos humanos, trabalhistas, etc.

    @Luciano: Vai se falar nesse assunto pelo menos até a releição do Obama. Os democratas vão capitalizar o que puderem, claro.

    @Fernando: é CLARO que minha análise é rasa. São pequenos parágrafos num blog de variedades, o que você queria? Não sou especialista em política internacional, só um cara interessado e que lê bastante a respeito, há mais tempo do que você tem de idade. Também discordo de muitas das coisas que você diz no seu post, mas tenho uma preguiça enorme de debater com você.

    ResponderExcluir
  14. Morro de medo dessa gente louca. Prefiro os americanos tapadinhos, pelo menos a gente vai lá e SEDEVERTE pra caramba.

    ResponderExcluir
  15. Comecei a ler teu texto e de cara imaginei que ia ter gente te detonando. Por que será que essas beeshas vem aqui para mostrar o quanto são cultas, eruditas e blá blá blá quando poderiam criar seus próprios blogs para isso? Mas vc já respondeu: a preguiça de ler essa gente é enoorme. Acho que não suportadas nem pelo próprio espelho...

    ResponderExcluir
  16. SUA ANALISE É OTIMA, DO ALA E DP FERNANDO TB, SAO PONTOS DE VISTA ( COMO DIZ O DITADO " QUANDO TODOS ESTAO PENSANDO IGUAL É PQ NINGUEM ESTA PENSANDO" VC ESTA CERTA QUANDO DIZ QUE O BLOG É DE VARIEDADES, MAS DESMERECER A OPINIAO DE UM CARA ESCLARECIDO COMO O FERNANDO ALEGANDO SUA IDADE ( OU FALTA DELA), OU DE IMATURIDADE DELE É UM ARGUMENTO FRAGIL E UM POUCO BOBO DA SUA PARTE.FATOS HISTORICOS ESTAO AI, E NAO PRECISA SER VELHO OU JOVEM PARA CONHECE-LOS OU DESCONHECE-LOS.BEIJOS

    ResponderExcluir
  17. Arrasssouuu Tony, amei esse texto, em poucas linhas, muita verdade!!! Acabei de voltar do Egito e me deu a impressao que eles estao felizes com a morte da figura em questao, quanto ao ditador do Egito o que eles querem mesmo e' pegar de volta toda a fortuna acumulada durante anos de roubadeira, vi de relance a "casinha da praia" dele em Sharm El Sheikh, demais!!! logo estara a venda, compre Tony e me convida pra umas temporadas, by the way cade minhas vanilas pods? xxx

    ResponderExcluir
  18. Qdo discordam dele, ele apela "pro blog é meu" e falo de " variedades" do jeito q quero! Raso, mto raso. Auto indulgente tb. Mas tem razão, o veiculo de auto promoção é seu, escreve o q quer. O próximo passo é parar de publicar quem discorda de vc. Só não faz isso pq tem medo de perder audiência. Nossa, um verdadeiro veiculo de comunicação!! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  19. Querem saber? Ao diabo com a glamurização da juventude, sim, ter informação é diferente de ter informação e experiência, viu, mas só daqui a 20 anos a ficha vai cair então apertando o FODA-SE para a moçada que venera a enxurrada de informação sem análise! Fui muito mais bonito na adolescência e juventude mas não troco hoje por aquela cabeça de vento nunquinha, tá? E olha que sempre fui inteligente e instruído !!! Vão trepar vão, que só isso a gente acaba fazendo um pouco menos...

    ResponderExcluir
  20. Papai Urso do Interior4 de maio de 2011 11:28

    Al-Qaeda ñ acaba, óbvio, mas será q ainda vai ter o capital necessário (Osama dilapidou a fortuna nessa intenção) p/ plantar células d inteligencia, aprender como manobrar aviões, burlar burocracias, se infiltrar em embaixadas e coisa e tal? Isso demandaria grana p/ manter essas pessoas, pagar aluguéis d esconderijos acima d qualquer suspeita, comprar armas, subornar autoridades capengas, etc e Osama d certa forma financiou muito disso do próprio bolso, agora q ele se foi (tarde, muito tarde) algum outro milionário muçulmano vai ser besta d repetir a historia all over again? Só o tempo dirá... Tb acho q China tá comendo o mingau pela borda do prato e de repente, tchanran! olha eles aí, o povo-gafanhoto q vai devorar o mundo c/ sua fome insaciável... Pior q eles só o povo ungido q no brasil age em 'o nome do Senhor' (o deles, não o meu). Tal como os ratinhos d cartoon Pink e o Cérebro, toda noite eles pretendem dominar o mundo, rsrsrs... Nem sei se isso é mesmo pra rir ou chorar, sniff, sniff...

