sexta-feira, 30 de julho de 2010

AS SETE RAZÕES


O vídeo acima é de 2007, mas eu só o conheci ontem graças a uma dica do Diego Rebouças. É um resumão de todos os argumentos que os homofóbicos e os defensores da desigualdade usam para negar os direitos dos homossexuais. Irônico, direto ao ponto e demolidor. Fora que o apresentador é um gatcheeenho... Lá vai uma tradução livre para quem matou as aulinhas de inglês:

Existem várias razões pelas quais a homossexualidade deveria ser proibida.

A primeira é que a homossexualidade é completamente anti-natural.
Assim como os óculos, o poliéster e os métodos anticoncepcionais são anti-naturais.

A segunda é que o casamento homossexual não é apoiado pela religião. E numa teocracia como a nossa, os valores de uma religião são sempre impostos ao país inteiro. É por isto que temos apenas uma única religião aqui nos Estados Unidos.

A terceira é que os casamentos homossexuais são inválidos porque não geram filhos. É por isto que casais estéreis ou de idosos não podem se casar legalmente, porquer o mundo precisa de mais crianças.

Quatro: o casamento gay vai encorajar mais gente a ser gay, do mesmo jeito que andar com gente alta faz com que você fique alto também. As evidências científicas provam que se trata de uma doença contagiosa.

Cinco: se permitirmos que os casais gays adotem, então eles
obviamente vão educar seus filhos para serem gays também, já que casais héteros só têm filhos héteros.

Seis: os casamentos homossexuais são simplesmente estranhos. Assim como os casamentos interraciais e a aveia instantânea, que também deveriam ser proibidos.

Sete: com relação à adoção por casais gays, as crianças jamais podem se dar bem sem ter um modelo masculina e outro feminino em casa. É por isto que pais solteiros são proibidos de educar seus filhos.

A maioria dos americanos acha que a homossexualidade deveria ser ilegal. E o que é popular é SEMPRE o certo.

Lembre-se: vivemos num país livre. Temos o direito de comer o que quisermos, de saltar por aí feito idiotas e de usar camisas havaianas ridículas em público. Também temos o direito de impedir duas pessoas que se amam de se casarem.

Portanto, vote pela justiça. Porque os gays não merecem as liberdades básicas. Obrigado.


7 comentários:

  1. Eu adoro o uso inteligente da ironia e do sarcasmo. E o mais divertido é que a turminha de fanáticos religiosos tem tão pouco senso de humor que muitas vezes nem percebe (haja vista o site da Gleycianne que muito evangélico pensa que é sério).

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! E viva a Argentina, porque se até hoje ainda não morremos de inveja dele, chegou o dia. Tem uma foto super bacana do primeiro casal nos jornais de hoje.

    bjs.

    ivan.

    ResponderExcluir
  3. Isso era uma email que circulava na internet há uns anos. Não sabia que tinham feito um vídeo. Pena que a minha conexão no trabalho não permite ver e acho que agora só vou ver quando voltar ao Rio na 2a. :(

    ResponderExcluir
  4. @Luciano... o site da Cleycianne é uma grande gozação com os evangélicos ... não é possível que vc tenha achado que aquele site é "prá valer" ? ... rs rs rs.. amarrado 3x pois Deus é Más..

    ResponderExcluir
  5. Bright YounGAY Things30 de julho de 2010 19:35

    OMG! Esse boy vale a pena!

    ResponderExcluir
  6. Nesse final de semana eu vi o Marcos editando um podcast, reclamando que ninguém o ouvia. Bem, se não reclamasse, não era nosso querido Marcos ;)

    Enfim, por que o publicitário mais cult e o brigão mais peitudo não fazem um vídeo parecido no mês que vem?

    ResponderExcluir
  7. Mário Quintana sempre disse:
    A burrice é invencível.

    ResponderExcluir