quinta-feira, 12 de novembro de 2009

SEUS MALES ESPANTA

Só vi dois episódios de "Glee" até agora, mas já estou perdidamente apaixonado. É o melhor programa de TV do ano. Porque não é só divertidíssimo e gayzérrimo: "Glee" também captura com precisão o momento de transição por que os Estados Unidos estão passando. O cenário principal é um colégio em Ohio, o mais indeciso de todos os estados da federação - em alguns anos o povo de lá vota nos republicanos, em outros nos democratas, sem uma preferência definida como a maioria dos vizinhos. E o tal do colégio, dominado por gente careta e uma moral hipócrita e repressora, vê chegar uma onda de tolerância, alegria e diversidade. O embate entre essas duas forças se dá em vários fronts, mas também não quero politizar demais uma série onde o principal atrativo são os números musicais. O elenco é um primor, e os membros do tal do "glee club" - o grupo que se reúne para cantar e dançar - são quase todos oriundos da Broadway. Também parecem saídos de um anúncio da Benetton: tem uma negra, uma oriental, uma bichinha e até um deficiente físico. Todos coadjuvantes, claro, do casal hétero central. Mas não importa. Os roteiros são bem escritos e engraçados, a audiência está boa e a trilha, recheada de clássicos mais ou menos cafonas, sobe nas paradas. É assim, cantando e dançando, que os personagens vão espantando o mal para longe.

13 comentários:

  1. eu só vi o primeiro episódio e já está no meu Top Five. Quero ver a resprise do segundo, que tem Say A Little Prayer For You, da Dionne Warwick. Já vi uns "ursinhos carinhosos" dublando que foi tuuuuuuuuuuuudo!

    ResponderExcluir
  2. Adoro a Mercedes (a negra gordinha) e o Kurt (a moninha fashionista)... Mas quem rouba a cena mesmo é a Sue Silvester, a coach das cheerleaders com jeitão de dyke mas que na verdade é só uma mulher amargurada. Repare no uniforme dela, o logo da Adidas... Há rumores que a Nike pagou para tirarem o logo ou a própria Adidas não gostou da personagem anti-ética com a roupa da marca.

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu eu o Estefânio somos os maiores Gleeks que conhecemos e como tal já vi os 8 episódios que já tem (viva o torrent!!!). Tem 2 números q já são clássicos,o time de futebol dançando "Single Ladies" q todo mundo já viu no youtube e a Mercedes cantando "Bust your windows?". Mas do quinto episódio pra frente a série dá uma caida séria. Mas como ela é do mesmo produtor de Nip/Tuck, uma das séries mais politicamente incorretas de todas, tô na esperança que ela não desande de vez.
    E já tem rolando na net uma foto q dizem ser o Mr. Schuester levando uns amassos do namorado do Anderson Cooper.

    ResponderExcluir
  4. Glee é muito boa, mas quando chega ao episódio 4 atinge o alto do Everest. O futebol americano nunca mais será o mesmo ;)

    ResponderExcluir
  5. Atualizando: acabei de ver o episódio 9 e está ótimo, ainda falta os números musicais bafônicos.

    ResponderExcluir
  6. Acabei de baixar o nono episódio...vi os oito em dois dias. Como tentei resistir a essa série, mas...FAIL. Amo Glee.

    ResponderExcluir
  7. Passo. Não me empolga nem um tiquinho.

    ResponderExcluir
  8. Tava demorando pra vc falar de Glee.

    Atóron!!!!!

    E sim, é a melhor estréia do ano.

    Mal posso esperar para o especial com as canções de Madonna.

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro Glee, não perco um episódio!

    ResponderExcluir
  10. Baixei o 9º, vou ver ainda hoje.
    O episódio 5 é o melhor: quando eles tomam um remedinho (legalizado, liberado pelo FDA) antes de se apresentar. hauahuahuahua
    E sobre a propaganda da Benetton: neste mesmo episódio, uma ex-participante do Glee Club os chama assim. :))

    ResponderExcluir
  11. ai tao atrasadoooo...ja esta no episodio 9..atualize-se tio

    ResponderExcluir
  12. E eu que tava relutando em acompanhar a série pelo numero de series que tenho acompanhado, mas foi so ver o primeiro epsodio q fudeu, vi os 7 primeiros na sequencia e fiquei com vontade de mais, acho q isso nao acontecia desde AB FAB que alias tem muitas semelhanças com o politicamente incorreto e o humor negro. Pra mim a melhor parte é quando a treinadora diz que ia chamar pelo nome alguns alunos, e começa: Santana, Gay Kid, Wheels, Asian, Aretha, another Asian, Shaft.... chorei de rir por uns 20 minutos.
    eu e Douglas comentamos sobre e ensaiamos os numeros na pista da TW, quando encontrar coma gente pode entrar no glee club

    ResponderExcluir
  13. ha ha ah ha ha ha ha...tanta beeesheeenha tolinha neh..cada comentario tao sem graca,fala serio

    ResponderExcluir