domingo, 8 de novembro de 2009

EXPULSA DO TALIBAN

A Uniban nunca foi conhecida pela qualidade do seu ensino. É mais uma universidade caça-níqueis, das milhares que existem por aí. O mais engraçado é que ela não faz mesmo a menor questão de melhorar a imagem. Expulsar a estudante que foi hostilizada por ir à aula de microssaia é passar recibo de boçalidade e ganância. Provavelmente temendo o processo que Geisy Arruda estava ameaçando mover, a escola foi mais rápida e partiu para o ataque. Como é costume em países machistas e atrasados, a culpa é da vítima. A Uniban devia vestir a carapuça (a burca?) de vez e mudar sua primeira sílaba para "Tali". Só espero que Geisy não dê razão a essa turba, e recuse o inevitável convite da "Playboy" para posar nua.

15 comentários:

  1. Sabe que estou bem preocupado com isso. Até porque se tomam uma atitude dessas com uma menina, imagina com um homossexual?
    Estou conversando com uma amiga que é ativista em direitos humanos para criarmos alguma manifestação contra essa atitude, porque é inadmissível o que fez a Uniban com a Geisy.

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha! fiz a mesma comparação no meu blog hoje.

    ResponderExcluir
  3. ... seria muito interessante que alunas de varias universidades no pais, fossem , durante a proxima semana, todas vestidas de burka as aulas.

    ResponderExcluir
  4. O que me assusta são os comentários na internet sobre o caso. Dêem uma olha no site de O Globo na matéria sobre o assunto. Algumas pessoas escrevem boçalidades chocantes...

    ResponderExcluir
  5. Tony, eu tb acho deplorável a reação dos alunos e mais ainda a da instituição... o que ela faz da vida extra-acadêmica e do próprio guarda-roupa é problema dela, não é?
    Mas custo a acreditar que a coisa toda não esteja saindo beyond her wildest dreams... E acho que ela tá certíssima de capitalizar o "infortúnio".

    ResponderExcluir
  6. Espero que essa Uniban venha a falir. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Que coisa! Isso foi mesmo no Brasil???

    ResponderExcluir
  8. Opinião 1 - aposto que Geisy daqui a algumas semanas estará na capa de alguma revista masculina.
    Opinião 2 - até parece que esse é o maior problema que temos na educação brasileira né?

    ResponderExcluir
  9. A questão toda é absurda. Você viu os comentários na internet, no youtube? 90% deles recorre a outro preconceito, dizendo que os alunos agiram daquela forma porque são gays. Vê se pode isso?? Muito pelo contrário, são héteros, dos mais toscos. Onde vamos parar assim??
    Abraços Tony

    ResponderExcluir
  10. Mariah, mesmo não sendo o maior problema da educação brasileira, é um problema. Tudo bem, temos problemas nas escolas, nas universidades públicas, etc, mas isso não significa que o caso em questão não deve ser analisado. Falar que não é um grande problema e que por isso não deve ter tanta atenção (o que se conclui das entrelinhas do seu comentário) é o mesmo que justificar a ausência de boas calçadas na cidade porque a prefeitura deve se preocupar com as creches municipais frequentadas por crianças carentes. Ora, a prefeitura de uma cidade pode e deve se preocupar com ambas as coisas. Nesse mesmo sentido, o caso do vestido deve ser investigado e, as pessoas envolvidas, punidas. Houve a clara violação de diversos direitos por parte da Uniban, que afrontou diversos princípios democráticos (notadamente o artigo 3º, IV, que trata do não-preconceito, bem do 5º, LV, que fala sobre a ampla defesa, ambos da Constituição Federal). Por fim, a Uniban, como concessionária da educação - que é função do Estado - deve estar alinhada a esses princípios, mesmo sendo uma universidade privada (duplo sentido?).

    ResponderExcluir
  11. Eu até pensei em dar uma réplica ao comentário da Mariah, mas depois do bela resposta do João nada mais há a dizer.

    ResponderExcluir
  12. A Uniban acabou de voltar atrás na expulsão. Fico imaginando o tipo de gente por trás dessa faculdade... Medo! De mais a mais, só não vejo problemas na moça aceitar um eventual convite da Playboy. Ainda ganharia uma graninha...

    ResponderExcluir
  13. Bom saber que a UNIBAN voltou atrás... Agora espero que ela feche contrato com a Playboy, Sexy, Brasileirinhas e tudo o que tiver direito a ainda e finalize o curso LIIIIINDA arrancando boa parte da arrecadação da entidade num processo bem gordo. A melhor vingança é sempre no bolso!

    ResponderExcluir
  14. o pior foi a primeira reação de vários conhecidos/as. muitas na linha do "ela deve ter feito algo para merecer isso". fiquei de boca aberta. gente supostamente esclarecida, uma amiga sapa, amigos gays etc, vários com essa visão.
    me pareceu muito parecido com aquela coisa de que mulher estuprada de alguma forma "incentivou" o ataque.
    e quem falou esses absurdos para mim não foi aluno da Uniban... fiquei desanimado com essa história toda!

    ResponderExcluir