    ResponderExcluir
  21. Assbuster 4 Chics4 de maio de 2011 11:46

    it takes 2 much time 2 b serious, but it takes a little less 2 b boring, fernando. face it or die! sometimes it's suitable missing a friend, but don't miss a point of view, i guess tony think the same (am i right?)... luv the pix 'bout mini bin and his boss, he he he. sorry, i need 2 practice my english, portuguese has made me sick lately.

    ResponderExcluir
  22. Depois desse comentário raso, preconceituoso e estúpido deixarei de ser seu leitor. Já tirei seu blog dos meus favoritos. acho que seu comentário, além de estúpido, é de uma leviandade absurda. Como se ignorar o papel que a política externa violenta americana tem um papel devastador sobre o mundo muçulmano. Talvez tão devastador quanto o que exercem as organizações terroristas.

    ResponderExcluir
  23. Realmente não vale a pena ler um blog cujo blogueiro tem preguiça de responder aos seus leitores. O que é isso? Um blog de desabafo?
    Sempre achei que um diálogo deveria ser estabelecido entre blogueiros e leitores, ao menos se esse blog/blogueiro quer ser levado a sério. Ao menos é isso que busco em um blog, compartilhar conhecimentos. Concordo que a visão adotada por esse blog é bem “vejista”, e por isso, para economizar meu tempo, não mais tenho motivação para lê-lo.
    O assunto em questão não é tão simples quanto a paternidade de Harry ou outras "variedades” que vc discute em seu blog. Quando se fala de política, deve-se pensar antes de escrever, principalmente quando a política em questão é anti-semita, imperialista e fere os direitos humanos, tanto na tortura de prisioneiros quanto no ASSASSINATO de um líder.
    Não sou a favor do que Bin Laden fez e também não sou a favor do que Bush começou e Obama continua fazendo. Não acho que nessa “novela” a gente tenha que escolher um lado. QUANDO você achou que veria, em plena rede mundial, um governo declarar que conseguiu informações através de torturas e um presidente se declarar mandante de um assassinato? Gente é surreal...

    ResponderExcluir
  24. Comemorar uma morte, seja o Bin Laden, traficantes do Rio ou pedófilos, nos iguala aos criminosos. Ficamos pau a pau com linchadores agressivos sedentos de vingança. Olho por olho. Caminhamos muito pouco mesmo....
    Abçs,
    Edgard.

    ResponderExcluir
  25. Por mim jogavam bombas nucleares no Afeganistão, Paquistão e Irã. Aí sim, o mundo seria um lugar beeeeeeeeeeeeeeeeem melhor. #prontofalei

    ResponderExcluir
  26. Tony Goes,
    Esse seu texto é no mínimo desrespeitoso. Eu sinto vergonha de ter acompanhando seu blog e de tê-lo indicado para alguns amigos. Sempre achei você aquela pessoa que fazia comentários engraçados e fúteis sobre o cotidiano. Esse texto só prova que você não vai além disso. A História vai dar algum nome no futuro para pessoas como você, que apóiam a política externa americana, que desrespeita direitos humanos no Oriente Médio, impondo fronteiras absurdas, manipulando a política através dos seus ditadores fantoches, interessada apenas nos petrodólares. Enquanto vocês, naziamericanos, não recebem o tratamento que merecem da História, acho que as pessoas que têm o mínimo de respeito e sensibilidade com as vítimas dessa política devem se unir contra vocês. Não é possível que você desconheça completamente que os americanos tenham mais de 800 bases militares espalhadas pelo mundo, com o objetivo de manter sua hegemonia militar, e dos desrespeitos que essas verdadeiras colônias de campo promovem através dos militares americanos, inclusive estupro a menores, como foi divulgado pela imprensa, além de incontáveis absurdos que você pode encontrar na literatura sobre o assunto. Indico Chalmers Johnson, ex-analista da CIA, e Robert Fisk, jornalista britâncio. Vou iniciar uma campanha para expor nas redes sociais suas idéias preconceituosas sobre o mundo árabe. Você é pior do que Bolsonaro, Tony, pois se esconde atrás de uma máscara libertária.

    ResponderExcluir
  27. Tony's Virtual Attorney5 de maio de 2011 11:39

    Os direitos humanos já eram desrespeitados pelos próprios tantãs de lá, EUA não inventaram a roda nesse sentido de desrespeitar ou ser intolerante quanto a moral e religião dos aiatolás/alás/mulás da vida... Aquela gente já nasce sob a iminencia do horror, de explosões, de apedrejamentos de mulheres, de execuções sumárias em praças públicas, de conceitos arcaicos e ultrapreconceituosos... daí agora dizer q foi EUA quem apresentou tudo isso a eles, é um pouco MUITO, né?! Ianques tem essa adrenalina de guerra no DNA deles, loucos por guerra, não passam dez anos sem uma todo mundo sabe, mas daí a demoniza-los e responsabiliza-los por tudo de ruim é muito papo de quem ainda anda com camisetinha de Che (que foi na verdade um grande assassino q inclusive cunhou o termo 'paredón' qd tomou Cuba junto c/ Fidel, livros d história e filmes tão aí pra isso, babies!), fuma baseado, prega revolução comunista mas não vive sem as comodidades do capitalismo... celulares e internet, entre elas. Isso aí já deu, tá ligado?! Até Cuba tá mandando sinais claros q esse modelo não é mais aplicável... Comunista de butique não tem envergadura moral p/ criticar A, B ou C. Ser uma bicha-geni (toma pedrada todo dia) tá ok p/ mim, porém ser uma bicha-burra, jamais! never! c'est ne pas possible!

    ResponderExcluir
  28. Peraê pessoal Tony não é Bolsonara meeeeeesmo! há um abismo gigantesco que separa os dois, menos, menos... discordancia de ideias tem dessas coisas mas a gente não tem que desmerecer ou desqualificar o outro pq ele pensa diferente.

    Nessas horas kd patrulha do politicamente correto? o gato comeu! o gato comeu! o gato comeu! o gato comeu!

    Oito anos de petismo fizeram muito mal a essa nação, credo!!! danos cerebrais irreparáveis, pelo visto, kd discernimento de que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa? o gato comeu! o gato comeu! o gato comeu! o gato comeu!

    ResponderExcluir
  29. Elisabeth Vogler5 de maio de 2011 13:23

    @tonygoes: conceitos arcaicos e superpreconceituosos? esse é nosso olhar ocidental sobre a situação, na verdade o seu olhar cheio de preconceito em relação a alteridade. quem é você alias para falar de "superpreconceito", né? e outra, essa sua historinha de chamar quem tem um olhar crítico em relação aos Estados Unidos de "comunista" para desqualificar sua opinião é tão antigo. Não entendi porque essa conversa sobre o modelo comunista. Não exixte mais essa dualidade comunismo x capitalismo, a não saber na cabeça de pessoas atrasadinhas como você. deve ser a idade, né?
    @ogatocomeu: uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. bolsonaro "mata o velho que já está morto", critica homossexuais e negros, coisa que qualquer pessoa de bom senso acha absurdo. tony goes dirige sua fúria para o mundo islâmico. a patrulha do policamente correta está ai, representada em voce, que assegura que alguem faça comentários insanos sobre os muçulmanos, mas não permite tocar nas "vagas sagradas". falar mal de muçulmano pode, né? de gays e negros, não. ahaaaaam

    ResponderExcluir
  30. Tony's Virtual Attorney5 de maio de 2011 14:20

    Elizabeth, not the queen at all, dá pra ver mais claro que céu de brigadeiro que sua picuinha c/ tony é pessoal, esse ataque é só mais um subterfúgio de quem quer atacar e reza pelo momento em que o alvo está sendo mais achacado, ou seja, hj e agora, p. ex., então vá estudar um pouco de inglês tb que pra não ser só mais um anônimo petista-comunista-ecochato de butique me identifiquei como tony's virtual attorney (advogado virtual do tony), portanto se o que penso é parecido c/ que proprio tony diz é problema meu e sinal que nessa 'guerra de ideias' (que pra vc é quiprocó pessoal, no doubt) ele não vai apanhar sozinho porque querendo vc ou não muita gente pensa como ele por isso prestigia o blog, quem não gosta cai fora! tchau, lobo mau!

