sexta-feira, 6 de agosto de 2010

ÁGUA E ÓLEO

...não se misturam, todo mundo sabe. Mas estão na ordem do dia, por causa do vazamento no Golfo do México. E agora também estão na moda: a "Vogue Itália" de setembro traz o que deve ser o editorial mais polêmico do ano, fotografado por Steven Meisel. São 24 páginas mostrando a top Kristen McMenamy em modelitos manchados e destruídos numa praia imunda (não sei se a locação é verídica). Claro que já tem gente reclamando, do desperdício que é destroçar roupas tão caras à total falta de sensibilidade da revista. Não sei: favelas e trincheiras já serviram de cenário fashion, então questiono mais se as fotos ficaram bonitas ou não. Confira aqui o ensaio completo, mas cuidado para não ficar com as mãos besuntadas.

8 comentários:

  1. Destroçar essas roupas é o de menos. As fotos ficaram lindas, mas a idéia é de mau gosto. Só reiteram a impressão que eu tenho que a moda sempre nivela tudo pra baixo. Mas tudo bem, não é privilégio dela.

    ResponderExcluir
  2. A Vogue Itália adora esses tipos de editoriais: guerra, velório, e agora, desastres ambientais. Aí depois, a Anna Wintour é careta com suas modelos sorrindo sob o sol. Pois eu fecho com a Anna e não abro.

    ResponderExcluir
  3. Comentários são sempre assim, goste ou não. Porém, na minha singela opinião, muitos acham que o assunto Moda é algo fútil de fato inútil, porém, quando ela tenta se nivelar aos assuntos pertinentes de nossa realidade, aí é de mal gosto. Simplesmente este é um dos editoriais mais fantásticos, senão, o mais intrigante visto até hoje, pois se discute de forma anti-glamour uma situação pra lá de desesperadora e é justamente isso que as imagens querem mostrar...Juntamente com a edição black, esta com certeza já é histórica. Vogue Itália é Vogue Itália.

    ResponderExcluir
  4. Vou ter que discordar do Douglas(ui, rs). Achei a idéia boa, mas algumas fotos bem feias.

    ResponderExcluir
  5. MEU CÚ É MUITO MAIS!!!

    ResponderExcluir
  6. Vogue é aquela coisa: a americana vende, a francesa inspira... e a italiana choca.

    Franca Sozzani saber como criar um bafone!

    ResponderExcluir
  7. @Bruno: pq ui?hehehehe. Agora em relação ao comentário do Juliano, na verdade moda é igual desfile de escola de samba, todo ano é tudo igual, mas o carnavalesco te explica que é o encontro da pororoca nas águas do Nilo onde se banhou Maria Antonieta, etc etc, etc. Esse discurso delirante que estilista tem pra defender suas criações já foi piada até em matéria séria de revista de moda. O que está na moda mesmo querido, não é uma ideia, mas é a cor ou o tecido ou o que quer q seja que foi mais produzido naquele ano. É demanda de mercado, bem anterior a qualquer criação. Lembra da Miranda explicando pra garota sobre o azul? É a grande cena daquele filme. E o que o Golfo tá precisando não é discussão anti-glamour, mas ação.

    ResponderExcluir
  8. Bem do que eu gosto mesmo é o regresso Kristen McMenamy , nao vejo nenhuma dsa novas paezinhos sem sal, a terem estas expressoes


    io amo vogue italina

    ResponderExcluir