segunda-feira, 19 de outubro de 2009

I CAN'T GIVE YOU ANYTHING BUT LOVE

Ontem comecei meu set no Café com Vodka às 7 em ponto. Era para ter entrado antes, mas a Marina Person ainda estava enrolada no trânsito. Zarpei sem ela mesmo; na terceira música chegou Marina, esbaforida e perseguida pelos fotógrafos. O Sonique já estava cheio - dessa vez o povo botou fé e foi mais cedo, mesmo sendo o primeiro dia do horário de verão. Nosso back-to-back foi divinamente desencontrado: eu atacava de Culture Club, Marina respondia com Mutantes, eu ia de Gretchen, ela devolvia KC and the Sunshine Band e ninguém entendia nada. Mas nos divertimos muito, mesmo errando uns botõezinhos aqui e ali. A proposta é esta mesmo, fazer farra. Encerramos às 8 com o glorioso remix do DJ Zé Pedro para “Vou Festejar” da Beth Carvalho. Aí saiu do speaker uma voz masculina cantando accapella um standard americano, “I Can’t Give You Anything but Love”. “Que maneira curiosa de começar um set”, pensei. Então saquei que não era gravação, era alguém ao vivo no mezzanino. “Já é o número da Hillary? Mas essa voz está grossa demais para ser a dela.” Não era mesmo. Levei um puta susto quando vi que era meu marido Oscar, de microfone em punho, descendo a escada e cantando para mim. Com a casa abarrotada de gente. Sim, ganhei uma serenata de aniversário, o presente mais inesperado e maravilhoso de todos os tempos. Fiquei tão apalermado que corri para abraçá-lo, e acabei interrompendo a música antes do final. Não faz mal: a mensagem foi dada, e eu ainda fiquei encantado com a bravura do Oscar. Nem desconfiei que ele havia passado no Sonique para ensaiar, no meio da tarde. A festa ainda rolou até meia-noite, cheia de amigos e docinhos. Hoje estou um caco: a data oficial é só amanhã, mas já entrei dicumforça nos 49. E ainda me perguntando o que eu fiz para merecer um marido tão legal.

(a foto é do Henrique Luz)

18 comentários:

  1. Uma noite inesquecível!!!
    Besos,
    Rico E

    ResponderExcluir
  2. Tony, Disponibiliza o seu set!!!
    Não vai saciar a sede de seus fãs, que não puderam estar nas edições do café? dos quais me incluo....

    ResponderExcluir
  3. Não gravamos o set. Aliás, nem combinamos muita coisa: foi tudo sendo improvisado na hora. E ainda bem que não gravamos, porque dei umas belas derrapdas!

    ResponderExcluir
  4. Grattis födelsedagen på förhand ...

    ResponderExcluir
  5. Estava no interior... louco pra ir! cheguei tarde. mas quem sabe na próxima



    abraços


    xx henrique teixeira

    ResponderExcluir
  6. Garanto que ele se faz a mesma pergunta. Beijão!

    ResponderExcluir
  7. A serenata foi linda linda linda. Parabéns a ambos.

    ResponderExcluir
  8. q fofo! queria ter ido, mas fikei dodói aqui no Rio...

    ResponderExcluir
  9. Te confesso que eu tb parei tudo qdo ouvi aquela voz... e qdo vi que era o Herbert perguntei pro Willian o q tava acontecendo e ai entendi tudinho...
    Herby é um queridissimo e vc muito merece isto! Parabens!

    ResponderExcluir
  10. Foi tchuuudo de bom. Me diverti horrores com minhas culegas de Osasco, largo 13, Santo André, Piqueri, Vila Piraporinha e rebolamos horrores!!! Adoramos o ecletismo do set e a serenata de Oscar. E a musikitcha dedicada à minzinha com direito a coreografia e tchudo!! Um luixo!! E by tha way, a foto está óoootema!!! Afffff!!!!

    ResponderExcluir
  11. Hey, Tony, feliz aniversário!
    A festa estava ótima, adorei a história da revista, muah, muah, muah!

    ResponderExcluir
  12. Tony feliz aniversario. Parabens pelo b-day e pelo maridao!

    Surfer

    ResponderExcluir
  13. ahahah parabens que contes muitos e bons

    ResponderExcluir
  14. ninguem filmou Oscar cantando?? quero ver isso ....deve ter sido tudo mesmooo Parabensss

    ResponderExcluir