    ResponderExcluir
  31. Leitor indignado5 de maio de 2011 15:47

    Já não é de hoje que o o jornalista renomado vem com a resposta " O blog é meu e eu falo o que eu quero!!!!".
    Já o critiquei, ele replicou e não publicou minha tréplica.
    Quando nos colocamos anònimos para elogiar ele adora mas quando é para criticar nos chama de todo tipo de nome. Tomara mesmo se esvaia de leitores até secar e os que sobrem compartilhem da mediocridade e da vaidade que contamina suas idéias fúteis e seus conceitos rasos.

    ResponderExcluir
  32. Leio os dois blogs no olho desse furacão, mas o do fernando pega bem + pesado, tem dias que ele parece que tá dentro duma privada, acha tudo no brasil uma m***, é muito sabe-tudo, é muita finesse adquirida que essa gente (nós míseros leitores) não tem, muito conhecimento pronto e acabado, economia, enologia, linguística, história universal...

    Sabe quem quer se aprofundar nessas coisas devia montar blog temático, tem blog só com autoajuda em powerpoint e afins, nada contra tem pra todo mundo.

    O negocio é que meu saco já tem duas bolas dentro e ando cheio de gente super-tudo, não encho bola de ninguém que nem sabe que existo mas acho que tony não faz nem um 1/3 do que fernando faz no blog dele que é esfregar na cara dos comuns que faz ponte aérea brasil-europa como quem vai ali na esquina e que todo o resto da humanidade que não desfruta desse privilégio é menos por isso.

    Posso não conhecer o berço da civilização, falar trocentos idiomas, diferenciar vinhos, e tudo mais, mas isso não me tira a prerrogativa de pensar diferente, ah chateação... tony sinto que no fundo vc tem um coração, o fernando eu já não sei, parece que ele tem uma calculadora de milhas de viagem no peito.

    Gosto muito do seu blog, voce tem sim direito de pensar diferente. E mesmo que tenha essa turma do contra, eu também não acho que oriente médio é coitadinho coisa nenhuma, comunismo entrou na historia de gaiato ou pra exemplo sei lá, e tem gente vindo aqui só pra atacar por atacar.

    ResponderExcluir
  33. Assbuster 4 Chics5 de maio de 2011 16:39

    when someone dares 2 think different from diva fernando, he comes with different names 2 comment in a blog which he swear he didn't give a damn, really i don't get this attitude.

    ResponderExcluir
  34. Que tal uma leiturazinha pra ver que todas as moedas têm dois lados? "De Beirute a Jerusalém" de Thomas Friedman. É livro, viu, umas 400 páginas, só quem tá acostumado consegue... Intelectualóide não agüenta o tranco não...

    ResponderExcluir
  35. Ai ai.
    Me divirto profundamente !

    hahhhhahh.

    ResponderExcluir
  36. TODAS ACHA LAMENTÁVEL, ISSO SIM!! FERNANDO JURA Q VC VAI PARAR DE LER O TONY, TÁ LEGAL EU JURO Q ACREDITO, KKKKK...

    ResponderExcluir
  37. Que briga de egos!

    ResponderExcluir
  38. BICHA QUANDO DE DIREITA É NAZISTA.

    ResponderExcluir
  39. CONTRACENSO SEU, ANÔNIMO, NAZISTAS E SEUS ADORADORES (CARECAS, SKINHEADS, NAZIPATRULHAS) ODEIAM GAYS E PENSAM MESMO EM EXTERMINÁ-LOS QUE NEM DEDETIZAÇÃO CONTRA INSENTOS. A ÚNICA BICHA QUE ADORAVA HITLER ERA O PRÓPRIO HITLER QUANDO TAVA DIANTE DO ESPELHO, KKKKKKK.

    ResponderExcluir
  40. Estou cheio de gases

    ResponderExcluir