domingo, 16 de maio de 2010

BEM-VINDO AO IRÃ, SR. PRESIDENTE

Lula já está em Teerã, onde banca a aposta mais alta de sua política externa. Se sua “certeza de 99,9%” estiver mesmo correta e Ahmadinejad assinar algum acordo que limite a capacidade nuclear do país, nosso presidente terá marcado um golaço histórico e elevado o Brasil ao patamar de uma potência a se considerar. Se, como acho mais provável, voltar de mãos abanando, terá passado por um vexame que arranhará nossa reputação internacional.

Nossa diplomacia cobriu os iranianos de beijinhos e carinhos sem ter fim: até mesmo a maior condecoração brasileira, a camisa da seleção, foi presenteada ao ditador. Enquanto isto, a besta-fera do Marco Aurélio Garcia finge que o fato do Irã enforcar prisoneiros politicos – só domingo passado foram 5 – é infinitamente menos grave que a deposição do Zelaya em Honduras.

Não sou espírito de porco: torço mesmo para Lula ser bem-sucedido, porque torço para o Brasil. Mas sinceramente duvido que todos esses afagos em regimes criminosos como o Irã, Cuba ou o Sudão sejam apenas realpolitik, sapos que têm que ser engolidos para alcançarmos um objetivo maior. Também têm muito de anti-americanismo raso e miopia política. As vidas desses jovens enforcados, quase todas parecidíssimas com as das lideranças do PT na juventude, mereciam mais respeito.

ATUALIZAÇÃO: Ufa, o acordo saiu. Ponto para Lula e para o Brasil. Agora, a imprensa internacional está reagindo com ceticismo: em parte porque não está acostumada em ver nosso país como um major player na mediação de conflitos, mas também porque o Irã não merece confiança. Já descumpriu inúmeros acordos, e pode ter se aproveitado de Lula apenas para ganhar tempo e adiar as sanções. Fique ligado.

13 comentários:

  1. Uma palavra para essa doçura diplomática com tiranos assassinos "anti-império":
    Vergonha!
    Justamente para fazer birra, o acordo pode sair.

    ResponderExcluir
  2. Imagina então a situação dos homossexuais no Irã!! Ah, desculpe, tinha esquecido que o Ah-My-Dinner-Jacket já disse que não existem homossexuais no Irã...
    **

    ResponderExcluir
  3. Tava refletindo sobre isso qdo acessei o seu blog. haha
    Acordo de cu é rola.

    ResponderExcluir
  4. Parece que chegaram a um acordo:

    http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/05/16/ira-turquia-brasil-chegam-acordo-sobre-troca-de-combustivel-diz-ministro-turco-916595046.asp
    Vamos aguardar para ver se é substancial ou só um papel para não dizerem que saíram de mãos abanando.

    ResponderExcluir
  5. Isso só o tempo dirá. Já mentiram e deram para trás mais de meia duzia de vezes.

    ResponderExcluir
  6. fodam se bixas frustradas. o acordo saiu. vcs mais do que ninguem deveriam ser pt. partido dos excluîdos. e o partido que mais luta pelos seus direitos. como ser de diret suas antas? como serem convervadoras suas bossais? mas o seu desespero de serem aceitas pela média da sociedade fala mais alto ne?. rafael pereira

    ResponderExcluir
  7. @rafael pereira: política partidária de de c* é r***

    Melhor um acordo feito e densorado do que nenhum acordo feito. Pelo nos Brasil sai ganhando na política internacional

    Mas que é foda ter que engolir o Lula mimando essa "criaturinha" é

    ResponderExcluir
  8. Eita...excluîdos? diret? convervadoras? Esse Rafael deve ser iraniano.

    O acordo saiu. Agora, se será cumprido.

    E vote em...ah, cê que sabe.

    ResponderExcluir
  9. Ué?????

    Só porque os Estados Unidos matam limpamente com seus "ataques cirúrgicos" que para matar um suposto terrorista detona mais uns 500 inocentes - mulheres e CRIANÇAS iraquianas e afegãs em volta, eles são mais civilizados que o Irã?

    Ou será que a PROPAGANDA deles é mais bem feita?

    Faça-me o favor, hein?

    Israel bombardear vilas indefesas também é bonito na sua opinião?

    Me enoja esse moralismo seletivo.

    E para seu AZAR o Lula conseguiu o acordo que pode impedir que centenas de milhares morram como no Iraque, mas aí ninguém fala nada por quê?

    ResponderExcluir
  10. Para meu azar, não, Roberto, para a sorte de todos. Porque, como eu já havia dito no post, não estava torcendo contra, muito pelo contrário. Não ponha palavras na minha boca.

    Agora, os Estados Unidos têm mum milhão de problemas e estão longe de ser uma utopia, mas são infinitamente mais civilizados do que a República Islâmica do Irã, um estado fascista-religioso onde inexistem inúmeras liberdades básicas.

    Vamos fazer um teste: se você tivesse que escolher, iria morar nos EUA ou no Irã?

    ResponderExcluir
  11. No irã, no irã!!! Seduzir os Aiatolás no rebolado... deve ter tanta energia sexual ali a ser liberada... Gsus!!!!!

    ResponderExcluir
  12. rsrsrrsrs

    Tony, eu fico puto sim, e me empolgo no discurso.

    Tudo bem, está bem claro que nos temos visões diferentes deste governo - eu vou votar ORGULHOSAMENTE numa raxa para Presidente do Brasil, depois fica faltando um negro e um viado - lindo elegante e assumido.

    Respondendo:

    Em nenhum lugar, porque é claro que eu sei se fizesse lá por Teerã o que ADORO fazer por aqui seria enforcado pelo ku. rsrsrs

    E os USA decadentes e grossos e de cultura de massas não me agrada.

    Talvez o Malauí, quem sabe... 14 anos de prisão com todos aqueles negões. Se bem que eles parecem tão magrinhos, não? hauhahuaa

    Falemos de cousas mais agradáveis, mas sem ver um lado só. ;)

    ResponderExcluir