sexta-feira, 20 de agosto de 2010

TIAS FOFINHAS

Hoje me bateu um súbito ataque de nostalgia e comprei a edição "deluxe" de "Songs from the Big Chair", o 2o. álbum da dupla Tears for Fears. Tive o disco em vinil em 1985 e assisti a um show deles no Radio City, em Nova York, no mesmo ano, no que foi minha primeira viagem ao exterior como adulto. "Everybody Wants to Rule the World" foi um dos meus hinos daquela época, quando ainda me iniciava no trabalho e no amor. Eu tinha 25 anos, e agora é o disco que tem essa idade. Pois bem: "Songs from the Big Chair" não é tão bom quanto eu lembrava... A versão comemorativa tem lados B, sobras de estúdio, remixes. Tudo perfeitamente dispensável. Salvam-se a épica "Shout", a fofa "Head Over Heels" e, claro, "Everybody..." So glad we've almost made it...

6 comentários:

  1. Songs e The hurting são absolutamente fantásticos. Sowing the seeds of love já é meio "mazomenos", com eles descambando para um psicodelismo beatlesco. Os discos dos TFF sem o Curt Smith são bem diferentes dos demais (sério, virou outra banda praticamente só com o Roland Orzabal). Acho que eles já lançaram 2 discos de volta depois que se reuniram e o que eu ouvi foi meio broxante, to say the least.

    ResponderExcluir
  2. Da fase bem pop, detesto "Woman In Chains" e adoro "Advice For The Young At Heart".

    ResponderExcluir
  3. Ai q coisa mais tiaaaaaaaa avó...qdo nao e´deeevas beeeshas,sao essas coisas do seculo passado.

    ResponderExcluir
  4. Leonardo, na boa: aprenda a colocar o acento em cima da letra e a dar espaço depois da vírgula. Não é difícil, é só prestar atenção. E assim suas opiniões profundas pelo menos parecerão ter sido escritas por alguém que completou o 1o. grau.

    ResponderExcluir
  5. E prepare-se pra ouvir isso nas pistas, Peter liberou o remix dele essa semana, e tem vários outros remixes bom de Everybody pra sair, regravação, mas tá valendo.

    ResponderExcluir