quarta-feira, 26 de maio de 2010

CREPÚS-CU-LO

A autora Stephenie Meyers, que é mórmon, deve estar furiosa: acaba de sair nos EUA a versão pornô gay de "Crepúsculo". "Versão" é bondade minha, porque, pelo trailer acima, eles só usaram o original como pretexto para botar um monte de vampirinhos transando em frente às câmeras. Cadê os lobisomens, porra? E, apesar de achar os garotos beeem interessantes, não gosto muito de ver tanto sangue em cenas de sexo. Eeww.

2 comentários: